Menu
Ruy Hungria
Sextou com o Ruy
Ruy Hungria
É formado em Física e especialista em bolsa e opções na Empiricus
Dados da Bolsa por TradingView
2020-07-10T10:21:29-03:00
JURO BAIXO E PANDEMIA

O alinhamento dos astros está favorável para os investimentos em imóveis

Pandemia aumentou desejo por imóveis maiores e com escritório; juro baixo estimula segmento.

10 de julho de 2020
5:50 - atualizado às 10:21
Paredes de imóvel e céu estrelado
Ambiente de juro baixo favorece mercado imobiliário - Imagem: Shutterstock

Depois de alguns meses trancafiados, parece que estamos chegando perto  do fim da quarentena. Neste período de confinamento para a maioria da população, é verdade que alguns ainda continuaram saindo de casa, trabalhando mais do que antes e em condições ainda mais arriscadas – aliás, muito obrigado aos bravos profissionais da saúde.

Mas para a turma que teve que ficar em casa, o saldo da quarentena foi bem distinto. Algumas famílias, apesar de mudanças na rotina, um estresse aqui, ou uma ansiedade extra ali, conseguiram encarar o confinamento numa boa.

Aqui em casa, por exemplo, como eu e a Paloma não temos filhos, conseguimos transformar o quartinho das tranqueiras em um projeto de "escritório" e ainda sobrou espaço para exercícios físicos e para as aulas online de ballet dela.

Infelizmente, o mesmo não aconteceu para uma grande parcela das famílias. Com os filhos dentro de casa em tempo integral e a falta de um cantinho para trabalhar ou mesmo relaxar, a quarentena para elas se resumiu a uma frase: "precisamos de um lugar mais espaçoso para morar, urgente!"

Não à toa, a procura por empreendimentos de metragem maior aumentou bastante nas últimas semanas, ao contrário da tendência que estávamos acompanhando nos últimos anos.

Vários portais de busca de imóveis já relataram, inclusive, um expressivo crescimento no interesse por casas com quintais e apartamentos com mais de dois quartos e varanda na comparação com o período pré-pandemia.

Alinhamento de astros

Como se essa "necessidade" por apartamentos maiores criada pela pandemia não fosse boa o bastante para as construtoras, outros fatores inéditos têm ajudado bastante o setor.

Você já deve ter visto que hoje desfrutamos da menor taxa Selic da história: 2,25% ao ano.

Além de atrapalhar bastante os planos dos rentistas que adoravam ver o dinheiro aplicado a taxas de dois dígitos sem risco algum, isso tem levado vários deles a se perguntar: onde é que eu vou colocar o meu dinheiro agora?

Fonte: Banco Central do Brasil. Elaboração: Empiricus

Para muita gente, a resposta está sendo justamente a compra de imóveis, que – também por causa da queda da Selic – tem visto a taxa de financiamento despencar nos últimos meses.

Você não está aqui para isso

Apesar de parecer, eu não estou querendo te empurrar um apartamento. Fique tranquilo! Eu não sou corretor e este também não é um site de imóveis.

Mas se você chegou até aqui porque gosta de dicas de investimento, esse tema tem tudo a ver com a bolsa.

Com a procura por imóveis em alta mesmo na quarentena – seja por causa da falta de espaço, pelo rendimento pífio da poupança, pelas taxas de financiamento baixas ou pela combinação de todos esses fatores – o bom momento vivido pelas construtoras e incorporadoras nos últimos trimestres deve se manter mesmo com a economia ainda capenga.

Na Empiricus, temos preferido as companhias do segmento de média e alta renda de um modo geral, cujos clientes são justamente aqueles que estavam com uma grana parada (rendendo quase nada) e que podem arcar com um upgrade neste momento. Uma dessas companhias, inclusive, é figurinha carimbada na série as Melhores Ações da Bolsa.

Muito mais do que ações

Mas é óbvio que, quando se trata de imóveis, existem muito mais possibilidades do que apenas investir em ações de incorporadoras.

O Rodolfo Amstalden, sócio-fundador da Empiricus, elaborou um curso para ensinar como ganhar dinheiro justamente com essa categoria de ativos, sem precisar ser um expert em análise de ações.

Para os que gostam de investir em imóveis físicos, além de mostrar as tendências de mercado e os riscos a evitar, ele também apresenta técnicas bastante simples capazes de agregar muito valor aos seus empreendimentos.

Ah, mas você ainda não tem o montante ou o tempo necessário para investir em imóveis físicos?

Sem problemas, porque o Rodolfo também ensina como investir de maneira inteligente em fundos imobiliários, que na minha opinião representam a maneira mais fácil e barata para você investir no setor e ainda receber bons rendimentos mensais por isso.

Deixo aqui o convite, caso tenha interesse em conhecer o curso.

Um grande abraço e até a próxima!

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Crédito disponível

Com juros salgados, Caixa libera empréstimo de até R$ 1.000 no aplicativo Caixa Tem; veja condições

O crédito ficará disponível para assalariados, autônomos, beneficiários de programas sociais e de políticas públicas de distribuição de renda

Bolsa hoje

Destaques do Ibovespa: frigoríficos e empresas ligadas a commodities lideram altas em dia de recuperação; Locaweb (LWSA3) é maior queda

Confira os destaques do pregão desta segunda-feira (27) e não deixe de acompanhar as principais notícias do dia na nossa cobertura de mercados

Cartões

Santander avança em cisão da Getnet com registro na Nasdaq

A empresa de maquininhas de cartão passará a ser negociada na bolsa de forma separada do Santander e obteve aval em agosto para listar certificados de ações (units) na B3

Em busca de solução

Bolsonaro diz que conversou com ministro sobre como reduzir preço de combustíveis

Na tentativa de se defender sobre a alta dos valores, o presidente citou avanço das cotações também nos Estados Unidos

Bilionário X Bitcoin

“Eu realmente não ligo para o bitcoin (BTC)”, afirma CEO do JP Morgan, que vê potencial de crescimento de até dez vezes para o preço da criptomoeda

Em entrevista ao jornal Times of India, Jamie Dimon mostrou que segue com ceticismo em torno do mercado de criptomoedas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies