Menu
2020-04-26T10:23:59-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Menos ricos

Warren Buffett, Carlos Slim e Bill Gates estão entre os bilionários que mais perderam em 2020; veja lista

A crise do coronavírus provocou um estrago generalizado nas finanças globais, incluindo as de alguns dos homens e mulheres mais ricos do mundo

26 de abril de 2020
10:23
Warren Buffett e Bill Gates
Warren Buffett e Bill Gates - Imagem: Fotos: shutterstock/ montagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

A crise do coronavírus provocou um estrago generalizado nas finanças globais, incluindo as de alguns dos homens e mulheres mais ricos do mundo.

Entre eles, figuras conhecidas como o lendário investidor Warren Buffett, o magnata das telecomunicações Carlos Slim e o fundador da Microsoft Bill Gates.

Mas ninguém registrou uma queda maior no patrimônio ao longo deste ano do que Bernard Arnault.

Leia também:

O bilionário francês que deu escala a grifes como Dior e Louis Vuitton e terceiro homem mais rico do mundo registrou uma perda de US$ 28,1 bilhões (R$ 157 bilhões), de acordo com dados da Bloomberg.

O segundo homem que mais perdeu dinheiro em 2020 também é do mundo da moda. Amancio Ortega, fundador da rede de roupas Zara, acumula uma queda de US$ 23,4 bilhões no patrimônio em 2020.

Ortega já chegou a figurar como o sexto homem mais rico do mundo, mas hoje ocupa "apenas" a 16ª posição no ranking de bilionários da Bloomberg.

Quem completa o "pódio" dos bilionários que mais perderam dinheiro é Carlos Slim. O empresário mexicano que é dono da operadora de telefonia Claro no Brasil teve uma queda de US$ 21,1 bilhões no patrimônio em 2020. Com isso, caiu da 5ª para a 21ª posição no ranking da Bloomberg.

Warren Buffett, atualmente o quarto homem mais rico do mundo, também é o quarto maior perdedor de dinheiro em 2020. O investidor teve uma perda de US$ 15,8 bilhões com a queda no valor de mercado das empresas nas quais investe.

Bill Gates virou referência na pandemia do coronavírus, principalmente depois que um vídeo em que praticamente previu a ocorrência da doença.

Mas isso não evitou uma perda de US$ 9,65 bilhões na fortuna do segundo homem mais rico do mundo. O fundador da Microsoft aparece em sétimo na lista de bilionários que mais perderam dinheiro em 2020.

Confira a seguir a lista dos dez bilionários que registraram a maior perda de patrimônio neste ano:

  1. Bernard Arnault - US$ 28,1 bilhões
  2. Amancio Ortega - US$ 23,4 bilhões
  3. Carlos Slim - US$ 21,1 bilhões
  4. Warren Buffett - US$ 15,8 bilhões
  5. Sheldon Adelson - US$ 11,8 bilhões
  6. Hui Ka Yan - US$ 10,2 bilhões
  7. Bill Gates - US$ 9,65 bilhões
  8. Charles Koch - US$ 9,5 bilhões
  9. Francois Pinault - US$ 9,5 bilhões
  10. Julia Flesher Koch - US$ 9,5 bilhões

*Com informações da Bloomberg.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

DRAGÃO COM FOME

Comida pressiona inflação até o fim do ano, dizem analistas

Dólar em alta, oferta escassa por causa da entressafra e o auxílio emergencial estão provocando o aumento dos preços

CCR: Alerj recomenda retomar concessão de rodovia, mas governo é contra

Assembleia quer retomada da rodovia para reduzir tarifas, consideradas altas devido a irregularidades no contrato de concessão

TRETA

Maia e Alcolumbre criticam Salles após atrito com Ramos

Presidente da Câmara diz que ministro do Meio Ambiente resolveu destruir o próprio governo

SE PROTEJA

Títulos de renda fixa atrelados ao IPCA viram opção

Alta da inflação em outubro faz investidores e gestores avaliarem novas formas de proteção de patrimônio

SELEÇÃO DE NOTÍCIAS

BDR, bitcoin, shopping: o melhor do Seu Dinheiro na semana

O fim de semana chegou com uma notícia bastante esperada pelos investidores: a volta do Ibovespa ao patamar de 100 mil pontos. O principal índice da B3 foi impulsionado esta semana por dois acontecimentos. O primeiro deles foi o alívio das preocupações em torno do risco fiscal brasileiro, com políticos e governo demonstrando compromisso com a manutenção do teto de gastos. Outro tema foi a esperança de aprovação de um pacote de estímulos […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies