Menu
2019-09-16T10:30:12-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
mudança de planos?

Após ataques, IPO da Saudi Aramco pode ser adiado

Empresa pretende vender uma fatia na bolsa local e, posteriormente, realizar uma listagem internacional de ações

16 de setembro de 2019
10:29 - atualizado às 10:30
Central da Aramco, na cidade de Dammam, na Arábia Saudita.
Central da Aramco, na cidade de Dammam, na Arábia Saudita. - Imagem: Shutterstock

Autoridades da Arábia Saudita consideram a possibilidade de adiar a oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) de ações da Saudi Aramco, segundo pessoas com conhecimento do assunto.

A estatal sofreu ataques neste final de semana as suas instalações. O atentado, feito à refinaria de Abqaiq, interrompeu a produção de 5,7 milhões de barris diários de petróleo.

Ontem, circularam informações de que a estatal planejava retomar um terço da produção até esta segunda-feira. Além de normalizar a oferta nos próximos dias, com o uso de petróleo estocado e de outras instalações.

Mas a refinaria em si sofreu graves danos e a retomada total das operações poderá exigir semanas, dizem as fontes.

A Saudi Aramco pretende lançar o IPO em duas partes, com a venda de uma fatia na bolsa local e, posteriormente, com uma listagem internacional de ações, afirmam as fontes.

*Com Estadão Conteúdo e Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Após vacinação e apoio fiscal

Economia dos EUA está “em ponto de inflexão” positivo, diz Powell, do Fed

Economia norte-americana está prestes a começar a crescer muito mais rapidamente, afirmou presidente do banco central norte-americano em entrevista

nos estados unidos

Remuneração de CEOs cresceu em meio à pandemia

Recuperação do mercado de ações impulsionou ganhos de executivos em 2020, que tiveram remuneração média de US$ 13,7 mi no período

Após estremecimentos

China quer parceria estratégia com Brasil, diz chanceler asiático

Chanceler chinês, Wang Yi, falou com o novo ministro das Relações Exteriores do Brasil, Carlos Alberto Franco França.

entrevista

Bittar reafirma que Guedes sabia de acordo para destinar verba a emendas

Apontado como um dos artífices da “maquiagem” no Orçamento, o senador Marcio Bittar diz que não chegou sozinho ao valor de R$ 29 bilhões em emendas

Apesar da pandemia

Saúde perde espaço em emendas parlamentares

Números mostram estratégia dos parlamentares para destinar recursos para obras e projetos de interesse eleitoral em seus redutos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies