Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2020-06-12T09:29:56-03:00
TUDO QUE VAI MEXER COM SEU DINHEIRO HOJE

Acabou o fim da crise?

12 de junho de 2020
9:29
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Atenção, senhores passageiros. Estamos atravessando uma área de turbulência. Na verdade, a economia global já passa por um enorme abalo em consequência da pandemia do coronavírus.

O problema é que nas últimas semanas o mercado financeiro havia tirado o cinto de segurança. Muitos falavam até em fim da crise. Mas a ameaça de uma segunda onda de casos da covid-19 nos Estados Unidos reacendeu o sinal de alerta.

Depois da forte queda de ontem, feriado por aqui, as bolsas ensaiam uma recuperação. Foi só um susto ou o “fim da crise” acabou? A Julia Wiltgen e eu vamos falar sobre o abalo nos mercados ao vivo hoje às 16h no canal do Seu Dinheiro no Youtube.

O que você precisa saber hoje

MERCADOS
• O risco coronavírus voltou ao radar ontem, acabando com a “imunidade” dos investidores. As principais bolsas globais fecharam em forte queda na esteira da alta de casos nos EUA e do pessimismo do Fed.

• Hoje, os mercados ensaiam recuperação. Os futuros das bolsas americanas sobem mais de 1,5%, enquanto índices à vista da Europa também tem ganhos. O fundo de índice (ETF) do Brasil negociado em Nova York tem alta de 2,7% no pré-mercado.

INVESTIMENTOS
• Como você decide a hora de vender uma ação que está na sua carteira? Na coluna de hoje, o Ruy Hungria explica como você pode acabar com uma carteira de micos ao orientar seus investimentos apenas pela cotação na tela. Vale a pena ler!

BRASIL
• O Ministério da Saúde divulgou na noite de ontem que as mortes por coronavírus já são 40.919 no país, sendo 1.240 só nas últimas 24 horas. Há 802.828 pessoas infectadas com a covid-19.

• O fundo Latache – especializado em empresas em dificuldade – vai adquirir 100% de participação na Rodovias do Tietê. A concessionária possui R$ 1,6 bilhão em dívidas, a maior parte nas mãos de pessoas físicas que investiram em debêntures da companhia.

• O presidente Jair Bolsonaro afirmou em live que a recriação do Ministério das Comunicações tem o objetivo de “melhorar” a forma de se comunicar do governo. Fabio Faria, do PSD, chefiará a pasta.

• O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, teve o sigilo bancário de seu escritório de advocacia quebrado. Investigação apura a evolução do patrimônio de Salles entre 2012 e 2018.

• A Justiça barrou a nomeação de uma aliada de Bolsonaro para controlar o Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (Iphan). A falta de experiência profissional da indicada na área motivou a decisão.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

pandemia

Brasil registra 1.340 mortes por covid-19 em 24h

Resultado ficou atrás apenas do dia 7 de janeiro, quando foram confirmadas 1.524 novos falecimentos

seu dinheiro na sua noite

Tudo caiu – até o forward guidance

Os mercados domésticos ficaram hoje divididos sob a influência de acontecimentos distintos, o que resultou em um comportamento geral incomum: tudo caiu. O Ibovespa perdeu o patamar dos 120 mil pontos e fechou em queda, na contramão das bolsas americanas, animadas pela posse do novo presidente Joe Biden e a nova fornada de estímulos fiscais […]

Análise

Sem o “forward guidance”, Banco Central arranca bola de ferro dos pés

Decisão do BC de abrir mão do compromisso de não mexer com os juros foi acertada, mas a adoção do instrumento mais ajudou ou atrapalhou a economia?

sem "efeito Biden"

Vacinação e risco fiscal derrubam o Ibovespa em dia de festa em NY; dólar também recua

Euforia dos mercados internacionais com o “efeito Biden” foi barrada pelas incertezas domésticas e fez a bolsa brasileira ir na contramão de NY

taxa básica

BC mantém Selic em 2% ao ano, mas retira o ‘forward guidance’

Bolsa pode ter realização de lucros nesta quinta com derrubada de prescrição, diz especialista; decisão de hoje acontece em meio à alta dos preços das commodities e à valorização do dólar

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies