Menu
2019-07-22T16:35:57-03:00
Estadão Conteúdo
O futuro da telefonia

Leilão de frequências da telefonia 5G deve movimentar R$ 20 bi

Ideia é que o 5G, que pode revolucionar a indústria e as relações entre consumidores e máquinas, esteja disponível nas grandes capitais a partir de 2021

22 de julho de 2019
11:41 - atualizado às 16:35
Tecnologia 5G
Imagem: Shutterstock

Previsto para março de 2020, o leilão de frequências para a quinta geração da telefonia celular (5G) deve movimentar cerca R$ 20 bilhões, segundo o conselheiro da Anatel Vicente Aquino, relator do edital no órgão regulador. Desse total, R$ 10 bilhões devem ir para o caixa do governo.

Em entrevista ao Estadão/Broadcast, Aquino explica que, quanto mais obrigações de investimento para cumprimento de políticas públicas forem colocadas para as empresas, como cobertura em áreas mais afastadas, menor será a arrecadação.

Um dos problemas que devem ser tratados no edital do leilão é o das antenas parabólicas, presentes em 19 milhões de casas e que sofrem interferência de sinal na faixa de 5G.

Aquino defende que o edital preveja uma solução para que essas residências não fiquem sem sinal de TV. A proposta para a próxima geração da infraestrutura de dados móveis foi colocada em audiência pública neste mês.

A ideia é que o 5G, que pode revolucionar a indústria e as relações entre consumidores e máquinas, esteja disponível nas grandes capitais a partir de 2021.

A data para o leilão do 5G já está marcada?

O edital do leilão tem uma previsão, mas é apenas uma previsão ainda, para março do ano que vem. Acho que ele pode atrasar um pouquinho, mas muito pouco. Sou o relator do processo, e a área técnica da agência propôs uma minuta de edital para ser discutido e submetido a uma consulta pública. Estou discutindo essa minuta com os segmentos interessados, como operadoras, além de entrantes e outras empresas que têm interesse no ramo.

Quanto o governo deve arrecadar com esse leilão?

Evidentemente, não temos uma precisão absoluta. Mas as estimativas ficam em torno de R$ 20 bilhões.

Esse seria o valor da outorga pelo uso das faixas ou já considera as obrigações de investimento e cobertura, que reduzem a arrecadação?

O valor compreende outorga e compromissos. Eu jogaria em meio a meio (metade outorga, metade compromissos).

O que o 5G vai trazer de mudanças na vida dos usuários?

A tecnologia de quinta geração não é apenas uma evolução do 4G, mas uma proposta que vai além do simples aumento de capacidade, velocidade e vazão de dados. Eu chamaria o 5G de quarta revolução industrial. A banda larga móvel terá altíssimas velocidades. A nossa vida vai mudar completamente. Vamos ter cidades digitais. A indústria vai se modernizar, o PIB vai crescer. No serviço público, os hospitais vão ganhar muito com cirurgias que poderão ser feitas à distância, por conta da alta confiabilidade das redes. Teremos veículos autoguiados, trens, ônibus. Supermercados e clínicas conectados. O 5G vai inserir o ser humano na sociedade digital, em que tudo vai funcionar de forma interligada. Não tem nada ruim. Nossa história vai ser antes e depois do 5G.

Quando a população terá acesso a essa tecnologia?

Num primeiro momento, o 5G vai alcançar os grandes centros urbanos a partir de 2021. Esperamos que, em três anos, ele comece a chegar nos lugares um pouco mais distantes.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

pacote comercial

Brasil e EUA assinam acordo para facilitar comércio e desburocratizar regulação

O Acordo de Comércio e Cooperação Econômica vinha sendo negociado pelos dois países desde 2011, mas estava em hibernação até a eleição do presidente Jair Bolsonaro

Relatório de produção

Vale: Produção de minério vai a 88,676 milhões/toneladas, alta anual de 2,3%

No relatório que divulgou nesta segunda-feira, 19, a companhia informa que está evoluindo com seu plano de estabilização e entregou uma forte produção de minério de ferro no terceiro trimestre.

Buscando eficiência

Infraestrutura anuncia início do plano de incorporação da Valec e EPL

Segundo a pasta, um dos principais objetivos da incorporação é “otimizar os gastos por meio de uma empresa mais enxuta, eficiente e sustentável”.

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Segurando o teto

Hoje foi dia de descolamento entre o Ibovespa e as bolsas americanas novamente. E tudo por causa dos impasses que vêm pesando sobre as perspectivas dos investidores nos últimos tempos. Mas desta vez o jogo virou. Foi a bolsa brasileira que se saiu bem, enquanto as bolsas americanas amargaram perdas. Lá fora, o vaivém das […]

Agora vai?

Agora é oficial: CSN entra com pedido de IPO da unidade de mineração

A abertura de capital da unidade da CSN que inclui a mina Casa de Pedra é aguardada há pelo menos uma década, a ponto de ganhar status de lenda urbana no mercado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies