Menu
2020-06-25T13:35:06-03:00
EFEITO CORONAVÍRUS

Boa Vista: demanda por crédito do consumidor cai 6,2% em maio ante mês anterior

Apesar de menos acentuada que as quedas registradas em abril e março, o desempenho do índice em maio reflete o cenário de crise econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus.

25 de junho de 2020
13:35
cartao-de-credito
Cartão de crédito - Imagem: Shutterstock

A demanda por crédito do consumidor teve mais um recuo no mês de maio, confirmando a trajetória de quedas do índice em 2020. Segundo análise da Boa Vista, os pedidos por crédito caíram 6,2% no mês passado em comparação com abril deste ano, e 33,5% se comparado com igual mês em 2019, aplicados os ajustes sazonais.

No acumulado de 2020, a busca por crédito soma uma queda de 15,9%, enquanto que o acumulado dos últimos 12 meses passou para o campo negativo com uma retração de 5,7%.

Apesar de menos acentuada que as quedas registradas em abril e março - respectivamente de 24,4% e 14,2% ante os meses anteriores -, o desempenho do índice em maio reflete o cenário de crise econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus. Segundo avalia a Boa Vista em nota, o resultado ainda confirma o fim da trajetória de estabilidade de crescimento que a demanda por crédito apresentava até janeiro deste ano, quando o índice teve alta de 1,2%.

Dentre os segmentos que compõem o indicador, o financeiro foi para o campo negativo com uma queda de 1% nos últimos 12 meses, enquanto o não financeiro registrou recuo de 8,9%. De acordo com análise da Boa Vista, o desempenho em maio foi influenciado pela queda nos dois segmentos, com destaque para o terceiro recuo consecutivo do setor financeiro, "que antes costumava apresentar sólidas taxas de crescimento", como avalia a instituição.

Com a provável piora no consumo e emprego, a Boa Vista prevê que a demanda do consumidor por crédito deve continuar a ser influenciada negativamente pela pandemia nos próximos meses.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

IR 2020

Caiu na malha fina? Veja como regularizar a situação

Saiba como regularizar a sua situação junto a Receita Federal caso a sua declaração apresente informações inconsistentes e caia na malha fina do imposto de renda

Flexibilização

Prefeitura de São Paulo assina protocolo para reabrir bares e salões de beleza

A cidade está na terceira etapa do plano de flexibilização da quarentena do governo estadual, chamada de fase amarela. Com os termos firmados, os estabelecimentos poderão voltar a funcionar na segunda-feira

Recuperação

Fundos imobiliários de tijolo subiram 6% em junho; FII de shoppings ainda caem 21% no ano

Fundos imobiliários de papel, por sua vez, valorizaram, em média, só 3% no mês passado, segundo indicadores calculados pelo Banco Inter

BNDES prorroga linha de crédito para pequena e média empresa, com mais R$ 5 bilhões

Linha para capital de giro será prorrogada até 31 de dezembro, com orçamento ampliado

Crise

Risco para investir volta a nível de 2016

Estrangeiro olha com desconfiança para o Brasil, por conta da crise do coronavírus e também pela taxa de juros nas mínimas históricas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements