Menu
2020-06-25T13:35:06-03:00
Estadão Conteúdo
EFEITO CORONAVÍRUS

Boa Vista: demanda por crédito do consumidor cai 6,2% em maio ante mês anterior

Apesar de menos acentuada que as quedas registradas em abril e março, o desempenho do índice em maio reflete o cenário de crise econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus.

25 de junho de 2020
13:35
cartao-de-credito
Cartão de crédito - Imagem: Shutterstock

A demanda por crédito do consumidor teve mais um recuo no mês de maio, confirmando a trajetória de quedas do índice em 2020. Segundo análise da Boa Vista, os pedidos por crédito caíram 6,2% no mês passado em comparação com abril deste ano, e 33,5% se comparado com igual mês em 2019, aplicados os ajustes sazonais.

No acumulado de 2020, a busca por crédito soma uma queda de 15,9%, enquanto que o acumulado dos últimos 12 meses passou para o campo negativo com uma retração de 5,7%.

Apesar de menos acentuada que as quedas registradas em abril e março - respectivamente de 24,4% e 14,2% ante os meses anteriores -, o desempenho do índice em maio reflete o cenário de crise econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus. Segundo avalia a Boa Vista em nota, o resultado ainda confirma o fim da trajetória de estabilidade de crescimento que a demanda por crédito apresentava até janeiro deste ano, quando o índice teve alta de 1,2%.

Dentre os segmentos que compõem o indicador, o financeiro foi para o campo negativo com uma queda de 1% nos últimos 12 meses, enquanto o não financeiro registrou recuo de 8,9%. De acordo com análise da Boa Vista, o desempenho em maio foi influenciado pela queda nos dois segmentos, com destaque para o terceiro recuo consecutivo do setor financeiro, "que antes costumava apresentar sólidas taxas de crescimento", como avalia a instituição.

Com a provável piora no consumo e emprego, a Boa Vista prevê que a demanda do consumidor por crédito deve continuar a ser influenciada negativamente pela pandemia nos próximos meses.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

nova abertura de capital

Com preço da ação no piso, Melnick, da Even, movimenta mais de R$ 700 milhões em IPO

A empresa divulgou os planos para sua abertura de capital na B3 em julho e é a 15ª empresa a realizar abertura de capital na bolsa em 2020

reparação histórica

MPT rejeita denúncias de racismo contra Magazine Luiza por programa para negros

Para o MPT, não houve violação trabalhista, mas sim uma ação afirmativa de reparação histórica

seu dinheiro na sua noite

O Abaporu da bolsa

Tarsila do Amaral pintou em 1928 uma figura de traços relativamente simples. Com a cabeça diminuta e os pés gigantes, ela surge nua tendo por companhia apenas o sol a pino e um enorme cacto. Foi só depois da reação empolgada do marido Oswald de Andrade que a artista veio a batizar o quadro de […]

Um outro olhar

Investidores mudam o foco, dólar cai e Ibovespa vive dia de forte recuperação

Bolsa recupera terreno e fecha em alta de 1,33%; dólar retorna a R$ 5,51 com reação a sinalizações de banqueiros centrais

fintech do Mercado Livre

Mercado Pago recebe aporte de R$ 400 milhões do Goldman Sachs

Os recursos têm como destino a divisão de crédito da instituição, o Mercado Crédito, e servirão para expandir a oferta de crédito para pequenos e médios vencedores que usam o Mercado Pago e o Mercado Livre

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements