Menu
2019-07-14T08:52:46-03:00
Moeda virtual

Reguladores avaliam se a Libra, criptomoeda do Facebook, teria estrutura de ETF

Se a SEC avaliar que o desenho da Libra a torna um fundo de índice (ETF), o Facebook vai precisar de aprovação do regulador para lançar a moeda virtual

14 de julho de 2019
8:52
Facebook Criptomoeda Libra Bitcoin
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Reguladores dos Estados Unidos estão avaliando se a Libra, criptomoeda que o Facebook e um grupo de empresas planeja colocar em operação em 2020, deve estar sob supervisão desses órgãos, um desdobramento que pode complicar adicionalmente o projeto, que já enfrenta diversas críticas, desde o presidente Donald Trump aos legisladores em Washington.

Funcionários da Securities and Exchange Commission (SEC), a reguladora do mercado de capitais dos Estados Unidos, analisam se a estrutura da Liba torna a moeda virtual um ativo semelhante a um fundo de índice, ou ETF (na sigla em inglês), de acordo com pessoas familiares ao assunto ouvidas pela Dow Jones.

Se a SEC avaliar que o desenho da Libra a torna um ETF, o Facebook vai precisar de aprovação do regulador para lançar a moeda virtual. Executivos do Facebook se encontraram recentemente com membros da SEC para tratar deste ponto e também se reuniram com outros reguladores, como o Federal Reserve (Fed, o banco central americano), e o Tesouro.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Na próxima terça-feira, dia 16, o executivo do Facebook David Marcus vai ao Congresso em Washington dar um depoimento para senadores sobre a criptomoeda. A regulação da Libra deve ser um dos temas levantados pelos legisladores. Até agora, a empresa não forneceu detalhes suficientes dos aspectos técnicos da Libra, como por exemplo, sobre os mecanismos de proteção de lavagem de dinheiro e qual será o papel e o poder de controle de outras companhias envolvidas, como a PayPal.

"Eles não parecem ter pensado tanto nem nos mecanismos nem nas implicações regulatórias de como o dinheiro fluirá dos usuários, carteiras e desenvolvedores para dentro e para fora da estrutura", afirma Jonah Crane, ex-funcionário do Tesouro dos EUA que aconselha fintechs (empresas nascentes de tecnologia que prestam serviços financeiros) sobre questões regulatórias.

O Fed também está monitorando a Libra, na medida em que os 1,6 bilhão de usuários diários do Facebook dão enorme potencial de uso para a divisa. O vice-presidente do Fed, Randal Quarles, disse na semana passada que as criptomoedas não cresceram ainda o bastante para trazer preocupações sobre os riscos para a estabilidade ao sistema financeiro mundial, temor que a entrada da rede social no jogo pode mudar.

Já Trump postou em suas redes sociais que o Facebook deveria "se tornar um banco" e se submeter à regulação do setor bancário. O presidente dos EUA também mostrou preocupações de as criptomoedas serem usadas para facilitar "comportamentos fora da lei", incluindo o comércio de drogas. Fonte: Dow Jones

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Vítima da guerra das maquininhas

Lucro da Cielo cai pela metade em 2019 e despenca 68% no 4º trimestre

A estratégia deliberada da empresa controlada por Banco do Brasil e Bradesco é sacrificar as margens de lucro para defender a liderança do mercado de maquininhas de cartão. Os números refletem bem esse esforço, para o bem e para o mal

POLÍTICA

Moro diz que quem vai decidir o vice (em 2022) é o presidente; mas ideal é o vice Mourão

O ministro considerou que “pode ser que no futuro lá distante volte a se cogitar isso” e defendeu: “Não acho uma boa ideia”. “Os ministérios juntos são mais fortes.”

APROVADA SEM RESTRIÇÕES

Cade aprova compra da Embraer pela Boeing

A operação analisada pelo Cade prevê duas transações. Uma delas consiste na aquisição pela Boeing de 80% do capital do negócio de aviação comercial da Embraer, que engloba a produção de aeronaves regionais e comerciais de grande porte (operação comercial)

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Bolsa contaminada pelo coronavírus

Caro leitor, A semana começou mal para as bolsas do mundo todo. O avanço do coronavírus na China durante o fim de semana colocou os mercados de molho nesta segunda. Já foram confirmados quase 3 mil casos em mais de dez países, sendo a maioria deles na China. Até agora, foram computadas 82 mortes. Os […]

Cautela elevada

Em dia de queda de 3% do Ibovespa com alerta sobre coronavírus, ações de drogaria sobem

A disseminação do coronavírus elevou a aversão ao risco nos mercados financeiros, derrubando o Ibovespa e fazendo o dólar romper a marca de R$ 4,20. Apenas cinco ações do índice subiram, incluindo Raia Drogasil

DE OLHO NO CORONAVÍRUS

‘Índice do medo’ atinge patamar visto no auge da guerra comercial e sobe mais de 25%

Na máxima intradiária, o indicador chegou a bater a casa dos 19,02 pontos, valor que não era visto desde outubro do ano passado quando ele atingiu a marca dos 19,28 pontos

CONCESSÕES

Maia definirá até dia 30 quando lei de concessões vai a plenário, dizem deputados

“Se ele (presidente da Câmara) estiver convencido de que esse texto é um texto bom, que atende a sociedade, eu acho que a gente vota ele rápido”, disse também o deputado João Maria

CRÉDITO

Demanda por crédito do consumidor cai em dezembro e cresce em 2019, diz Boa Vista

Considerando os segmentos que compõem o indicador, o Financeiro apresentou elevação de 6,1% no ano, enquanto o segmento Não Financeiro registrou evolução de 2,5% na mesma base de comparação

primeira avaliação

Quão longe a XP pode ir? Para o BTG, ação da corretora já está bem precificada

BTG Pactual inicia cobertura das ações da corretora com recomendação neutra para os papéis.

DE OLHO NA REFORMA

Reforma administrativa quer acabar com promoções por tempo de serviço

O governo vai propor ainda a vedação das aposentadorias como forma de punição

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements