Menu
2020-01-15T12:41:10-03:00
No radar

Opep prevê avanço maior na demanda global por petróleo em 2020

Apesar de a produção americana ter sido revisada para baixo, a Opep disse esperar que os EUA – junto com outros países de fora da Opep, como Brasil, Canadá, Noruega e Guiana – liderem o crescimento da demanda este ano

15 de janeiro de 2020
11:44 - atualizado às 12:41
Petróleo plataforma
Imagem: Shutterstock

Uma melhora da perspectiva econômica vai levar à aceleração do avanço na demanda por petróleo em 2020, segundo a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep).

Em relatório mensal divulgado nesta quarta-feira, a Opep elevou sua projeção de crescimento na demanda por petróleo este ano em 140 mil barris por dia (bpd), para 1,22 milhão de bpd, ao mesmo tempo em que ajustou ligeiramente para cima sua previsão de expansão da economia mundial, de 3% para 3,1%.

A revisão para a demanda "reflete principalmente uma perspectiva econômica melhor para 2020", sendo que países em desenvolvimento - principalmente China e Índia - deverão ser responsáveis pela maior parte do desempenho mais forte, explica a Opep.

O relatório da Opep vem um mês depois de o grupo e dez aliados, incluindo a Rússia, decidirem aprofundar os cortes em sua produção combinada em 500 mil bpd, para cerca de 1,7 milhão de bpd, até o fim de março.

No documento de hoje, a Opep também ampliou sua previsão para a oferta de petróleo fora do grupo neste ano em 180 mil bpd, para 2,35 milhões de bpd, graças a revisões para cima nas estimativas para Noruega, México e Guiana.

Apesar de a produção americana ter sido revisada para baixo, a Opep disse esperar que os EUA - junto com outros países de fora da Opep, como Brasil, Canadá, Noruega e Guiana - liderem o crescimento da demanda este ano.

Ainda segundo a Opep, a produção da Arábia Saudita caiu 296 mil bpd em dezembro, enquanto a do Iraque diminuiu 60 mil bpd e a da Nigéria teve queda de 95 mil bpd.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Mercados hoje

Ibovespa abre em alta e dólar sobe com corte de juro pelo Copom

Sinalização de manutenção de juros baixos por período prolongado sustenta o ânimo dos investidores, que relegam desemprego a segundo plano

em diário oficial

Bolsonaro veta uso do FGTS para aeronautas em lei de socorro ao setor aéreo

Presidente manteve no texto a previsão de uso do Fundo Nacional de Aviação Civil (Fnac) para empréstimos ao setor e o fim do adicional de US$ 18 cobrados na Tarifa de Embarque Internacional a partir do ano que vem

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

10 notícias para começar o dia bem informado

O Banco Central derrubou ontem o juro brasileiro para uma nova mínima histórica, de 2% ao ano. Pelo recado do BC, o corte deve ser o último, mas a taxa deve permanecer baixa por um bom tempo. Não tem mais jeito: para ganhar dinheiro de verdade, o investidor precisará encarar a bolsa ou outros ativos […]

efeito coronavírus

Desemprego sobe para 13,3%, com nova queda recorde de ocupados

Segundo o IBGE, no trimestre encerrado em junho o comércio foi o setor mais afetado, com perda de 2,1 milhões de vagas; o número de desalentados bateu recorde

Resultados que mexem o mercado

Braskem, AES Tietê, SulAmérica, Totvs e BB: os balanços que movimentam o mercado nesta quinta

Resultados financeiros do segundo trimestre afetam mercado em meio à pandemia

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements