Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2020-04-23T19:47:55-03:00
Seu dinheiro na sua noite

Moro num país tropical, com o dólar a R$ 5,52

23 de abril de 2020
19:47
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

A escalada do dólar rumo a um novo topo – agora aos R$ 5,528 – por si só já era relevante o suficiente para ser a principal notícia desta quinta-feira.

Mas como já dizia um jornalista com quem trabalhei, nunca subestime a capacidade do Brasil de nos dar trabalho.

No começo da tarde, uma nova bomba estourou em Brasília com a notícia de que o ministro Sergio Moro poderia deixar o governo.

O motivo seria a decisão do presidente Jair Bolsonaro de demitir o diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo.

Nem a saída de Moro nem a demissão de Valeixo foram confirmadas – o que não significa muito para quem conhece Brasília.

Afinal, não é de hoje que o presidente mostra insatisfação com o comando da PF. E divergências na condução do governo já levaram ao “divórcio amigável” de Bolsonaro e do ex-ministro da saúde Luiz Henrique Mandetta.

A fome de Bolsonaro de mexer na PF se juntaria com a vontade de comer do Centrão, com quem o capitão começou a dialogar em busca de uma base de sustentação no Congresso.

A possível saída de Moro, ou pelo menos o que ela representaria para o governo, mexeu com os mercados. A bolsa ampliou a queda e o dólar acelerou a valorização assim que a notícia começou a circular.

Mas o novo salto da moeda norte-americana tem suas próprias razões. O Victor Aguiar traz para você um panorama completo de todos os fatores que levaram ao novo recorde do dólar.

Para onde vai o dólar?

Falando em dólar, o UBS aposta que o ímpeto da moeda vai arrefecer até o fim do ano. Resultado: a moeda deve terminar 2020 cotada a R$ 4,95, segundo a previsão do banco suíço. O cenário seria ainda mais positivo no ano que vem, se algumas variáveis contribuírem. Mas o que me chamou atenção mesmo foi o pior cenário possível projetado pela instituição: nele, o dólar subiria ao incrível patamar de R$ 7,35 em 2021.  Eu explico para você como os economistas chegaram aos números.

Atrás de dinheiro novo

A CVC foi uma das mais afetadas na bolsa com a epidemia do covid-19. Hoje, a operadora de turismo anunciou que avalia um plano para aumentar o seu capital e até contratou o Itaú BBA para avaliar a melhor forma de trazer dinheiro novo. O objetivo? Deixar o balanço mais forte para uma futura retomada na demanda por viagens, diz a empresa. Mas as boas intenções não encontraram eco nas ações da companhia, que fecharam em forte queda na bolsa.

Saudosos dividendos

O longínquo ano de 2019 registrou o maior volume de dividendos e juros sobre capital próprio distribuído por empresas negociadas no Ibovespa nos últimos dez anos. Os dados são da consultoria Economatica. O setor que mais distribuiu proventos foi o de bancos, liderado pelo Itaú Unibanco. Confira as 25 maiores pagadoras do ano passado nesta matéria.

Voltando aos trabalhos

A Lojas Renner decidiu que reabrirá gradualmente as suas lojas a partir de amanhã, após o fechamento determinado pelas autoridades em decorrência de medidas de isolamento social. A varejista informou que respeita os decretos de governos locais e critérios técnicos para permitir que suas lojas voltem a funcionar. Ainda assim, poderá rever o número de lojas em funcionamento. Saiba mais sobre o plano da varejista.

O que está do lado de lá

O futuro pós-coronavírus é nublado — e no entanto o que dele imaginamos é muito certo: um extremo ou outro, seja para bem ou para mal. Mas, e se eu disser que o que vai acontecer com o mercado, a economia e a política nos próximos meses pode muito mais ser uma combinação de vários cenários intermediários sem um clímax? O nosso colunista Rodolfo Amstalden escreve sobre o que fazer com o dinheiro quando nada acontece. Recomendo muito a leitura!

Uma ótima noite para você!

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

entrevista

‘Acredito que ainda vale a pena investir no Brasil’, diz presidente da General Motors na AL

Em entrevista, Carlos Zarlenga afirma que o tamanho do mercado brasileiro ainda é atrativo para investimentos no setor

Prévia operacional

Vendas de incorporação da JHSF crescem 228,5% em 2020; prévias fortes impulsionam ações

Segmento de incorporação teve vendas contratadas de R$ 1,2 bilhão em 2020; ações da companhia reagem positivamente

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta sexta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Exile on Wall Street

Comece (e termine) pelos porquês

Não pude deixar de notar o paradoxo — possível e brilhantemente proposital — que há nas escolhas da Pixar.

Prévia operacional

Com avanço em vendas e lançamentos em 2020, Mitre divulga prévias operacionais fortes

Houve crescimento nos números da construtora tanto no trimestre quanto no ano. BTG Pactual considerou resultados “excepcionais”

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies