Menu
Julia Wiltgen
O melhor do Seu Dinheiro
Julia Wiltgen
2020-01-04T11:05:50-03:00
Mais lidas

MAIS LIDAS: Resolução de ano novo: se aposentar em 10 anos

Matéria mais lida da semana foi sobre quanto dinheiro juntar para se aposentar cedo

4 de janeiro de 2020
11:05
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

A semana que passou marcou a transição do velho para o novo: 2019 terminou na terça-feira, dando lugar a 2020 a partir de quarta; a bolsa conseguiu terminar um ano com alta de mais de 30%, e já começou o outro batendo um novo recorde e superando os 118 mil pontos; e também já tivemos a nossa primeira grande tensão do ano - sai guerra comercial EUA-China, entra conflito geopolítico EUA-Irã.

Nesse período de transição, em que muitos ainda estavam de recesso (que o diga o trânsito maravilhoso em São Paulo), acredito que muita gente tenha aproveitado para fazer um balanço de 2019, listar suas decisões de ano novo e programar seus investimentos para 2020.

Pelo menos foi o que ficou parecendo pela nossa lista de notícias mais lidas da semana, que contou com assuntos com o balanço dos investimentos em 2019, onde investir na bolsa em 2020 e o resultado da Mega da Virada.

A campeã de audiência foi o texto do nosso colunista Rodolfo Amstalden sobre quanto poupar para se aposentar cedo. Sem dúvida, começar a investir para a aposentadoria - se é que você ainda não começou - é uma das melhores resoluções de ano novo que você pode tomar. Aqui no Seu Dinheiro, o Rodolfo se dedica a escrever sobre seu método para se aposentar aos 40 anos (ou o quanto antes), investindo durante dez anos. Vale a pena conferir!

Veja as 5 notícias mais lidas da semana:

  1. De quanto dinheiro eu preciso para me aposentar cedo?
  2. Mega da Virada: confira os números sorteados
  3. A fuga cinematográfica de Carlos Ghosn do Japão
  4. Onde investir em 2020: Impressionado com o rali da bolsa em 2019? Pois saiba que há espaço para mais
  5. Os melhores investimentos de 2019: o ano foi de quem arriscou e apostou na queda dos juros

Escolha da Editora

Não deixe de conferir nossa terceira matéria da série Onde Investir 2020. Hoje eu trago para você as boas oportunidades da renda fixa, incluindo o Tesouro Direto, em um ano que promete ser difícil para essa classe de ativos.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

ficou para esta quinta

Para privatizar Eletrobras, governo aceita mais 19 emendas à MP

Por acordo entre os senadores, o texto da MP será votado apenas amanhã, 17, a partir das 10h, e até lá, eles poderão apresentar sugestões de destaques, que podem alterar o teor do parecer

seu dinheiro na sua noite

A Selic subiu mais um pouco – e na próxima reunião tem mais

Esta “Super Quarta” terminou com os bancos centrais brasileiro e americano apertando um pouquinho mais a torneirinha dos juros. A inflação pressiona, aqui e na terra do Tio Sam, e as autoridades monetárias querem mostrar que permanecem vigilantes. O Federal Reserve ainda não elevou propriamente as taxas de juros, que foram mantidas entre zero e […]

Entrevista

Sinais do Copom apontam para Selic a 7% no fim do ano, diz Padovani, do banco BV

Economista-chefe do banco BV, Roberto Padovani destacou o tom mais ríspido do Banco Central e a indicação de que a Selic continuará em alta

MUDANÇA NOS JUROS

COMPARATIVO: Veja o que mudou no novo comunicado do Copom

Veja o que ficou igual e o que mudou no comunicado da decisão do Copom a respeito da taxa Selic, elevada ao patamar de 4,25% ao ano

Subiu de novo

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 4,25% ao ano

Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras de renda fixa agora que o Banco Central elevou a Selic mais uma vez

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies