Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-07-06T13:49:26-03:00
Estadão Conteúdo
dinheiro em gestora

BNDES investe R$ 300 milhões em fundo de participações focado em médias empresas

Alaof V Brasil foi um dos quatro fundos de “private equity” selecionados por meio de chamada multissetorial realizada pelo banco em dezembro de 2018

6 de julho de 2020
13:49
BNDES
Imagem: Agência Brasil

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou um aporte de R$ 300 milhões no fundo de investimento em participações Alaof V Brasil, focado prioritariamente em empresas de médio porte e gerido pela Alaof do Brasil, gestora do grupo americano Acon Investments, focado em "middle market".

O BNDES informou que aportará no máximo 25% do total que o fundo poderá atingir na captação. Com a participação de outros investidores institucionais, o valor levantado pelo fundo poderá chegar a no máximo R$ 1,2 bilhão.

Segundo o BNDES, com esse montante, o fundo deverá investir em de quatro a seis empresas brasileiras.

Para o banco de fomento, há "potencial de geração de empregos no País", reforçando "a importância de mais esse canal de acesso a recursos durante a crise econômica decorrente da pandemia do novo coronavírus".

Conforme o BNDES, o Alaof V Brasil foi um dos quatro fundos de "private equity" selecionados por meio de chamada multissetorial realizada pelo banco em dezembro de 2018.

"A gestora conta na sua base de investidores institucionais com instituições financeiras e agências de desenvolvimento internacionais, dentre outros, e tem focado seus investimentos em empresas de médio porte de diversos setores que tenham bom potencial de crescimento, mas que demandam aporte de capital para alavancar os negócios", diz uma nota do BNDES divulgada nesta segunda-feira, 6.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

ampliação dos negócios

Cosan (CSAN3) paga R$ 1,5 bilhão por fatia na Radar, gestora de propriedades agrícolas

Companhia já detinha uma participação na Radar; após a conclusão da operação e uma reorganização societária, a Cosan será dona de mais de 50% do capital social

o melhor do seu dinheiro

Caso Lehman Brothers: não vale a pena ver de novo

Se tem um roteiro que o mercado financeiro não quer ver se repetindo, é o de uma crise financeira desencadeada pela quebra de uma grande empresa, como foi o caso da falência do banco Lehman Brothers em 2008, que marcou o início da grave crise dos subprime. Nem mesmo em uma escala menor, como é […]

força do esg

Environmental ESG, da Ambipar, busca IPO de R$ 3 bilhões para dar gás às aquisições

Preço da faixa indicativa está entre R$ 15,50 e R$ 20,50; após IPO, 43,8% do capital social estará em circulação no mercado com as ações

MERCADOS HOJE

Evergrande injeta temor no mercado global e bolsas têm dia de fortes perdas; Ibovespa fecha no menor nível desde novembro

Temor de que os problemas da incorporadora chinesa gerem uma reação em cadeia no mercado global afundou as bolsas nesta segunda-feira (20)

Ruído político

Congresso não participou de debate sobre aumento no IOF, revela presidente da Câmara

Arthur Lira também declarou que quer avançar com a reforma administrativa e uma solução para a questão dos precatórios ainda nesta semana

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies