Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-03-08T13:40:44-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Bolsa e dólar hoje

Volatilidade, reforma e Fed: Ibovespa fecha no vermelho

Queda ganhou força assim que investidores viram que a economia que o governo fará com a Previdência ficou perto do mínimo estimado por Guedes

20 de fevereiro de 2019
10:16 - atualizado às 13:40
Selo marca a cobertura de mercados do Seu Dinheiro para o fechamento da Bolsa
Resta saber se o otimismo se sustentará hoje em meio a dúvidas sobre a base de apoio - Imagem: Seu Dinheiro

Depois de um dia com reforma da Previdência e ata do Federal Reserve (o banco central americano) a Bolsa de Valores de São Paulo não resistiu: fechou em forte queda de 1,14%, a 96.544 pontos.

Pela manhã,  abriu no azul e ficou perto de bater o recorde de pontuação de 98.588 (assim que o projeto de reforma da Previdência Social foi entregue aos deputados, em Brasília). Mas o índice ficou instável quando os técnicos do governo começaram a entrevista coletiva para a imprensa e disseram que "quem ganha mais, pagará mais". A volatilidade continuou quando os investidores souberam que a economia que o governo fará com a reforma em dez anos ficou perto do mínimo estimado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. Para completar o dia, veio a ata do Federal Reserve. Aí tudo azedou de vez. Bastou o Fed destacar que a expansão econômica no Brasil foi moderada entre outubro e dezembro do ano passado - após uma breve recuperação nos três meses anteriores, que tudo foi para o vinagre.

Conclusão: o dólar acelerou (e o Ibovespa encolheu) e fechou em alta de 0,43%, a R$ 3,73.

Fed ataca novamente

A divulgação da ata da última reunião do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), alertando que os riscos à economia mundial aumentaram, trouxe volatilidade aos ativos. Em entrevista à rede de TV americana CNN, o vice-presidente do Federal Reserve, Richard Clarida defendeu o aumento nos juros em dezembro e disse que o banco central está próximo das metas de preços e de emprego. Além disso, o vice-presidente do Fed comentou que há cenários em que a autoridade monetária pode não elevar os juros este ano.

Via Varejo

A Via Varejo fechou em baixa de 1,33% depois de a empresa divulgar prejuízo líquido de R$ 279 milhões no quarto trimestre do ano passado, revertendo lucro líquido de R$ 111 milhões em igual intervalo de 2017. No acumulado de 2018, o prejuízo líquido atingiu R$ 267 milhões, ante um lucro líquido de R$ 168 milhões em 2017.

A expectativa média dos analistas apontava para um lucro de R$ 202 milhões da Via Varejo no quarto trimestre, de acordo com dados da Bloomberg. A diferença entre a expectativa e a realidade se deu principalmente pela contabilização de despesas adicionais relacionadas ao processo de reestruturação da varejista.

Marias vão com as outras

Depois de divulgados resultados desfavoráveis da Via Varejo, B2W e Magazine Luiza também passaram a cair. A dona do site Submarino caiu 5,36% e Magalu perdeu 4,22%.

Realizando lucros

Após apresentar lucro líquido acima do esperado por analistas, as ações ON da Engie Brasil lideraram as maiores quedas do Ibovespa, com baixa de 5,62%.

Em relatório, os analistas do BTG apontam que a empresa teve um bom desempenho recentemente, com a ação acumulando ganho de 64% nos últimos seis meses. "Mas apesar do bom conjunto de resultados em 2018 e potencial para novas aquisições, ainda vemos a avaliação atual como excessivamente cara".

Telefônica e Tim

As ações PN de Telefônica fecharam em baixa de 1,81%, enquanto as ordinárias de Tim subiram 2,51%, após a divulgação de balanço trimestral.

Já a Tim registrou aumento no seu faturamento, principalmente com o tráfego de dados, mas o lucro foi impactado por maiores despesas financeiras. Enquanto isso, o Ebitda teve crescimento de 5,6% em igual base de comparação.

CSN em primeiro

A CSN foi o grande destaque dentro do setor siderúrgico hoje, e também a maior alta do Ibovespa, com alta de 3,74%. Outras do mesmo setor também tiveram alta, como Usiminas PNA, com 0,65%, e Gerdau PN, com 1,67%.

Ensino à distância

A Estácio e a Kroton figuraram entre as principais quedas do Ibovespa. Em relatório, o BTG Pactual destaca que o Ministério da Educação (MEC) divulgou nota afirmando que identificou a necessidade de revisar os processos de credenciamento de novos polos de ensino à distância (EAD). A justificativa da pasta é assegurar a qualidade do ensino ofertado diante da rápida expansão do setor, que, ressalta o MEC, cresceu mais de 120% em apenas dois anos. Em 2017, relembram os analistas, o MEC mudou a regulação para facilitar o credenciamento de polos, que, até então, chegava a demorar de 18 a 24 meses. O MEC disse que não descarta a possibilidade de elaboração de novas diretrizes, a criação de novos instrumentos de avaliação e a revisão da legislação atual do ensino à distância. Estácio recuou 5,55% e Kroton caiu 3,80%.

Blue Chips

A Petrobras PN caiu 1,24%. Já a Vale registrou alta de 0,68%. Os bancos, que pela manhã guiavam o índice para cima, arrefeceram, com as ordinárias do Bando do Brasil em baixa de 2,83% e Itaú Unibanco com menos 1,27%. Bradesco encolheu 1,65%.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

SEGURADORA EM APUROS

Vítima de ataque cibernético, Porto Seguro (PSSA3) diz ter restabelecido canais após quase uma semana de instabilidade

Corretores ouvidos pela reportagem disseram que, nos últimos dias, os sistemas da seguradora apresentaram problemas

CRYPTO NEWS

Cotação do bitcoin (BTC) bate recorde histórico — o que fazer com a criptomoeda a partir de agora?

Depois de alguns meses sendo um investimento “ruim”, porque teve 50% de queda, o bitcoin volta a ganhar os holofotes do mercado e as manchetes da mídia especializada

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Auxílio Brasil, recorde do bitcoin, balanço da Tesla e produção da Vale: confira as principais notícias do dia

Com a temporada de balanços americana trazendo resultados animadores, o empurrãozinho em direção a um dia de ganhos poderia ter sido maior, mas não tem como negar que a grande pedra no sapato do investidor brasileiro é o novo programa social pretendido pelo governo federal. O saldo final do pregão de hoje foi positivo, mas […]

Problemas nas refinarias?

Com ameaça de desabastecimento no radar, produção da Petrobras (PETR4) recua 4,1% no 3º trimestre

Antes da divulgação do relatório, a petroleira já havia informado que não teria capacidade para atender, em sua totalidade, os pedidos por fornecimento de combustível em novembro

FECHAMENTO DO DIA

Auxílio Brasil segue pressionando a curva de juros, mas Ibovespa e dólar conseguem alguma recuperação

O Ibovespa bateu na trave, e o Banco Central conseguiu segurar o câmbio, mas a pressão sobre as contas públicas segue castigando a curva de juros

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies