Menu
2019-04-25T17:55:45-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
A gigante das redes

Ações do Facebook disparam no mercado de NY após empresa divulgar lucro de US$ 2,4 bilhões

Mesmo com uma queda de 51% no lucro em relação ao mesmo período de 2018, resultado ficou bem acima do esperado pelo mercado

24 de abril de 2019
19:55 - atualizado às 17:55
Logo do Facebook
Facebook - Imagem: Shutterstock

Com um lucro líquido de US$ 2,429 bilhões, o Facebook encerrou o primeiro trimestre de 2019 em uma posição financeira muito melhor do que o esperado pelos investidores norte-americanos.

Mesmo com uma queda de 51% no lucro em relação ao mesmo período de 2018, quando o ganho foi de US$ 4,998 bilhões, o resultado caiu muito bem e fez as ações da empresa dispararem mais de 4% no after market da bolsa de Nova York.

No balanço, o Facebook informou que seu lucro foi afetado por uma multa que ainda deve ser aplicada pela Comissão de Comércio Federal (FTC, na sigla em inglês) dos Estados Unidos. O ônus está relacionado a práticas da empresa sobre privacidade e, para suprir tal rombo, foi feita uma provisão de US$ 3 bilhões.

Receita vai bem

Um dos destaques positivos do resultado trimestral sem dúvidas foi a receita de US$ 15,077 bilhões, que representou um avanço de 26% em relação ao mesmo período do ano passado. Analistas consultados pela companhia FactSet esperavam que a receita fechasse o trimestre em US$ 15,97 bilhões.

Foco no privado

Em declarações pós-balanço, o presidente-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, disse que o foco agora vai ser a privacidade dos usuários da rede. O movimento é considerado importante já que a empresa, que recebe diariamente 1,5 bilhão de acessos, esteve no centro de diversos escândalos de vazamento de informações online recentemente.

*Com agências de notícias.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

BANCÕES EM ALTA

Lucro do Banco do Brasil sobe 44,7% no 1º trimestre e atinge R$ 4,9 bilhões

O Banco do Brasil (BB) registrou lucro líquido ajustado de R$ 4,9 bilhões no primeiro trimestre deste ano, 44,7% maior que os R$ 3,4 bilhões reportados em igual período de 2020 e 32,9% superior ao resultado obtido nos últimos três meses do ano passado. “O lucro recorde para um trimestre é resultado de uma estratégia […]

Vol é vida?

Lucro líquido da B3 cresce 22,5% e atinge R$ 1,25 bi no 1º trimestre

O lucro líquido recorrente atingiu R$ 1,4 bilhão, alta de 15,5% frente ao mesmo período do ano passado e de 15,2% na comparação com o trimestre anterior

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

O Carnaval fora de época da Ambev e mais…

O varejo tem várias datas importantes: dia das mães, dia dos pais, dia das crianças, dia dos namorados, Black Friday, Natal… Há uma data comemorativa em quase todos os meses, e todas são aguardadas com ansiedade pelo setor — afinal, qualquer impulso nas vendas é bem vindo. Pois para a Ambev, a coisa funciona um […]

FECHAMENTO DO DIA

Balanços e commodities metálicas ditam o ritmo e Ibovespa fecha em alta; dólar volta à casa dos R$ 5,20

Com a agenda de indicadores fracas e um Copom sem grandes surpresas, os investidores se debruçaram nos números do trimestre e no novo recorde do minério de ferro.

Queda no apetite

Fed sinaliza risco de tombo nos preços de ativos em relatório de estabilidade

O banco central dos EUA demonstrou preocupação com um possível declínio no apetito ao risco dos investidores norte-americanos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies