⚽️ Brasil e Portugal jogam para se evitar nas oitavas-de-final; veja os jogos de hoje na Copa do Mundo

Cotações por TradingView
2019-04-05T15:45:38-03:00
Estadão Conteúdo
Falta gás no mercado

Menos de um quarto da indústria em SP buscará crédito em 2019, mostra Fiesp

Entre as empresas que pretendem levantar dinheiro, os recursos devem ser destinados mais ao capital de giro do que para investimentos

15 de março de 2019
14:42 - atualizado às 15:45
Produção industrial
Levantamento da Fiesp foi feito no fim do ano passado e ouviu 513 empresasImagem: José Patricio/Estadão Conteúdo

Uma pesquisa inédita feita pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e divulgada nesta sexta-feira, 15, aponta que menos de um quarto das empresas paulistas pretende buscar crédito em 2019.

Entre elas, a necessidade de recursos é maior para capital de giro do que para investimento. Das que não decidiram se vão demandar crédito este ano, a maioria aguarda melhora da economia.

O levantamento foi feito no fim do ano passado e ouviu 513 empresas. Do total, 24,1% afirmaram que devem procurar financiamento em 2019. As que não devem recorrer ao crédito são maioria, com 45,1% de participação. Os que ainda não sabem somam 27,7%. Os demais, 3,1%, não responderam.

O capital de giro é a maior necessidade daqueles que devem recorrer a recursos de instituições financeiras em 2019, sendo citado por 59,2% dessas empresas, que puderam responder mais de uma necessidade. A busca de crédito para financiar investimentos aparece na segunda posição, com 49,6% de menções. Também estão em destaque o pagamento ou a renegociação de dívidas, com 28,8%, e o financiamento de exportações, com 5,6%.

A pesquisa mostra também que 67,2% das empresas que buscarão crédito recorrerão a bancos comerciais tradicionais e 56% devem recorrer ao BNDES. As cooperativas de crédito foram citadas por 12,8% dos entrevistados, mesmo nível de menções para investidores.

Das empresas que não pretendem buscar crédito este ano, a maioria (62%) justificou a decisão afirmando que só utiliza recursos próprios. Outra parcela, de 31,2%, não acredita que terá necessidade de financiar capital de giro nem investimentos em 2019.

Entre aqueles que ainda não se decidiram, o principal motivo é a espera pela melhora do cenário econômico. Essa justificativa foi mencionada por 62,5% das empresas indecisas.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

COPA DO MUNDO

B3: Bolsa brasileira funcionará normalmente durante jogo da Seleção contra Camarões na Copa do Mundo do Catar

2 de dezembro de 2022 - 15:07

Os jogos da primeira fase de disputa do torneio do Qatar já têm os horários definidos. A estreia da seleção será no dia 24 de novembro (quarta-feira), às 16h, contra a equipe da Sérvia

POLÍTICA COMO ATIVO

Governo da Flórida resgata US$ 2 bilhões de fundos da BlackRock — saiba por quê

2 de dezembro de 2022 - 14:39

O Estado americano venderá US$ 1,4 bilhão em títulos de longo prazo e US$ 600 milhões em fundos de curto prazo da BlackRock; as operações devem ser realizadas até o início de 2023.

E AGORA, FED?

Vai se criando um clima terrível! Alegria dura pouco e Wall Street desaba após dado de emprego forte; entenda o que está em jogo

2 de dezembro de 2022 - 13:34

O presidente do Fed, Jerome Powell, animou os mercados na quarta-feira (30) ao reafirmar o compromisso com um ritmo mais brando de elevação da taxa básica, mas o payroll de hoje colocou de volta em campo a chance de outro aperto mais agressivo

SEMANA EM CRIPTO

Após vaivém, bitcoin (BTC) termina semana em leve alta e volatilidade domina os últimos dias; criptomoedas devem oscilar ainda mais na próxima semana

2 de dezembro de 2022 - 13:26

Entre os destaques da semana estão a aprovação da lei de criptomoedas no Brasil e o pedido de falência da BlockFi

NA TERRA DO TIO SAM

Só o filé: JBS (JBSS3) compra empresa norte-americana TriOak Foods e amplia presença nos EUA; ações disparam na B3

2 de dezembro de 2022 - 12:38

Compradora exclusiva dos suínos da produtora desde 2017, a aquisição fortalece a capacidade da JBS de fornecer produtos suínos de alta qualidade aos consumidores dos EUA

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies