2019-04-20T14:01:10-03:00
Estadão Conteúdo
Caderneta segue firme

Depósitos em poupança superam saques em R$ 1,85 bilhões em março

Em termos comparativos, resultado ficou abaixo dos R$ 3,978 bilhões em depósitos líquidos registrados em março de 2018

4 de abril de 2019
16:13 - atualizado às 14:01
Notas de real
No acumulado do ano, as retiradas líquidas da poupança somam R$ 13,400 bilhões - Imagem: Shutterstock

Após os saques registrados em janeiro e fevereiro, os brasileiros voltaram a colocar dinheiro na poupança em março. Dados do Banco Central mostraram que, no mês passado, R$ 1,853 bilhão líquidos entraram na caderneta poupança. Foi o primeiro mês de saldo positivo em 2019.

O resultado, no entanto, ficou abaixo dos R$ 3,978 bilhões em depósitos líquidos registrados em março do ano passado.

No mês passado, foram R$ 183,200 bilhões em saques, contra R$ 185,052 bilhões em depósitos. Considerando os rendimentos de R$ 3,004 bilhões na poupança em março, o saldo global da caderneta chegou aos R$ 792,790 bilhões.

No acumulado do primeiro trimestre de 2019, as retiradas líquidas da poupança somaram R$ 13,400 bilhões. O montante é resultado de saques de R$ 575,122 bilhões contra depósitos de R$ 561,721 bilhões.

Recuperação

Em função da crise econômica, a caderneta registrou saídas líquidas em 2015 e 2016, mas iniciou um processo de recuperação no ano seguinte. Em 2018, em meio à relativa retomada do emprego e da renda, a poupança fechou o ano com captação líquida de R$ 38,260 bilhões.

Esta procura maior pela poupança no ano passado ocorreu apesar de a rentabilidade ser, atualmente, inferior ao visto em anos anteriores. Hoje a poupança é remunerada pela taxa referencial (TR), que está próxima de zero, mais 70% da Selic (a taxa básica de juros da economia). A Selic, por sua vez, está em 6,50% ao ano desde março de 2018.

Esta regra de remuneração da poupança vale sempre que a Selic estiver abaixo dos 8,50% ao ano. Quando estiver acima disso, a poupança é atualizada pela TR mais uma taxa fixa de 0,5% ao mês (6,17% ao ano). Esta remuneração, mais elevada, deixou de valer em setembro de 2017, quando a Selic passou para abaixo do nível de 8,50%.

Brasil

Apesar dos resultados positivos da caderneta em 2017 e 2018, os brasileiros ainda não têm o hábito de guardar dinheiro. Dados do Banco Mundial mostram que, em 2017, apenas 32% dos brasileiros com mais de 15 anos de idade guardaram alguma quantia de dinheiro - seja na caderneta, seja em qualquer outra aplicação financeira. A média global é de 48% e nos países de alta renda o porcentual é de 73%.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Market Makers

Precisamos falar de múltiplo: Saiba como identificar se uma ação está barata na bolsa

9 de agosto de 2022 - 9:34

Existem três formas de ganhar dinheiro com ações. Uma delas é com o crescimento do lucro por ação. Mas é preciso interpretar corretamente o múltiplo Preço/Lucro (P/L) de uma empresa

MERCADOS AO VIVO

Bolsa hoje: Inflação controlada anima e Ibovespa abre em alta; dólar cai e é negociado a R$ 5,09

9 de agosto de 2022 - 9:12

RESUMO DO DIA: Os investidores permanecem de olho nos dados de inflação dos Estados Unidos, divulgados na próxima quarta-feira (10). Por aqui, o Ibovespa reage aos dados do IPCA de julho e nas disputas políticas antes do início da campanha eleitoral oficial. Acompanhe por aqui o que mexe com a bolsa, o dólar e os demais […]

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

Oportunidade de lucro acima de 9% em swing trade com a Helbor (HBOR3); confira a recomendação

9 de agosto de 2022 - 8:26

Identifiquei uma oportunidade de swing trade – compra dos papéis da Helbor (HBOR3). Saiba mais detalhes

O melhor do Seu Dinheiro

Os sons do silêncio nas bolsas: Saiba como interpretar os ruídos dos mercados que mexem com os seus investimentos hoje

9 de agosto de 2022 - 8:24

De olhos e ouvidos atentos aos dados da inflação, investidores os juntarão ao quebra-cabeças da ata da última reunião do Copom

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Todos os olhos e ouvidos do Ibovespa voltados para a inflação de hoje enquanto as bolsas internacionais aguardam os dados dos EUA

9 de agosto de 2022 - 7:43

Os índices internacionais aguardam os números de inflação dos EUA, que só devem ser conhecidos na quarta-feira

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies