Menu
2020-01-02T19:04:43-03:00
RECORDE

Itaipu alcança nível recorde de produtividade e gera 79,4 milhões de MWh em 2019

De acordo com a comunicação do empreendimento, o resultado é fruto do nível recorde de produtividade da usina, que foi de 1,0794 MWmed/m/s

2 de janeiro de 2020
19:04
Eletrobras
Imagem: Alexandre Marchetti/ItaipuBinacional

A hidrelétrica binacional Itaipu, a segunda maior usina do mundo, produziu 79,4 milhões de megawatts-hora (Mwh) no ano de 2019, mesmo em um ano de poucas chuvas e hidrologia adversa.

De acordo com a comunicação do empreendimento, o resultado é fruto do nível recorde de produtividade da usina, que foi de 1,0794 MWmed/m/s, o melhor resultado em 35 anos de operação da usina. Esse indicador mostra a relação entre a quantidade de energia gerada com a vazão turbinada (o volume de água que passou pelas unidades geradoras, medido em metros cúbicos por segundo).

Segundo Itaipu, o volume de energia produzido em 2019 seria suficiente para abastecer o mundo por um dia e seis horas; o Brasil, por dois meses e um dia; o Paraguai, por cinco anos, sete meses e cinco dias; o Estado de São Paulo, por sete meses e dez dias; e a cidade de São Paulo, por dois anos, dez meses e 22 dias.

"O aperfeiçoamento do trabalho binacional das nossas equipes nos tem permitido maior sinergia, colhendo resultados de produtividade e disponibilidade, como os verificados, o que tem maior valor ainda quando nos deparamos com um ano seco como 2019", disse o diretor técnico de Itaipu, Celso Torino.

Para 2020, a usina trabalha com expectativa de mais chuva e, consequentemente, maior produção de energia.

Outro indicador que mostra a performance operacional da hidrelétrica é o FDO (Fator de disponibilidade de unidades geradoras). O FDO indica o porcentual de tempo em que as unidades geradoras da usina estavam prontas para produzir energia e atender as demandas dos sistemas elétricos do Brasil e do Paraguai. Em 2019, esse índice foi de 97,55%, também um novo recorde de disponibilidade do empreendimento.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

A bolsa consegue se sustentar sem anabolizante?

O canadense Ben Johnson assombrou o mundo ao cruzar a linha de chegada dos 100 metros rasos com a marca de 9 segundos e 79 centésimos nas Olimpíadas de 1988, recorde mundial. A consagração durou pouco. Dias depois ele foi pego no exame antidoping e perdeu a medalha de ouro conquistada nos Jogos de Seul. […]

dinheiro para o acionista

EDP Brasil paga R$ 353,5 milhões em dividendos e juros sobre capital próprio em 23 de setembro

Do total, R$ 236 milhões serão pagos na forma de juros sobre capital próprio e R$ 117,5 milhões em dividendos

follow-on na área

Oferta de ações da Suzano detidas pelo BNDESPar pode movimentar R$ 6,1 bi sem lote adicional

Data estimada da oferta é para 2 de outubro. A princípio, serão oferecidos 125,18 milhões de papéis da Suzano; lote adicional pode levar valor a R$ 7,4 bilhões

lista da forbes

Bilionário Joseph Safra desbanca Lemann em ranking dos mais ricos

Pódio dos bilionários brasileiros é completado por Eduardo Saveri, cofundador do Facebook, com fortuna estimada em R$ 68 bilhões; veja lista

Sinal vermelho

Bolsa fecha em queda e dólar sobe forte com deterioração nos mercados financeiros internacionais

Em sessão marcada por aversão generalizada ao risco, ‘quadruple witching’ em Wall Street aprofundou recuo do Ibovespa e impulsionou o dólar

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements