🔴 CHANCE DE MULTIPLICAR O SEU CAPITAL POR 7,5X COM 1 CLIQUE – CONHEÇA A FERRAMENTA

Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Vídeo

5 estratégias para driblar o Leão e fugir do imposto de renda

Não estranhe, todas elas são perfeitamente legais! Conheça algumas regras que permitem a você pagar menos imposto de renda ao investir, vender bens e declarar o IR.

Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
12 de abril de 2019
5:30 - atualizado às 10:44

Em um país de carga tributária tão alta, qualquer maneira legal de reduzir um pouco o imposto de renda a pagar é mais do que bem-vinda. Existe uma série de regras no Brasil que permitem ao contribuinte pessoa física ficar isento ou pagar menos IR. No vídeo a seguir eu abordo algumas delas:

Confira a seguir a transcrição do vídeo sobre as estratégias para driblar o Leão e fugir do imposto de renda

Pagar menos imposto, quem não quer, não é mesmo? Se um governante quiser falar ao coração dos brasileiros, basta nos isentar de algum imposto. E não é por menos: a carga tributária no Brasil realmente não é modesta.

Mas você sabia que existem algumas maneiras de driblar o Leão e pagar menos imposto de renda? Não precisa arregalar o olho: eu estou falando de métodos totalmente legais, aquilo que chamamos de planejamento tributário. Nesse vídeo eu vou te contar cinco estratégias para você escapar da mordida do Leão.

1 - Aproveite os investimentos isentos de imposto de renda

E não estou falando só da caderneta de poupança. Tem vários deles no Brasil acessíveis às pessoas físicas. LCI, LCA, debêntures incentivadas e fundos de debêntures incentivadas são só alguns exemplos.

Outros que são muito populares entre os pequenos investidores são os fundos imobiliários, que investem em imóveis de alto padrão e títulos de renda fixa ligados ao mercado imobiliário.

A venda das cotas desses fundos com lucro é tributada em 20%, mas os rendimentos mensais que eles distribuem são isentos de IR. Dá para viver de renda com um investimento desse.

2 - Invista em ações com inteligência

Quem investe na bolsa por conta própria fica isento de IR sobre os ganhos com a venda de ações no mercado à vista sempre que o valor da venda não ultrapassar R$ 20 mil por mês.

Isso quer dizer que se você sempre vender menos que R$ 20 mil por mês quando for realizar seu lucro com ações, você vai sempre ficar isento de IR. Receber dividendos também é uma boa nesse caso, porque eles são isentos de imposto de renda no Brasil.

3 - Se possível, venda seu imóvel por menos de R$ 440 mil.

Pode parecer engraçado esse número cabalístico. Mas é que, se você vender um imóvel com lucro por menos que esse valor, você fica isento de imposto de renda sobre o ganho. Mas atenção: essa regra só é válida se ele for o seu único imóvel e você não tiver vendido outro imóvel nos últimos cinco anos.

Caso você seja dono desse imóvel junto com outras pessoas em condomínio, ele pode até ser vendido por um valor maior, desde que a sua parte não ultrapasse os R$ 440 mil.

4 -  Se vender um imóvel residencial com lucro, use o dinheiro da venda para comprar outro dentro de 180 dias.

Isso corresponde a um prazo de mais ou menos seis meses a partir da data do contrato de venda. Se você lançar mão dessa estratégia, seu ganho de capital não vai ser tributado. Essa isenção também só vale uma vez a cada cinco anos.

O problema é que se você não usar toda a grana da venda para comprar outros imóveis residenciais, a fatia correspondente ao ganho de capital do dinheiro que sobrou vai ser tributada em 15%.

5 - Aproveite as deduções na declaração de imposto de renda.

Você pode deduzir gastos com saúde, educação, contribuições para previdência privada, dependentes, INSS de empregado doméstico, taxa de corretagem e administração imobiliária, honorários pagos a certos tipos de profissionais liberais e até algumas doações filantrópicas.

Se você tiver muitas deduções, a declaração completa se torna mais vantajosa que a simplificada e você reduz ainda mais o seu imposto devido.

Gostou do vídeo? Então assina o canal do Seu Dinheiro no YouTube e clica no sininho para receber as nossas notificações. E pode deixar dúvidas e ideias para outros vídeos nos comentários.

Compartilhe

Chegou a sua vez?

Receita Federal abre nesta quarta-feira (24) consulta ao quarto lote de restituição do imposto de renda; veja como conferir se você será contemplado

24 de agosto de 2022 - 6:00

Penúltimo lote de restituição abarca contribuintes que entregaram a declaração até 30 de maio; pagamento será feito dia 31 de agosto

Seu Dinheiro

POR MAIS DÓLARES Estrangeiro pode ganhar isenção de IR para investir em debêntures no país

20 de julho de 2022 - 11:42

Expectativa é de que projeto ganhe fôlego no Congresso ao término do recesso parlamentar iniciado na segunda-feira

Alívio no bolso

STF proibiu cobrança de imposto de renda sobre pensão alimentícia; já devo parar de recolher carnê-leão?

1 de julho de 2022 - 7:06

No início de junho, os ministros do Supremo consideraram a tributação das pensões inconstitucional; saiba o que fazer caso você seja o responsável por recolher o IR sobre esse tipo de rendimento

Novidade boa

Conheça o projeto no Congresso que pode mudar (para melhor) o investimento em previdência privada

24 de junho de 2022 - 6:30

Projeto de Lei permite a participante de plano de previdência optar pela tabela de imposto de renda mais vantajosa para si até o momento de começar a resgatar ou receber renda; hoje, escolha só é possível após contratação do plano ou portabilidade

Chegou a sua vez?

Receita Federal libera nesta quinta consulta ao segundo lote de restituição do IR; veja se você será contemplado

23 de junho de 2022 - 6:00

Depósito dos valores será feito no dia 30 de junho. Veja como fazer a consulta

IR 2022

Caiu na malha fina? Veja como regularizar a situação

3 de junho de 2022 - 7:30

Saiba como regularizar a sua situação junto a Receita Federal caso a sua declaração apresente informações inconsistentes e caia na malha fina do imposto de renda

IR 2022

Perdeu o prazo para declarar o imposto de renda 2022? Saiba o que fazer

1 de junho de 2022 - 6:30

Fim do prazo oficial para o envio da sua declaração do imposto de renda 2022 foi no dia 31 de maio. Saiba como acertar as contas com o Leão agora e pagar a multa por atraso

IR 2022

Deixou para a última hora? Confira o guia rápido para declarar o IR 2022 e não perder o prazo

30 de maio de 2022 - 6:30

Deixou para a última hora? Veja como agilizar o preenchimento da declaração para evitar multa

IR 2022

Reta final do IR 2022: o que acontece se eu não declarar o imposto de renda?

26 de maio de 2022 - 6:30

Prazo para entregar a declaração de imposto de renda 2022 termina na próxima terça-feira (31). Acha que não vai dar tempo? Veja o que pode acontecer com quem não entrega a declaração

IR 2022

A Receita Federal não foi boazinha ao ampliar o prazo de entrega da declaração de IR até 31 de maio; ela apenas arrumou um jeito de te pagar menos. Entenda

24 de maio de 2022 - 7:00

Restituições serão menores do que se o prazo original, com término em abril, tivesse sido mantido

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar