Menu
2019-10-21T13:22:54-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Game of thrones do PSL

Delegado Waldir diz que abre mão da liderança do PSL na Câmara

“Já estarei à disposição do novo líder para de forma transparente passar para ele toda a liderança do PSL, queria agradecer aos parlamentares que confiaram nesse nosso projeto e dizer que não sou subordinado a nenhum governador e nenhum presidente, mas sim ao meu eleitor”, disse Waldir.

21 de outubro de 2019
13:04 - atualizado às 13:22
Eduardo Bolsonaro
Eduardo Bolsonaro - Imagem: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agencia Brasil

Em um vídeo divulgado na manhã desta segunda-feira (21) o deputado Delegado Waldir (PSL-GO), disse que "aceita democraticamente lista feita por parlamentares" e que o partido irá retirar a ação de suspensão de cinco parlamentares do PSL.

Mais cedo, o líder do governo na Câmara, deputado Vitor Hugo (PSL-GO), apresentou uma nova lista para tentar nomear o deputado Eduardo Bolsonaro (SP) como líder da bancada. O documento, segundo nota divulgada pela assessoria da liderança do governo, tem 29 assinaturas. O site da Câmara já aponta o nome de Eduardo Bolsonaro como novo líder da bancada do PSL.

"Já estarei à disposição do novo líder para de forma transparente passar para ele toda a liderança do PSL, queria agradecer aos parlamentares que confiaram nesse nosso projeto e dizer que não sou subordinado a nenhum governador e nenhum presidente, mas sim ao meu eleitor", disse Waldir no vídeo.

"Nós não rasgamos a Constituição ainda. A Constituição prevê que o Executivo não deve interferir no parlamento em nenhuma ação", disse.

Disputa

Na semana passada, uma disputa de listas acabou com uma derrota para o grupo ligado a Bolsonaro e o Delegado Waldir foi mantido no posto.

A lista de Vitor Hugo tem dois nomes que, na semana passada, estavam apenas no documento que pedia o Delegado Waldir na liderança. Um deles é o deputado Marcelo Brum (RS).

Na semana passada, Brum divulgou vídeo ao lado de Eduardo Bolsonaro e Vitor Hugo dizendo que estava corroborando para que o filho do presidente Jair Bolsonaro assumisse a liderança da bancada. "Eu estou na política pelo Jair Bolsonaro", disse Brum.

Outro nome que "mudou de lado", é do deputado Daniel Freitas (SC). Ao Broadcast Político, Freitas disse que havia assinado à lista de Waldir há duas semanas, antes da crise do partido implodir e ressalta sua fidelidade ao presidente Jair Bolsonaro. "Estou protocolando um requerimento na Câmara, solicitando a não validade do meu nome na lista para Waldir como líder", afirmou.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Orçamento em foco

Presidente da Câmara defende a desvinculação total do orçamento

Arthur Lira (PP-AL) rejeita tese segundo a qual desvinculação deixaria setores essenciais sem recursos

Liminar

Tribunal de Contas de São Paulo suspende leilão de linhas da CPTM

Leilão estava previsto para a próxima terça-feira

Contra a pandemia

Câmara dos EUA aprova pacote de US$ 1,9 trilhão

Projeto de lei segue agora para o Senado

IPO registrado

Rio Branco Alimentos protocola pedido de registro de oferta pública de ações

Oferta será primária e terá como coordenador-líder o Citi, além da coordenação do Bank of America Merril Lynch e do BTG Pactual

Boleto salgado

Aneel mantém bandeira amarela em março; conta de luz continua com taxa adicional

É o terceiro mês consecutivo que o órgão regulador aciona bandeira neste patamar

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies