Menu
Imposto de Renda 2019
2020-03-25T12:29:06-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Começou!

Por que vale a pena correr para entregar a declaração de imposto de renda em 2019

Prazo de entrega da declaração de imposto de renda 2019 começa nesta quinta (07) e, mais do que nunca, vale a pena se apressar (só não vá errar!). Entenda por quê

7 de março de 2019
5:30 - atualizado às 12:29
Corredor preparado para a largada
Quanto antes você entregar a declaração, mais cedo vai receber a restituição. Imagem: Dean Drobot/Shutterstock

Passado o Carnaval, é hora de o brasileiro se haver com outra data importante. Começa nesta quinta-feira (07) o prazo para a entrega da declaração de IR 2019. Os contribuintes já podem baixar o programa da declaração no site da Receita e têm até as 23h59 do dia 30 de abril para prestar contas ao Leão.

Eu bem sei que o brasileiro gosta de deixar tudo para a última hora e, com o imposto de renda, não é diferente. Os jornalistas que cobrem economia bem sabem: a audiência das matérias sobre imposto de renda só começa a bombar mesmo nas duas últimas semanas de abril.

  • Os segredos do IR: Sabia que você pode estar deixando dinheiro na mesa na hora de declarar o imposto de renda? Saiba mais.

Mas neste ano, mais do que em qualquer outro, vale a pena se apressar para entregar a declaração de IR o mais rápido possível. Pelo menos no caso de quem deve ter imposto a restituir.

É que as restituições são pagas na ordem de processamento das declarações. Este, por sua vez, segue a ordem de entrega do documento à Receita Federal. Quanto antes você entregar a sua declaração de IR, mais cedo você vai receber a sua restituição.

E por que isso é mais vantajoso em 2019 do que foi em qualquer outro ano? Porque até os contribuintes serem restituídos, os valores das suas respectivas restituições são corrigidos pela Selic, a taxa básica de juros. E ela nunca esteve tão baixa.

Hoje, a meta da Selic, estabelecida pelo Banco Central, está em 6,50% ao ano, o menor juro básico da nossa história. E, por ora, o mercado espera que a taxa se mantenha neste patamar até o fim do ano.

Se você deixar para entregar a declaração de IR na última hora, só vai receber a sua restituição lá para o fim do ano. Até lá, os recursos só serão corrigidos por essa Selic baixinha.

Mas se você correr para entregar a declaração cedo, vai receber a restituição logo nos primeiros lotes.

Assim, será possível investi-la em uma aplicação financeira com potencial de render mais do que a Selic, como um bom fundo de renda fixa, um bom multimercado, um título de renda fixa que renda mais que 100% do CDI ou mesmo em aplicações com mais risco, como ações e fundos de ações.

Eu mesma vou aproveitar o próximo fim de semana para adiantar a minha declaração.

Só não vale errar na declaração de IR!

Apenas tome cuidado para não ter pressa demais na hora de declarar e acabar errando. Certifique-se de que você tem em mãos todos os informes de rendimentos, recibos e notas fiscais necessários e siga-os com bastante atenção. Nesta outra matéria eu falo sobre quais informes de rendimentos você precisa ter recebido para declarar o imposto de renda.

Essa recomendação é importante porque, caso você precise corrigir alguma informação mais para frente, a declaração retificadora irá substituir integralmente a original.

Em outras palavras, ao entregar uma declaração retificadora você volta para o fim da fila, e a data que passa a valer para o processamento da declaração e consequente restituição é a data de entrega da retificadora.

Calendário das restituições de imposto de renda 2019

A Receita Federal já divulgou o calendário com as datas das restituições de imposto de renda 2019.

Lembre-se de que o primeiro lote é quase todo destinado às prioridades definidas por Lei, como idosos e pessoas com doenças graves. Se não for o seu caso e você declarar logo no início do prazo, sua restituição deve cair na conta já em julho.

Calendário das restituições de imposto de renda 2019

Saiba tudo sobre como declarar imposto de renda.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Pesquisa da FGV

Presente mais caro: inflação do Dia das Mães é a maior dos últimos quatro anos

Levantamento da FGV mostra que a inflação no Dia das Mães é a maior desde 2017; eletrodomésticos e passagens aéreas tiveram maiores saltos

Expansão

SPX Capital assume operações do Carlyle no país

As operações do Carlyle no Brasil serão absrovidas pela SPX Capital. Com isso, a gestora de Rogério Xavier se expande em private equity

ESTRADA DO FUTURO

Um pé no abismo e outro na casca de banana: como identificar ações de empresas decadentes

Excesso de otimismo, planos mirabolantes e desprezo pela inovação estão entre as receitas para uma empresa falhar, segundo o gestor que se dedicou a descobrir empresas terríveis

Novo competidor

Grupo catarinense que fatura R$ 8,8 bi vai abrir 1º atacarejo no estado de SP

O Grupo Pereira vai abrir uma unidade da Fort Atacadista, sua bandeira de atacarejo, na cidade de Jundiaí; forte competição em SP é desafio

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies