Menu
2020-09-11T12:45:27-03:00
Termômetro da crise

Pnad Covid: taxa de desemprego fica em 13,2% na 3ª semana de agosto, diz IBGE

A população ocupada e não afastada do trabalho foi estimada em 75,9 milhões de pessoas, ante um total de 75,1 milhões de trabalhadores na semana anterior

11 de setembro de 2020
12:26 - atualizado às 12:45
desemprego brasil
Imagem: Shutterstock

A taxa de desemprego no País foi de 13,2% na terceira semana de agosto, um leve recuo frente aos 13,6% da segunda semana do mês, segundo os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Covid (Pnad Covid-19), divulgados nesta sexta-feira, 11, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A população desempregada foi estimada em 12,6 milhões de pessoas na semana de 16 a 22 de agosto, cerca de 300 mil a menos que o registrado na segunda semana do mês.

Já o total de ocupados foi de 82,7 milhões no período, cerca de 600 mil a mais que o patamar da segunda semana do mês, quando havia 82,1 milhões de pessoas ocupadas. O nível de ocupação foi de 48,6% na terceira semana de agosto, ante um patamar de 48,2% na semana anterior.

Cerca de 4 milhões de trabalhadores, o equivalente a 4,8% da população ocupada, estavam afastados do trabalho devido ao distanciamento social na terceira semana de agosto. O resultado representa cerca de 300 mil pessoas a menos que na semana anterior, quando esse contingente somava 4,3 milhões - ou 5,2% da população ocupada.

A proxy da taxa de informalidade ficou em 33,4% no período, estável em relação à segunda semana do mês de agosto.

A população ocupada e não afastada do trabalho foi estimada em 75,9 milhões de pessoas, ante um total de 75,1 milhões de trabalhadores na semana anterior. Entre essas pessoas, 8,3 milhões trabalharam remotamente, contingente estável em relação à semana anterior.

A população fora da força de trabalho - que não estava trabalhando nem procurava por trabalho - somou 75 milhões na terceira semana de agosto, ante um total de 75,4 milhões na semana anterior. Entre os inativos, cerca de 26,9 milhões de pessoas, ou 35,9% da população fora da força de trabalho, disseram que gostariam de trabalhar.

Aproximadamente 17,1 milhões de inativos que gostariam de trabalhar alegaram que não procuraram trabalho por causa da pandemia ou por não encontrarem uma ocupação na localidade em que moravam.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

ampliando leque de opções

Banco digital modalmais inicia distribuição de três fundos da BB DTVM

Segundo o sócio e diretor do modalmais, Ronaldo Guimarães, a parceria com o BB permite que os clientes do banco tenham acesso a uma diversificação em tema e categoria, aspectos relevantes para o investidor

Exile on Wall Street

O diabo é velho — e sedutor

Todos querem acreditar que podemos saber se é para comprar tudo, porque não haverá uma segunda onda importante de coronavírus no mundo, a vacina está logo aí e as eleições norte-americanas não trarão grandes problemas.

mercado agora

Ibovespa busca recuperação, mas ata do Copom e depoimento do presidente do Fed estimulam volatilidade

Bolsa e dólar repercutem ata do Copom antes do início de série de depoimentos de Jerome Powell perante o Congresso dos EUA

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta terça-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Fique de olho

Petrobras finaliza oferta de recompra de títulos no exterior de mais de US$ 3,5 bi

O montante total da ofertado pelos investidores na oferta de recompra excedeu o limite de US$ 4 bilhões previamente estabelecido, desta forma, o volume ofertado para alguns dos títulos não foi aceito

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements