🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2019-10-14T14:25:21-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo pela Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
Você lembra do Windows Phone?

Bill Gates admite erro que poderia ter mudado a história dos smartphones

Em 2008, em uma reunião de emergência, a Microsoft decidiu remodelar os planos do seu sistema operacional para se adequar. E embora Gates tenha deixado o cargo de CEO em 2000, é provável que o seu conselho tenha sido levando em consideração

24 de junho de 2019
14:10 - atualizado às 14:25
Bill Gates
Bill Gates: bilionário pegou muitos de surpresa ao assumir erroImagem: Shutterstock

Você se lembra do Windows Mobile e do Windows Phone? O ambicioso projeto da Microsoft de criar um sistema operacional para smartphones não foi tão bem sucedido quanto os dos concorrentes Google e Apple e parte da culpa pode ter sido de ninguém mais ninguém menos do que do próprio Bill Gates.

O 2º homem mais rico do mundo e co-fundador da Microsoft andou revisitando os seus tempos na companhia e admitiu ter cometido um dos maiores erros 'de todos os tempos'. Em entrevista ao Village Global,  o bilionário disse que se arrepende de ter perdido a oportunidade de transformar o Windows Phone (uma evolução do Windows Mobile, lançado no início dos anos 2000) da Microsoft no que hoje é o Android do Google.

Para Gates, que hoje utiliza um celular Android, se não fosse um erro de gestão seu hoje a Microsoft poderia ser a empresa líder absoluta do setor de tecnologia e o seu produto teria sido a concorrente natural do iOS. Será que a história dos smartphones poderia ter sido diferente?

Atualmente, o Android é o sistema operacional mais utilizado no mundo e está presente em smartphones e tablets, além de possuir uma interface para TV, carro e relógio de pulso, também sendo utilizado em consoles de videogame, computadores e outros dispositivos.

A gigante da tecnologia Google adquiriu o Android em 2005 por US$ 50 milhões. E segundo declarações feitas em 2012 pelo ex-CEO Eric Schmidt, a ideia já era ganhar a briga em um momento em que o sistema operacional da Microsoft ainda dava os primeiros passos.

Pegou de surpresa

A declaração de Gates pegou muitas pessoas de surpresa. Muitos colocavam a derrota do Windows Phone na conta de Steve Ballmer, já que essa não teria sido a primeira vez que o então CEO da Microsoft teria subestimado o potencial de um concorrente.

Em um episódio marcante, Ballmer chegou a declarar que o iPhone era o telefone mais caro do mundo, mas faltava um atrativo para o consumidor: o teclado. Essa foi mais uma oportunidade perdida para a empresa, já que a era touchscreen ajudou a popularizar os smartphones e o próprio Android.

Em 2008, em uma reunião de emergência, a Microsoft decidiu remodelar os planos do seu sistema operacional para se adequar. E embora Gates tenha deixado o cargo de CEO em 2000, é provável que o seu conselho tenha sido levado em consideração já que continuava atuando no desenvolvimento de softwares na empresa.

O bilionário pode até não ter se envolvido diretamente nas decisões que decidiram o rumo do Windows Phone, mas a sua saída do cargo se deu no momento em que a Microsoft ficou para trás e o sistema operacional do Google despontou como a alternativa ao sistema da Apple.

 

 

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

CONTROLE DE DANOS

Pedro Guimarães entrega carta de demissão a Jair Bolsonaro e rebate acusações de assédio; veja quem o sucederá na presidência da Caixa

Guimarães deixa o cargo em meio a uma investigação do Ministério Público Federal por múltiplas denúncias de assédio sexual

ELEIÇÕES 2022

Bolsonaro foi bloqueado? Entenda porque o governo criou perfis temporários nas redes sociais

Mudança passa a valer a partir do próximo dia de 2 julho e deve durar até o final das eleições marcadas para o mês de outubro

CARREIRA C-LEVEL

Desigualdade no mercado: Mulheres ainda são minoria em cargos de alta liderança

Painel do Young Women Summit, organizado pela Fin4She, discute a importância das mulheres em posições de liderança em grandes empresas

SINAL VERDE

Superintendência do Cade aprova venda de ativos da Unidas (LCAM3) para Grupo Brookfield, e fusão com Localiza (RENT3) fica mais próxima

A Brookfield é dona da Ouro Verde; a venda de veículos fazia parte do acordo firmado entre Localiza (RENT3) e Unidas (LCAM3) com o Cade

AFRO-CRIPTO

Projeto busca incluir comunidade negra no universo das criptomoedas com AfroBit_lab; primeiras turmas receberão bolsa de R$ 1,3 mil

O objetivo é alinhar educação financeira aos mais recentes métodos de pagamento e oportunidades no universo digital, com foco no potencial da população negra

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies