Menu
2020-05-09T17:55:09-03:00
Em live

Se presidente vetar reajuste, país volta à trilha de ajuste fiscal, diz Guedes

O ministro da Economia fala em videoconferência organizada pelo Itaú BBA

9 de maio de 2020
16:49 - atualizado às 17:55
paulo guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que se o presidente Jair Bolsonaro vetar o reajuste salarial do funcionalismo público fica garantido que, já em 2021, o Brasil volta para a trilha do ajuste fiscal. "Se o presidente vetar esse aumento, como disse que vai fazer, o déficit fiscal extraordinário por conta das medidas para combate à pandemia fica restrito a este ano", disse Guedes em videoconferência organizada pelo Itaú BBA no período da tarde deste sábado, 9.

Guedes afirmou que é preciso garantir que em 2021, os gastos com Previdência, juros de dívida e despesas com funcionalismo sigam controlados.

Ele observou que os dois primeiros itens - ou inimigos, como ele denominou - já estão controlados por conta da reforma da Previdência e pela mudança de política econômica, respectivamente. "Mudamos o 'policy mix', com juros mais baixos e câmbio mais altos, o que derrubou despesas."

O ministro acrescentou que acredita que existe uma consciência hoje no Brasil sobre a necessidade da sustentabilidade fiscal. "Mudamos o regime fiscal. Em vez de freio monetário e 'fiscal' frouxo, passamos para ajuste fiscal, com juros mais baixos e câmbio mais alto", disse. "O que pedimos agora é que o funcionalismo público faça uma contribuição", disse.

Medidas

Na conferência, o ministro aproveitou para relembrar as medidas tomadas pela equipe econômica para apoiar o consumidor e também as empresas durante a atual crise.

Ele avalia que a reação do Brasil foi rápida e acima da média de países avançados. Nesse contexto, Guedes comparou o Brasil aos Estados Unidos. Disse que o governo brasileiro ajudou a preservar mais de 6 milhões de empregos, enquanto os Estados Unidos registrou mais de 20 milhões de desempregados. "Estamos dando soluções de mercado para que grandes empresas possam se reequilibrar", afirmou.

O ministro disse que é verdade que o Produto Interno Bruto (PIB) está em queda forte mas ponderou que o governo está mantendo os "sinais vitais da economia" em pleno funcionamento. "Os sinais são interessantes sobre a preservação de saúde e as perspectiva é de saída em "v". O Brasil está surpreendendo. A hipótese menos provável para o Brasil é a da prolongada recessão", previu.

Impostos

Guedes garantiu que o governo Bolsonaro não vai aumentar carga tributária. "Criar impostos para aumentar carga tributária não será no nosso governo", disse.

Ele enfatizou que a ideia de saída da crise econômica através de investimento público e impostos não vai acontecer. "Não será conosco", disse em videoconferência.

Ainda voltando a destacar sua contrariedade ao novos aumentos salariais para o funcionalismo público, aprovados pelo Congresso Nacional, ele disse que "seria um equívoco manter possibilidade de reajuste a servidor". "Não é caminho razoável."

E acrescentou que é normal que quando Congresso aprove algo, presidente da República possa vetar. "Estamos pedindo essa contribuição do funcionalismo. Mas pedimos que sejam suspensos apenas os aumentos. As promoções, seja na carreira civil ou na militar, continuarão acontecendo normalmente, porque não são aumentos generalizados", disse ele.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Para dirigentes de instituições

CMN estende restrição de dividendos até dezembro de 2020

O Conselho Monetário Nacional (CMN) decidiu estender até dezembro de 2020 a regra que proíbe o aumento na remuneração de dirigentes de instituições financeiras e a distribuição de dividendos acima do mínimo obrigatório

Campos Neto fala

Para BC, é possível que efeitos do isolamento persistam até metade de 2021

Para Campos Neto, o medo que as pessoas sentem de serem contaminadas fará com que muitos mantenham hábitos adquiridos durante o período de quarentena

Com pandemia

20 mil testes foram realizados em empregados para detectar covid-19, diz Petrobras

Os testes fazem parte das medidas de segurança utilizadas pela empresa para conter o avanço da doença

O Leão está esperando

A contagem regressiva começou e você tem 30 dias até o prazo final

Se você é um dos muitos brasileiros que sempre deixam esta tarefa para os minutos finais, recomendo que mude os seus planos. O Seu Dinheiro pode te ajudar.

Concessão

Em tom de festa e com perguntas de aliados, governo renova Malha Paulista

Com um tom de comemoração, o governo anunciou na quinta-feira, 28, em evento online, a renovação da Malha Paulista com a Rumo

Parcela para prioritários

Receita paga o 1º lote do IR nesta sexta

Nessa primeira parcela, receberão o dinheiro quem se enquadra nas prioridades legais: idosos, pessoas com deficiência física ou intelectual ou moléstia grave

CRÍTICAS AO PRESIDENTE

Doria pede diálogo e afirma que Governo Federal ‘é ausente’

O tucano afirmou que o País passou a ouvir palavras de ódio.

Plano de voo mantido

Governo discute orçamento de 2021 e linha da austeridade continua, diz ministro

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, afirmou nesta sexta-feira, 29, que o Brasil já sinaliza para o mercado que seguirá com a linha planejada de austeridade fiscal e solvência. Ele pontuou que o orçamento do próximo ano já está em discussão e que esse perfil permanecerá

Em meio à pandemia

Com queda de 1,5% do PIB, Brasil fica em 15º em ranking de crescimento mundial

As perdas provocadas pela pandemia da covid-19 na economia global melhoraram a posição do Brasil no ranking mundial

Mentirinha branca

Kylie Jenner não é mais uma bilionária de acordo com a Forbes – e talvez nunca tenha sido

De acordo com a revista, a polêmica família do entretenimento pode ter inflacionado os resultados da empresa da caçula, que apesar de rica, nunca foi ultrarrica.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements