2019-10-14T16:23:53-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
mãozinha do estado

México planeja injetar R$ 20 bilhões em estatal petroleira

Medida visa reduzir a dívida da empresa, chamada Pemex; companhia quer também usar o dinheiro para pré-pagamento de bônus

11 de setembro de 2019
10:59 - atualizado às 16:23
pemex
Governo diz que injeção de capital será financiada com ativos do Tesouro e não terá impacto sobre a dívida do setor público. Imagem: Shutterstock

O governo do México planeja dar à estatal Petróleos Mexicanos (Pemex) uma injeção de capital de US$ 5 bilhões. O valor corresponde a cerca de R$ 20,35 bilhões, pela cotação da moeda americana na terça-feira, 10.

A medida visa reduzir a dívida da empresa, disse nesta quarta-feira, 11, o Ministério das Finanças do país.

Segundo a pasta, a injeção de capital será financiada com ativos do Tesouro e não terá impacto sobre a dívida do setor público.

A Pemex disse que usará o dinheiro para o pré-pagamento de bônus com vencimento entre 2020 e 2023.

A empresa também quer emitir bônus com maturação em sete, 10 e 30 anos para refinanciar a dívida de curto prazo.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Novidade boa

Conheça o projeto no Congresso que pode mudar (para melhor) o investimento em previdência privada

Projeto de Lei permite a participante de plano de previdência optar pela tabela de imposto de renda mais vantajosa para si até o momento de começar a resgatar ou receber renda; hoje, escolha só é possível após contratação do plano ou portabilidade

SEXTOU COM O RUY

Quando crescer via aquisições pode ser uma boa para empresas na bolsa — e quando pode ser um desastre

Assim como o investimento em ações, normalmente o que define se as fusões e aquisições serão bem-sucedidas é o preço do negócio

DESINVESTIMENTO

Sinal verde: Petrobras (PETR4) confirma a venda de participação na Bacia do Espírito Santo — negócio pode chegar a US$ 75 milhões

Do valor total, US$ 3 milhões serão pagos na data de assinatura dos contratos, US$ 12 milhões no fechamento da transação e até US$ 60 milhões em pagamentos contingentes

FRUTOS DO CASAMENTO?

Dividendos: Localiza (RENT3) e Unidas (LCAM3) distribuirão R$ 135,6 milhões; datas de corte serão às vésperas de fusão

A Unidas é quem distribuirá a maior quantia, cerca de R$ 82,6 milhões, já a Localiza pagará R$ 53 milhões aos acionistas

MUDANÇA CABELUDA

Espaçolaser (ESPA3) anuncia troca de CEO após dia de alta de até 20% na B3

Paulo Morais, que é um dos fundadores da companhia, detém 10,04% das ações ESPA3 e seguirá como membro do conselho de administração

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies