Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-04T13:49:37-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Processo envolvendo corrupção

Petrobras provisiona US$ 622 milhões referente à sentença de arbitragem movida pela Vantage

Caso teve origem em um contrato de serviços de perfuração obtido mediante corrupção e que foi revelado pela Operação Lava Jato

7 de fevereiro de 2019
20:38 - atualizado às 13:49
Fachada de prédio da Petrobras, com logo da empresa
Petroleira perdeu o processo em julho de 2018Imagem: Shutterstock

A Petrobras anunciou nesta quinta-feira, 7, que provisionará o valor previsto na sentença do processo movido pelas empresas Vantage Deepwater Company e Vantage Deepwater Drilling Inc. contra a petroleira e suas coligadas. O caso teve origem em um contrato de serviços de perfuração obtido mediante corrupção, conforme revelado pela Operação Lava Jato.

Em 03 de julho de 2018 o Tribunal Arbitral formado por três árbitros decidiu por maioria, com um voto divergente, que a estatal e suas subsidiárias deveriam pagar à Vantage a quantia de US$ 622,02 milhões, acrescida de juros compostos de 15,2% a.a., a título de ressarcimento pela rescisão antecipada do referido contrato e faturas relativas à perfuração de um poço no Golfo do México.

Segundo a Petrobras, o árbitro dissidente se negou a assinar a decisão final e emitiu, por escrito, seu voto divergente e uma objeção à referida sentença arbitral, afirmando que “os procedimentos prévios à audiência, a audiência de mérito e os procedimentos posteriores à audiência que resultaram na emissão da decisão final negaram às rés deste processo as proteções fundamentais que deveriam ser asseguradas às partes em uma arbitragem”, de acordo com a lei aplicável, o United States Federal Arbitration Act (“FAA”).

"Em 31 de agosto de 2018, a Petrobras iniciou ação anulatória da sentença arbitral, inclusive com fundamento no voto divergente acima referido, e segue buscando a anulação da sentença arbitral de forma veemente, em defesa das suas garantias legais. Uma audiência final sobre o caso na Corte Federal do Texas está prevista para 08 de março de 2019. O efeito decorrente deste provisionamento será reconhecido no resultado consolidado do Sistema Petrobras do 4º trimestre de 2018", diz comunicado da empresa.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Ajuste seu relógio

Pregão terá uma hora a mais a partir de novembro; entenda a mudança e veja a nova agenda da bolsa

As alterações começam a valer a partir do dia 8 de novembro; a B3 vai ajustar a bolsa para refletir o fim do horário de verão nos EUA

Nada de penny stock

Na Saraiva (SLED3 e SLED4), uma medida para aliviar a pressão da CVM — mas que não tira a corda do pescoço

A Saraiva (SLED3 e SLED4) quer fazer um grupamento de ações na proporção de 35 para 1, saindo da casa dos centavos — mas perdendo liquidez

Seu Dinheiro no sábado

O que esperar para os seus investimentos até 2024?

Como parte das comemorações de três anos do Seu Dinheiro, montamos um conteúdo especial para discutir o cenário de investimentos até 2024

PAPO CRIPTO #004

Bitcoin (BTC) pode chegar aos US$ 100 mil ainda este ano, tudo depende dos EUA, afirma André Franco ao Papo Cripto

As gamecoins como o Axie Infinity devem movimentar ainda mais o mercado até o final do ano

ATENÇÃO, ACIONISTA

Hapvida (HAPV3) vai recomprar até 100 milhões de ações; papéis acumulam queda de 17% no ano

A operadora de saúde anunciou hoje que dará início a um programa de recompra de papéis com duração de até 18 meses

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies