Menu
2019-07-10T15:20:28-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
vai desidratar?

Bancada da bala consegue acordo para suavizar aposentadoria de policiais, diz jornal

Segundo a publicação, entre os termos do acordo, quem ainda vai entrar na carreira deve permanecer com idade mínima em 55 anos, como era o desejo do Executivo

10 de julho de 2019
15:18 - atualizado às 15:20
10/07/2019 Visita Institucional à Câmara dos Deputados
Bolsonaro chegou a atuar para suavizar as regras de aposentadoria para os policiais. - Imagem: Marcos Correa /PR

Deputados da bancada da segurança pública conseguiram construir um acordo com líderes partidários e governo para que policiais federais, policiais rodoviários federais e policiais legislativos tenham regras mais brandas na reforma da Previdência. A informação foi publicada pelo jornal Folha de S. Paulo

Segundo a publicação, entre os termos do acordo, para quem já está na carreira a idade mínima de aposentadoria deve ser de 53 anos para homem e 52 anos para mulher - além de um “pedágio” de 100%.  Mas quem ainda vai entrar deve permanecer com idade mínima em 55 anos, como era o desejo do Executivo inicialmente.

Mais cedo, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), criticou a possibilidade de se retirar a idade mínima para a aposentadoria das carreiras policiais, entre elas, Federal, Rodoviária Federal e policiais legislativos.

Para Maia, a medida seria um benefício para a categoria no momento em que outras carreiras dão sua cota de sacrifício. De acordo com Maia, todos têm que participar porque, de outra forma, o sistema entrará em colapso fiscal e todos serão prejudicados.

"A retirada da idade mínima é péssima. A construção de uma regra de transição igual a do regime próprio é uma sinalização que não é a melhor, mas ela é mais correta e mais justa", disse Maia.

Na quinta-feira passada, o presidente Jair Bolsonaro chegou a atuar para suavizar as regras de aposentadoria para os policiais. Líderes de partidos alinhados ao governo confirmaram que Bolsonaro os procurou para um acordo.

O presidente admitiu que sugeriu mudanças para a aposentadoria de policiais que servem a União no texto da reforma da Previdência. Mas disse que a proposta não foi acatada pela categoria

"Eu fiz uma excelente proposta, não aceitaram. Agora vai para o voto", lamentou ao ser questionado se teria feito alguma orientação sobre o assunto, como informado por líderes da Câmara.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Oferta inicial de ações

Kalunga protocola pedido de IPO na CVM; veja alguns números da varejista

Com foco na expansão e reforço de caixa, varejista é a terceira empresa a solicitar abertura de capital na B3 nesta semana

Corrida espacial

Elon Musk quer levar humanos para Marte até 2026

A empresa aeroespacial do bilionário, SpaceX, pretende criar uma cidade no planeta nos próximos 10 anos; ações da Tesla podem se beneficiar

Recuou!

Captação da poupança cai pela 1ª vez desde janeiro

Apesar do recuo, a poupança acumula entrada líquida de R$ 145,71 bilhões de janeiro a novembro – melhor desempenho para o período

Retrospectiva da semana

Coquetel anticrise: vacina e dinheiro na veia

Na onda das boas notícias, Ibovespa fechou a sexta-feira, 4, perto das máximas

Pandemia

Covid-19: Bolsonaro diz que governo não terá como socorrer os necessitados se ‘fechar tudo de novo’

Presidente avalia que o país não tem mais condições de se endividar

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies