Menu
2020-11-30T19:43:59-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
De volta para a fase amarela

Um dia após eleições, governo de SP anuncia medidas mais duras de isolamento

Até o último domingo (29), o estado de São Paulo acumulava uma alta de 8,9% no número de casos da doença no último mês

30 de novembro de 2020
13:37 - atualizado às 19:43
João Doria
Governador do Estado de São Paulo, João Doria, durante Coletiva de imprensa sobre Coronavírus - Imagem: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo

Um dia após o fim das eleições municipais, o governador de São Paulo, João Doria, anunciou que a partir de amanhã (1) todo o Estado voltará a figurar no mínimo na Fase 3 do Plano de reabertura.

Trata-se de um retrocesso para a fase amarela, após todo o Estado apresentar um crescimento nos índices de infecção pela covid-19.

Na fase Amarela os estabelecimentos funcionam com capacidade limitada a 40% da ocupação para todos os setores, com funcionamento limitado a dez horas por dia e até as 22h.

Também ficam proibidos eventos com público em pé. Espaços culturais nos quais o público fique sentado com distanciamento social e controle de fluxo continuam funcionando. 

A nova reclassificação do Plano São Paulo será anunciada no dia 4 de janeiro. Até o último domingo (29), o estado de São Paulo acumulava uma alta de 8,9% no número de casos da doença no último mês.

Encontro virtual

Na tarde de amanhã o governo estadual fará uma reunião virtual com 62 prefeitos de municípios que apresentaram elevação acima de 75% na ocupação de leitos e de 10% na taxa de internações, com o objetivo de melhorar o controle da pandemia, criar medidas de contenção e oferecer apoio para que possam seguir as orientações do governo estadual.

Segundo os dados da Secretaria Estadual de Saúde, na última semana houve redução de 14% no numero de casos, elevação de 12% nos óbitos e de 7% nas internações.

A ocupação de leitos de covid-19 na região metropolitana de São Paulo é de 59,1% e no estado, de 52,2%.  Em todo o estado foram registrados 1.241.653 casos, com 42. 095 óbitos.

"Vamos reforçar os mecanismos e medidas de fiscalização e estamos atentos e atuantes. Precisamos da mesma população que garantiu o sucesso do Plano São Paulo até aqui para que continuemos a ter sucesso enquanto a vacina não estiver disponível", disse o secretário estadual de Saúde, Jean Gorinchteyn.

*Com Agência Brasil

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Novo competidor

Grupo catarinense que fatura R$ 8,8 bi vai abrir 1º atacarejo no estado de SP

O Grupo Pereira vai abrir uma unidade da Fort Atacadista, sua bandeira de atacarejo, na cidade de Jundiaí; forte competição em SP é desafio

Tensão em Brasília

Racha no Congresso põe reformas em xeque

A decisão do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), de fatiar a reforma tributária foi vista como a pá de cal nas chances de avanço das reformas no Congresso até o fim do atual governo. Embora Lira tenha prometido abrir o diálogo com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), para definir os próximos passos, […]

Rapidinhas da semana

BLINK: Itaúsa, B2W, Eletrobras e mais recomendações rápidas

Felipe Miranda, sócio-fundador e CIO da Empiricus, fala sobre Alpargatas, Eletrobras, Itaúsa, Lojas Americanas e muito mais no Blink

Reserva de emergência

Jeff Bezos, o homem mais rico do mundo, vende ações da Amazon e põe US$ 5 bi na conta

O bilionário Jeff Bezos vendeu cerca de 1,5 milhão de ações da Amazon nos últimos dias e pode vender outros 500 mil papéis em breve

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies