Menu
Imposto de Renda 2019
2019-04-26T17:49:45-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
Cursando jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
IR 2019

Como declarar plano de saúde no imposto de renda

Gastos com plano de saúde individual, familiar ou empresarial são dedutíveis da base de cálculo do imposto e devem ser informados. É possível também deduzir gastos com planos de dependentes e alimentandos

3 de abril de 2019
5:30 - atualizado às 17:49
Imposto de Renda 2019 - IR 2019 - Leão
Imagem: Pomb

Quando o contribuinte opta pela declaração completa do imposto de renda, os gastos médicos e com planos de saúde, seja por contratação individual, familiar ou plano com coparticipação, são dedutíveis da base de cálculo do IR. Mas, é preciso prestar atenção às regras específicas de cada caso. Veja a seguir como declarar plano de saúde no imposto de renda 2019.

Como declarar plano de saúde no imposto de renda 2019

Os gastos com plano de saúde devem ser informados na ficha Pagamentos Efetuados, sob o código 26. Informe o CNPJ e o nome da operadora, o valor pago e a parcela que foi reembolsada e não é dedutível. Informe, ainda, se os gastos foram feitos com o seu próprio plano de saúde, o de um dependente ou de um alimentando.

Siga as instruções do informe de rendimentos entregue pela operadora do plano ou pelo seu empregador, no caso de um plano corporativo. Caso seu empregador pague integralmente seu plano de saúde, e nenhuma parcela saia do seu bolso, você não precisa declarar gastos com o plano.

Para facilitar a vida do contribuinte na hora da declaração, o programa do imposto de renda 2019 permite que o informe enviado pelas operadoras de plano de saúde seja importado, agilizando o preenchimento. Basta selecionar o botão “importar arquivo do plano de saúde” na ficha Pagamentos Efetuados.

No caso de planos empresariais e de coparticipação, quando o titular é responsável somente por parte do valor total, a parcela dedutível é apenas aquela que efetivamente saiu do bolso do contribuinte. O valor de responsabilidade de terceiros deve ser subtraído antes do lançamento na ficha.

Os valores reembolsados em consultas médicas e exames não são dedutíveis do imposto de renda 2019. Por esta razão, estes valores não devem constar no item referente ao plano de saúde, mas sim naquele referente ao procedimento em si (confira a tabela abaixo), também na ficha de Pagamentos Efetuados. Você deverá declarar as informações do prestador de serviço (nome e CPF ou CNPJ), o valor total no campo "valor pago" e a parcela reembolsada em "parcela não dedutível/valor reembolsado".

Todas as despesas dedutíveis declaradas precisam ser comprovadas por recibo, nota fiscal ou informe de rendimentos. Para evitar problemas, guarde os comprovantes por, no mínimo, cinco anos a partir de 1º de janeiro do ano seguinte ao do processamento da sua declaração. Assim, se a declaração for processada ainda em 2019 (o que deverá ocorrer caso você não caia na malha fina), o prazo começa a contar a partir de 1º de janeiro de 2020.

Uma observação sobre dependentes e alimentandos

Você pode deduzir os gastos com plano de saúde e outras despesas com saúde de dependentes e alimentandos. Basta indicar, no item da ficha Pagamentos Efetuados, com quem foi feito o gasto, no campo "despesa realizada com". Para isso, você deverá já ter cadastrado a pessoa na ficha Dependentes ou Alimentandos, conforme o caso. Lembrando que, a partir deste ano, é preciso informar o CPF de todos os dependentes e alimentandos declarados, independentemente da idade. Veja como tirar CPF de menor de idade.

Nessa parte, porém, costumam acontecer alguns erros que podem levar o contribuinte à malha fina. Pode ser que nem todos os seus dependentes no plano de saúde sejam seus dependentes na declaração de imposto de renda, por exemplo. Ou ainda, que você pague o plano de saúde de algum parente que não seja seu dependente na declaração. É o caso, por exemplo, de cônjuges, pais ou filhos que sejam seus dependentes no plano, mas apresentem declaração em separado.

Saiba quem pode ser seu dependente na declaração de IR e como declará-los no imposto de renda 2019.

Segundo Alexandre Pantoja, advogado tributarista, apenas os gastos feitos com plano de saúde de pessoas que sejam suas dependentes na declaração podem ser lançados. Gastos de plano de saúde feitos em nome de pessoas que não sejam seus dependentes na declaração devem ser subtraídos do valor declarado.

Já no caso dos alimentandos, os gastos com educação e saúde, incluindo o plano, só são dedutíveis caso tenham sido estabelecidos em decisão judicial ou escritura pública.

Saiba tudo sobre como declarar imposto de renda.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

O cliente voltou

EUA retomam importação de carne in natura do Brasil

Até o momento, os americanos vinham comprando apenas carne enlatada do Brasil

Mudou de vez

Grupo Pão de Açúcar conclui migração para o Novo Mercado da B3 e ações PN deixarão de ser negociadas

Empresa anunciou ainda o início da negociação de ADRs na Bolsa de Valores de Nova York

Enfim, a decisão

Azul fecha acordo para a compra da TwoFlex por R$ 123 milhões

Proposta já havia sido comunicada ao mercado em 14 de janeiro deste ano, mas só agora foi definida

Seu Dinheiro na sua noite

Mamãe eu quero, mamãe eu quero dólar…

Quem me acompanha há algum tempo aqui na newsletter já deve me conhecer o suficiente para não se chocar com a revelação que vou fazer a seguir: eu não sou um grande fã de Carnaval. Mas se você curte sair nos blocos que vão invadir as ruas da cidade e fazer outras estripulias nos próximos […]

De olho no comércio

Procon vê irregularidades em fixação de preço nas lojas da Swift, da JBS

Produtos apresentavam apenas o valor do quilo, obrigando consumidor a fazer cálculos para saber quanto custa cada peça

Recorde atrás de recorde

Dólar sobe pelo quinto dia, cruza pela primeira vez os R$ 4,40 e avança mais de 2% na semana

Pressionado pela aversão ao risco no exterior e pela cautela com o cenário político doméstico, o dólar à vista atingiu novas máximas na semana e rompeu a barreira dos R$ 4,40 no momento de maior tensão. O Ibovespa também teve uma semana de maior estresse, recuando 0,61% desde segunda-feira

Enfim, consenso

Petrobras sela acordo com funcionários e põe fim à greve que durou 20 dias

Acordo foi possível após reunião de conciliação que começou na manhã desta sexta-feira

ONDE INVESTIR

Vale a pena investir em Ações Microcaps?

Max Bohm explica por que ele acredita que comprar as pequenas notáveis da bolsa é o melhor investimento do mundo.

Epidemia mundial

Coronavírus aumenta impacto sobre produção do setor eletroeletrônico, diz Abinee

57% das empresas associadas já enfrentam problemas no recebimento de materiais, componentes e insumos

Texto pronto!

Bolsonaro assina proposta de reforma administrativa que enviará após o carnaval

Presidente retirou do texto analisado a proibição ao servidor público de se filiar a partido político

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements