Menu
2019-09-10T13:17:00-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
queridinha do mercado

QuintoAndar passa a valer US$ 1 bilhão após novo aporte do Softbank e vira ‘unicórnio’

Empresa passou por nova rodada de investimentos, de US$ 250 milhões; startup quer ampliar a equipe de tecnologia e consolidar a expansão

10 de setembro de 2019
8:19 - atualizado às 13:17
Prédios em São Paulo
Imagem: Shutterstock

Mais uma empresa acaba de atingir o status de unicórnio no mercado brasileiro. A plataforma de moradias QuintoAndar recebeu uma nova rodada de investimentos e agora é avaliada em pelo menos US$ 1 bilhão.

Os aportes, que somam US$ 250 milhões, são liderados pelo fundo Dragoneer e pelo grupo japonês SoftBank. Os valores foram comemorados por, entre outros, o presidente executivo da empresa, Gabriel Braga.

O executivo disse ao jornal Estadão que os recursos serão utilizados em três frentes. Uma é ampliar a equipe de tecnologia, outra é consolidar a expansão da empresa no País.

A terceira é traçar os planos para colocar a empresa no exterior — começando em 2020.

Em expansão

Fundado em 2013, o QuintoAndar é uma primeira plataforma de aluguel residencial que não exige garantias como fiador, seguro-fiança ou caução.

Desde a última rodada de captação, liderada pela General Atlantic há nove meses, a companhia expandiu rapidamente, elevando sua operação de três regiões metropolitanas para nove.

Nesse período, o QuintoAndar também mais que triplicou sua receita, e hoje fecha mais de 4.500 novos contratos por mês. Desde o ano passado, a companhia diz que triplicou em tamanho, para mais de 1 mil funcionários.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Expansão

Rede D’Or assina memorando para aquisição de hospital na Paraíba

Documento prevê que Rede detenha 51% do capital social do Hospital Nossa Senhora das Neves

Após investigação

China multa Alibaba em US$ 2,8 bilhões por prática de monopólio

Foco foi prática que força comerciantes a escolherem uma plataforma, em vez de poderem trabalhar com mais.

Efeitos da Covid

Grupo Educação Metodista se prepara para pedir recuperação judicial

Com dívidas de cerca de R$ 500 milhões e em dificuldades desde 2015, o grupo viu sua situação se deteriorar em meio à pandemia

Cessão onerosa

Petrobras: Conselho aprova acordo sobre excedentes em Sépia e Atapu

Para a área de Atapu, a participação da estatal na cessão onerosa fica em 39,5% e em Sépia de 31,3%.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies