Menu
2020-03-12T12:10:19-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa e UBS Escola de Negócios. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência CMA, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico.
Níveis inéditos

Dólar à vista dispara na abertura e rompe os R$ 5,00, mas deixa as máximas

Em meio à tensão global com o coronavírus e a escalada nos atritos entre governo e Congresso, o dólar abriu em forte alta de mais de 6%

12 de março de 2020
9:23 - atualizado às 12:10
Urgente

Sim, você não leu errado. O dólar à vista ultrapassou a barreira dos R$ 5,00.

Logo depois da abertura da sessão desta quinta-feira (12), a moeda americana chegou a disparar 6,47%, indo ao nível de R$ 5,0280 — a divisa nunca sequer tinha rompido o patamar de R$ 4,80.

Por volta do meio dia, a pressão sobre o câmbio havia diminuído um pouco e a moeda era negociada a R$ 4,8775 – ainda assim em forte alta de 3,36%.

O Banco Central (BC) procurou agir rapidamente diante da disparada. A autoridade monetária já havia convocado um leilão de dólares no mercado à vista, no montante de até US$ 1,5 bilhão, e resolveu aumentar o poder de fogo, acrescentando mais US$ 1 bilhão ao certame. Além disso, já convocou uma segunda operação, de US$ 1,25 bilhão.

A disparada do dólar tem dois gatilhos: lá fora, o presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou a suspensão das viagens entre o país e a Europa, de modo a tentar conter o avanço do coronavírus — uma medida que gerou ainda mais preocupação e de força à leitura de que o surto da doença causará fortes impactos à economia mundial.

Por aqui, o mercado mostra-se bastante tenso com os atritos entre governo e Congresso: ontem, foi derrubado o veto imposto pelo presidente Jair Bolsonaro à elevação do BPC, criando um gasto adicional da ordem de R$ 20 bilhões por ano ao orçamento do país — e, consequentemente, criando fortes dúvidas quanto ao ajuste fiscal do país.

Com a nova disparada de hoje, o dólar à vista já acumula uma valorização de 21,62% desde o começo do ano.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

em Minas Gerais

Notre Dame Intermédica compra Grupo Serpram por R$ 170 milhões

Aquisição marca avanço da empresa em Minas Gerais; mais cedo, companhia anunciou compra de outra empresa, no Sul do País

forte expansão

Unidas reporta lucro líquido de R$ 124 milhões, alta de 44,4% e melhor da história

Empresa registrou uma forte retomada no segmento de Terceirização de Frotas, que apresentou recordes de contratação

desinvestimentos

Compass apresenta proposta para adquirir participação da Petrobras na Gaspetro

Empresa, que chegou a desistir de abrir capital, não revelou valor pela fatia; processo é mais um desinvestimento da Petrobras, que desembarca de vez da companhia

Dinheiro na conta

Santander pagará R$ 1 bilhão em juros sobre capital próprio

O valor líquido por ação será de R$ 0,10859906709 por ON, com retenção de IR na fonte.

PLANOS

Agora parte do BTG, Necton vai em busca de pequenos investidores

Corretora pretende lançar iniciativas e produtos para a base dos investidores, para quem tem entre R$ 10 mil e R$ 15 mil aportados no mercado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies