Menu
2019-11-18T11:26:04-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
rumo ao topo?

TikTok chega a 1,5 bilhão de downloads – no ano, é o único entre os 5 mais baixados que não pertence ao Facebook

Rede social fundada pela startup chinesa ByteDance segue firme em sua popularização, impulsionada pelo mercado na Índia

18 de novembro de 2019
11:23 - atualizado às 11:26
TikTok
Imagem: Shutterstock

O mundo das redes sociais ganhou um ator fora do eixo das gigantes tecnológicas nos últimos anos: o TikTok. A rede social fundada pela startup ByteDance segue firme em sua trajetória e atingiu mais uma marca importante: 1,5 bilhão de downloads na App Store e no Google Play.

Neste ano, o aplicativo já é o terceiro mais baixado do mundo - 614 milhões de vezes -, atrás apenas do WhatsApp (baixado 707 milhões de vezes) e do Messenger (636 milhões). A iniciativa chinesa está à frente do Facebook e do Instagram em número de downloads em 2019, segundo dados do site Sensor Tower.

Na prática, o TikTok é o único entre os cinco aplicativos mais baixados que não pertence a empresa de Mark Zuckerberg. O app é da ByteDance, startup fundada pelo chinês Zhang Yiming. A empresa fez uma série de movimentos estratégicos nos últimos anos até, no final de 2018, receber um aporte de US$ 3 bilhões do grupo japonês SoftBank. Com isso, seu valor de mercado chegou aos US$ 75 bilhões.

Negócio da Índia

Embora o app tenha conquistado uma grande fatia do mercado chinês, o maior crescimento recente de número de usuários foi na Índia. 277,6 milhões de downloads foram feitos por usuários do País neste ano - 45% do número global -, ainda segundo os dados do Sensor Tower. China e Estados Unidos aparecem na sequência.

O número de downloads do TikTok no EUA chega a 37,6 milhões no ano. Mais um fator de preocupação para Zuckerberg? O público do aplicativo chinês é formado majoritariamente pela chamada geração Z - que, justamente, tem deixado de lado redes sociais como o Facebook.

Recentemente, o CEO da companhia americana entrou numa ofensiva contra o TikTok. No lado ideológico, chegou a dizer que, enquanto os serviços da empresa dele são usados por manifestantes de todo o mundo, o TikTok censura menções a protestos.

Na quarta-feira passada (12), a versão brasileira do Instagram, também da companhia americana, lançou o "Cenas", uma ampliação do recurso de edição de vídeo, semelhante ao TikTok.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Mais uma na área

FDA autoriza uso emergencial de vacina de dose única nos EUA

Imunizante é produzido pela Johnson & Johnson

Contra a pandemia

Matéria-prima para produção de 12 milhões de doses de vacina chega ao Rio

Total de efetivamente imunizados não chega a 1% da população brasileira

Acordo confirmado

Notre Dame Intermédica e Hapvida chegam a acordo para combinação de negócios

Ações da Notre Dame serão incorporadas pela Hapvida; acordo resultará em uma das maiores empresas de saúde do mundo

Sem trégua

Brasil passa de 254 mil mortes por covid-19

Número de casos da doença supera a marca de 10,5 milhões

Estrada do futuro

Em breve, você ganhará dinheiro investindo em uma Mona Lisa

Recebíveis de tecnologia, obras de arte, criptomoedas… o mundo dos investimentos está mudando numa velocidade avassaladora. E pela primeira vez na história os investidores individuais estão fazendo parte dessa mudança

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies