2019-04-03T09:04:41-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
A estrela do dia

Em discurso de Davos, Bolsonaro não deve detalhar reforma da Previdência

Em seu discurso, que deve ocorrer por volta das 12h30 (horário de brasília), Bolsonaro prometeu destacar o “agronegócio do Brasil, sem questões ideológicas”

22 de janeiro de 2019
7:09 - atualizado às 9:04
Presidente Jair Bolsonaro
Presidente Jair Bolsonaro em Davos, na Suíça - Imagem: Alan Santos/PR

Os holofotes já estão apontados ao presidente Jair Bolsonaro, que deve discursar no Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suíça.

Em seu discurso, que deve ocorrer por volta das 12h30 (horário de brasília), Bolsonaro prometeu destacar o "agronegócio do Brasil, sem questões ideológicas" e sem preconceitos, não excluindo possibilidades de negociações com a China.

Segundo Eduardo Bolsonaro, filho e deputado que acompanha o presidente, a reforma da Previdência não será detalhada o discurso.

Questionado sobre o fato de muitos investidores estrangeiros argumentam que precisam saber como será o comprometimento do governo com essa reforma para aplicarem recursos no Brasil.

"Todos sabem que a Previdência está nos planos. Eles estão estudando, etc e tal, mas isso é para apresentar lá no Brasil", disse, explicando que nem sobre datas deverá haver alguma informação hoje.

Já o presidente em exercício, Hamilton Mourão, afirmou que o discurso de Bolsonaro em Davos vai ter como alvo diminuir resistências em relação à imagem do brasileiro.

Para ele, Bolsonaro vai mostrar que é "um brasileiro".

"O discurso do presidente vai ser em cima das reformas da área econômica, especialmente da reforma da Previdência", disse Mourão ao deixar o Palácio do Planalto. Mourão afirmou também que a proposta de reforma da Previdência deverá ser apresentada pelo governo só depois das eleições da Câmara e do Senado.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

NOVO MODELO DE NEGÓCIOS

Varejo adota ‘loja-contêiner’ para fugir dos custos de shoppings e aluguéis; conheça o que são os estabelecimentos modulares

A estreante no formato é a Chilli Beans, de óculos de sol. “Acho que não teria uma Eco Chilli se não houvesse pandemia”, afirma o CEO, Caito Maia

NÃO MEXE NO MEU QUEIJO

Membros do mercado financeiro defendem Lei das Estatais em documento enviado ao ao Congresso; revogação seria ‘retrocesso’

O texto também cita o relatório de 2020 em que a OCDE afirma que a Lei das Estatais deixou os conselhos de empresas públicas mais independentes de interferências

NESTA SEGUNDA-FEIRA

Governador de São Paulo fará coletiva nesta segunda-feira após Bolsonaro aprovar isenção do ICMS sem garantia de compensação aos estados

O presidente da República vetou o fundo de ajuda aos estados após sancionar o teto do imposto estadual

SEU DOMINGO EM CRIPTO

‘Compre na baixa’ anima e bitcoin (BTC) busca os US$ 22 mil; criptomoedas aguardam semana de olho no Fed

Entre os destaques da próxima semana estão o avanço dos juros nos Estados Unidos e um possível default da Rússia

DE OLHO NO FUTURO

Goldman Sachs quer entrar no mundo da ‘renda fixa’ em criptomoedas e lidera grupo para comprar a Celsius por US$ 2 bilhões

O staking vem crescendo nos últimos meses e é motivo de certa preocupação após o caso da Celsius — e o banco de Wall Street quer um pedaço dele

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies