Menu
2019-07-18T12:37:45-03:00
controvérsia

Setor de construção critica liberação de saques do FGTS

Recursos para o trabalhador devem diminuir o total disponível para a construção, o que pode aumentar o déficit habitacional do País, diz vice-presidente de sindicato

18 de julho de 2019
12:36 - atualizado às 12:37
Prédios em construção
Imagem: Shutterstock

Antes mesmo de ser anunciada oficialmente, a notícia de que o governo pretende liberar até 35% das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), antecipada pelo ‘Estado’, já causou mal estar no setor da construção civil - o mais atingido pela crise. Os recursos do FGTS são hoje usados para financiar programas de habitação, como o Minha Casa Minha Vida, além de obras de saneamento e infraestrutura, com juros menores do que o mercado.

“Não é que essa medida é ruim para nós (o setor), mas para os brasileiros”, disse Ronaldo Cury, vice-presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (Sinduscon-SP). “A medida aquece o comércio momentaneamente e depois acaba. Mexe no consumo, maquia o PIB (Produto Interno Bruto), mas deixa de fora o setor que gera empregos e impostos”, acrescentou.

A liberação de recursos do FGTS para o trabalhador deve diminuir o total disponível para a construção, segundo Cury, o que pode aumentar o déficit habitacional do País. Dados da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) apontam que, para cada R$ 100 mil sacados em FGTS, uma moradia popular pode deixar de ser construída. Se forem sacados R$ 42 bilhões, cálculo inicial do governo, seriam 420 mil casas a menos.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

De acordo com o SindusCon-SP, o déficit habitacional do Brasil é de 7,7 milhões e, das famílias sem casa, 97,5% têm uma renda inferior a cinco salários mínimos. “O trabalhador de baixa renda só consegue comprar uma casa se tiver ajuda: juro baixo e subsídio. Parte desse subsídio vem do lucro do FGTS”, disse Cury.

O orçamento de R$ 62 bilhões do FGTS para o Estado de São Paulo neste ano foi zerado em junho, ainda de acordo com o SinduCon-SP. “O fundo já está curto. Não está sobrando dinheiro, está faltando.”

Ao Estado, um integrante da equipe econômica garante que a liberação dos saques das conta do FGTS não deve comprometer o uso do fundo como fonte de financiamentos imobiliários. “Nenhum centavo será retirado da construção”, afirmou, sob condição de anonimato. O setor manifestou preocupação ontem e procurou informações do governo.

Segundo fontes, o ministro da Economia Paulo Guedes teria exigido que a Secretaria de Política Econômica (SPE), que elabora o programa, mantivesse intocados os recursos do FGTS para a habitação. Com isso, o valor da liberação cairia de R$ 42 bilhões para R$ 30 bilhões.

PIB

Para Luiz Antonio França, presidente da Abrainc, a liberação das contas ativas do FGTS não compromete apenas o setor da incorporação, mas também a recuperação econômica do País, dada a relevância da construção no PIB. O executivo destacou que, quando o governo de Michel Temer adotou medida semelhante, autorizando saques de contas inativas, parte dos recursos não foi usada para consumo e acabou sendo investida no mercado financeiro.

“Cerca de 20% dos cotistas detêm 80% do valor do FGTS. Esse dinheiro saiu do fundo e foi para aplicação financeira, não foi para consumo ou pagamento de dívida”, afirmou França.

O Instituto Brasileiro de Economia, da Fundação Getulio Vargas (FGV/Ibre), estima que o PIB da construção civil de 2019 fique estável neste ano, enquanto o PIB da indústria deverá avançar 0,1%, o de serviços, 1,4% e o agropecuário, 1,2%. Esse resultado deve fazer com que o setor tenha, novamente, um dos piores resultados da economia.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Exile on Wall Street

Quero ser grande

E aí, B3, vamos atrair essas milhares de empresas brasileiras? Ou vamos continuar perdendo soldados para a Nasdaq? Temos que fazer algo, com urgência

Mercados hoje

Ibovespa se recupera das perdas de ontem e abre em alta; dólar cai a R$ 4,19

O Ibovespa e as bolsas globais se recuperam das perdas da sessão anterior, operando em alta nesta quarta-feira. O mercado segue monitorando o noticiário referente ao coronavírus

Davos: clima pesa mais para investidor do que trapalhada política no Brasil

No início do segundo semestre do ano passado, os incêndios na Amazônia chamaram a atenção de todo o mundo. E três dos entrevistados ressaltaram a demora do governo em agir

Em davos

Após acordo comercial com a China, Trump busca pacto com UE

Caso um acordo não seja estabelecido, Trump ameaçou impor tarifas “muito altas” a carros e outros produtos da UE. Segundo o presidente, a UE não tem outra opção além de fechar um acordo com Washington

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

13 notícias para você começar o dia bem informado

Você deve estar recebendo e-mails meus sobre o projeto de aposentadoria precoce lançado pelo Seu Dinheiro esta semana. Se você tem dúvidas sobre como funciona a metodologia, eu estarei ao vivo hoje, às 13h, com o Rodolfo Amstalden para tirar dúvidas sobre o tema.  O que você precisa saber hoje: Mercados • O Ibovespa teve queda forte de […]

tensões diplomáticas

Príncipe saudita hackeou celular de Jeff Bezos via WhatsApp, diz jornal

Segundo a publicação, uma análise considerou “altamente provável” que a invasão no telefone tenha sido desencadeada por um arquivo de vídeo

Aumentando o valor de mercado

Caixa Seguridade arrecada R$ 9,6 bilhões com parcerias em preparação para IPO

Arrecadação de R$ 9,5 bilhões é referente às sociedades já anunciadas com a francesa CNP Assurances, a japonesa Tokio Marine e a brasileira Icatu

MANDE SUA PERGUNTA

Tira-dúvidas HOJE às 13h: Como se aposentar aos 40 anos (ou o mais rápido possível)

Rodolfo Amstalden e Richard Camargo falam hoje às 13h sobre metodologia para acelerar independência financeira

Esquenta dos mercados

Um olho em Davos e outro na China: risco de epidemia entra no radar dos mercados

Autoridades chinesas agem rápido para tentar conter a nova espécie de coronavírus encontrada no país. Os mercados globais ensaiam uma recuperação após dia de perdas

na expectativa

Não há prazo para EUA fecharem ‘fase 2’ de acordo com a China, diz secretário

Segundo Mnuchin, a chamada “fase 2” poderá ser concluída antes ou depois da eleição presidencial americana, marcada para novembro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements