Menu
2019-06-07T17:13:00-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
Complicou de vez!

Lista negra: nada de Facebook, Whatsapp e Instagram nos celulares da Huawei

Com isso, os novos celulares da companhia não virão mais com tais aplicativos pré-instalados. A medida só não irá afetar quem já possui celulares da marca

7 de junho de 2019
17:13
Loja da Huawei
Imagem: Shutterstock

E não são só as sanções que Trump de aumento da tarifação sobre produtos da China que vêm tirando o sono dos chineses. O Facebook (FS) anunciou hoje (7) que suspendeu a disponibilização do software da companhia para a gigante Huawei. As informações são da CNN.

Com isso, os novos celulares da companhia não virão mais com aplicativos, como Facebook, Whatsapp e Instagram pré-instalados.

A medida não valerá apenas para quem já possui os celulares da companhia. Esses, por sua vez, poderão usar normalmente redes sociais como Facebook, Instagram e Whatsapp.

Apesar de a bolsa chinesa estar fechada por conta de um feriado local, as ações da companhia terminaram o pregão da última quinta-feira em queda de 3,23%, cotadas em ¥ 3,30 iuanes.

EUA X China

A proibição ocorre em resposta à decisão tomada pelo presidente norte-americano, Donald Trump, de incluir a Huawei em uma lista negra de empresas em maio passado. Na ocasião, Trump acusou a empresa de ajudar Pequim em práticas de espionagem e baniu o grupo chinês de importar programas e componentes americanos necessários para a fabricação de seus produtos.

A medida é bastante negativa para a companhia chinesa e pode atrapalhar e muito a expansão da segunda maior fabricante de smartphones e postegar o lançamento de novidades, como o equipamento com tecnologia 5G da companhia.

Até a Google entrou na jogada

Além do Facebook, no mês passado, outra gigante do Vale do Silício anunciou medida parecida. A Google foi forçada a não fornecer mais seus softwares ou serviços para a companhia.

Por conta disso, é provável que os chineses não tenham mais acesso a versão pública do sistema operacional do Android. Com isso, eles correm o risco de não conseguir mais usar aplicativos como o Gmail e o Google Mapas.

Como resposta, a Huawei disse que estava montando um sistema operacional próprio como backup para evitar que o problema tivesse consequências drásticas e que "gostaria de continuar operando com os sistemas da Microsoft e da Google, se possível".

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

seu dinheiro na sua noite

No mundo corporativo, quem não diversifica, se trumbica

De uns tempos para cá, uma antiga fala de Warren Buffett tem pipocado nas minhas redes. Nela, o megainvestidor diz que “diversificação não faz sentido para quem sabe o que está fazendo” — e ele, naturalmente, se coloca como um sábio. Longe de mim querer contrariar o oráculo do mercado financeiro, mas é preciso tomar […]

nos ares

Boeing realiza 1º voo do maior avião da família 737 MAX e inicia fase de testes

Empresa vem trabalhando para superar acidentes aéreos envolvendo a família de aviões 737 MAX. No Brasil, a Gol tem um pedido firme do 737-10

pix questionado

Procon-SP notifica bancos por brechas exploradas por ladrões de celulares

São requisitados esclarecimentos sobre dispositivos de segurança, bloqueio, exclusão de dados de forma remota e rastreamento de operações financeiras disponibilizados aos clientes vítimas de furto ou roubo

FECHAMENTO DA SEMANA

Juros futuros são grandes protagonistas da semana e ainda prometem mais emoção; dólar recua 1% e bolsa fica no vermelho

Com Copom duro e a sinalização de uma possível elevação nas taxas de juros nos EUA, os principais contratos de DI dispararam. Na semana, o dólar recuou com o forte fluxo estrangeiro e a bolsa seguiu o ritmo das commodities (mais uma vez)

Calendário completo

Banco Central: veja as datas das reuniões do Copom em 2022

O Copom é o órgão do BC responsável por definir, a cada 45 dias, a taxa básica de juros da economia brasileira

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies