Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-07-11T21:41:32-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Olha a reforma

Maia reabre sessão e deputados votam destaques da Previdência

Deputados já aprovaram mudança no cálculo de benefício das mulheres. Ainda há outras 14 propostas de mudança no texto

11 de julho de 2019
18:14 - atualizado às 21:41
Maia Previdência
Imagem: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Demorou, mas o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), retomou a sessão que vai avaliar os destaques à reforma da Previdência, que teve seu texto-base aprovado na noite de ontem, por 379 votos a 131. A sessão abriu por volta das 17h30 e os deputados já votaram e derrubaram o tradicional pedido de retirada de pauta por 339 votos a 75. Agora acontece a análise das emendas e destaques.

Maia pediu aos deputados que querem aprovar a reforma para que não ataquem a oposição em temas que não sejam a Previdência, para evitar mais dificuldades em avançar na votação.

Além dele, pela manutenção da pauta do dia, falou o deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), que foi relator da reforma da Comissão Especial.

Segundo Moreira, é preciso ficar muito atendo, pois alguns dos destaques apresentados poderão destruir a estrutura da reforma. “Precisamos ficar muito atentos”, disse.

Para o relator, se comprometer com benefícios impagáveis e sem orçamento é demagogia.

Moreira também falou, mais de uma vez, em construir a votação de destaques via entendimento para avançar na votação da reforma.

Emendas e destaques

Os parlamentares debateram e aprovaram por 344 a 132 a emenda aglutinativa número 5, apresentada pela bancada do DEM, que busca mudar o cálculo da aposentadoria para as mulheres. Ainda há outro pedido semelhante a ser avaliado.

Pelo texto-base da reforma, com 20 anos de contribuição, o benefício será de 60% da média salarial de contribuição, subindo dois pontos porcentuais para cada ano a mais de trabalho. A bancada feminina negociou para que a regra dos dois pontos seja aplicada a partir dos 15 anos de contribuição para as mulheres, já que, para elas, a reforma prevê que o tempo mínimo de contribuição é de 15 anos, e não 20, como no caso dos homens.

O segundo destaque em análise, de número 95, da bancada do PSB tratava sobre exigências para contribuição mínima. O pedido foi rejeitado por 334 votos a 155 votos. Ainda restam 14 propostas a serem avaliadas.

A ideia do presidente da Câmara é levar a sessão adiante até encerrar as emendas e destaques e fazer a votação da proposta em segundo turno amanhã.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

efeito pandemia

Sem peças importadas, indústria busca produção local, mas esbarra em custo

Escassez de produtos como máscaras e respiradores, que marcou o início da pandemia, depois se estendeu a semicondutores, insumos e autopeças e se agravou com o aumento dos preços

é possível, sim

O segredo para ser feliz no trabalho, segundo esta especialista

Beverly Jones, autora do “Find Your Happy at Work”, arriscou algumas respostas em entrevista recente e falou sobre desconforto, networking e tédio; veja abaixo

em família

Sobrinho-neto do bilionário Warren Buffett supera Berkshire Hathaway no ano

Ações da Boston Omaha, holding de capital aberto co-liderada pelo sobrinho-neto do bilionário, Alex Buffett Rozek, estão batendo os papéis da Berkshire Hathaway

novo serviço

Grupo pão de Açúcar vai fazer entrega para lojistas de seu marketplace

No próximo ano, a companhia passará a oferecer a possibilidade de que os lojistas virtuais armazenem produtos nos centros de distribuição do GPA

inovação

Varejo online agora quer conquistar a fronteira da venda de produto fresco

A partir do mês que vem, começa a funcionar no País uma startup mexicana de tecnologia do setor de supermercados que vai explorar exatamente esse filão

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies