Menu
2020-12-03T17:27:35-03:00
Estadão Conteúdo
Topo da lista

Ricardo Barros diz que reforma tributária é prioridade do governo

“É desejo do presidente uma reforma tributária que simplifique e modernize os impostos sem aumento de carga tributária”, afirma Barros.

3 de dezembro de 2020
17:27
26903707058_e04295dc5b_c
(Brasília - DF, 12/03/2018) Discurso do então ministro de Estado da Saúde, Ricardo Barros. Foto: Marcos Corrêa/PR -

O líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), declarou em nota que a aprovação da reforma tributária é uma das prioridades do governo Bolsonaro e disse que o Executivo aguarda a publicação do relatório do deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) para emitir seu parecer oficial.

Leia também:

"A assessoria do Ministério da Economia vem acompanhando os trabalhos realizados pelo relator, encaminhando as informações solicitadas e emitindo opiniões a respeito dos temas em discussão", diz a nota.

"É desejo do presidente uma reforma tributária que simplifique e modernize os impostos sem aumento de carga tributária", afirma ainda.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), está empenhado em tentar aprovar a reforma ainda durante seu mandato, que termina em fevereiro do ano que vem. Na semana passada, ele afirmou ter 320 votos favoráveis para aprovar na Casa, em dois turnos, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC), com o relatório de Ribeiro.

O relator tem participado de uma maratona de reuniões tentando azeitar o texto final. Na noite de ontem, ele conversou com algumas lideranças da Câmara para tratar de detalhes do texto.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Ivan Sant'Anna

O novo superciclo das commodities já é uma realidade. Como você pode ganhar dinheiro com ele

Nas últimas décadas, tivemos três grandes bull markets de commodities. Agora, os astros estão se alinhando para um novo superciclo

Contas brasileiras em jogo

STF retoma julgamento sobre ICMS e PIS/Cofins; decisão pode ter impacto de R$ 258,3 bilhões para União

Os ministros já haviam declarado inconstitucional a cobrança de ICMS na base de cálculo do PIS/Cofins, mas o governo pede que a decisão não tenha efeito retroativo

São Jorge e o dragão inflacionário

A grande e ameaçadora besta da inflação começa a sair do seu sono profundo. Aos poucos, movimenta as asas e mexe sua cauda incendiária. Um vagaroso e temerário despertar. Nem de longe está cuspindo fogo — e quem viveu no Brasil nos anos 80 e 90 lembra bem do seu poder destrutivo. Mas mesmo o […]

FECHAMENTO

Dragão americano da inflação assombra ativos globais e resultado é bolsa, dólar e juros sob pressão; Ibovespa recua 2% e volta aos 119 mil pontos

A pressão inflacionária superou até mesmo o cenário político interno caótico nos holofotes do mercado e levou o principal índice brasileiro a amargar uma queda brusca

Primeiro encontro

Presidentes de Petrobras e BR se reúnem para tratar da saída da estatal da distribuidora

Os executivos, que assumiram os cargos há cerca de uma vez, discutirão a venda da participação de 37,5% que a Petrobras ainda detém na empresa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies