Menu
2020-04-22T18:48:52-03:00
Estadão Conteúdo
Tombo histórico

PIB global deve cair 3,9% em recessão ‘sem precedentes’ no pós-guerra, diz Fitch

A Fitch projeta que a zona do euro sofra contração de 7% em sua economia e os Estados Unidos, de 5,6%

22 de abril de 2020
18:48
Fachada da Fitch Ratings
Imagem: Shutterstock

O Produto Interno Bruto (PIB) global sofrerá contração de 3,9% em 2020, com uma recessão "de profundidade sem precedentes no período pós-guerra", afirma a Fitch Ratings em relatório. "Isso é duas vezes maior do que o declínio antecipado em nossa atualização do início de abril e seria duas vezes mais severo do que a recessão de 2009", compara Brian Coulton, economista-chefe da agência.

A Fitch projeta que a zona do euro sofra contração de 7% em sua economia e os Estados Unidos, de 5,6%.

Para o Reino Unido, espera recuo de 6,3% no PIB em 2020. Ainda na Europa, espera que a economia italiana contraia 8%, enquanto na França e na Espanha há recuos de quase 5% no PIB no primeiros trimestre, aponta a Fitch.

A agência nota ainda que revisou mais para baixo suas projeções para os mercados emergentes. A queda nos preços das commodities, saída de capital e flexibilidade política mais limitada exacerbam o impacto das medidas para conter o vírus nesses países, afirma a Fitch, que diz ter feito "grandes ajustes nas previsões de PIB" para México, Brasil, Rússia, África do Sul e Turquia, sem citar esses números em seu comunicado.

Já China e Índia devem ambas ter crescimento inferior a 1%, o que faz a agência esperar contração no PIB dos emergentes como um todo em 2020, algo "sem precedentes desde pelo menos o início dos anos 1980".

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Pandemia

Governo proíbe entrada de estrangeiros em voos provenientes da Índia

Restrição vale também para Reino Unido, Irlanda do Norte e África do Sul

Imposto de renda

Cerca de 12 milhões de pessoas ainda não enviaram declaração

Balanço foi divulgado pela Receita Federal na sexta-feira; prazo termina em 31 de maio

COLUNA DO JOJO

Como Jojo Wachsmann investiria o prêmio de R$ 1,5 milhão de Juliette, campeã do BBB21

CIO da Vitreo conta como alocaria uma carteira diversificada, segura e rentável com o prêmio do maior reality show do Brasil

Vai e vém

Demanda por crédito no Brasil cai 11% em abril, mas sobe 231% em 12 meses

Oscilação do índice medido pela Neurotech é atribuída a sazonalidade

Rapidinhas da semana

BLINK: Magalu ou ViaVarejo? Quem mandou melhor no 1º trimestre?

Felipe Miranda, sócio-fundador e CIO da Empiricus, fala sobre Magalu, ViaVarejo e muito mais no Blink

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies