Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
É CEO do Seu Dinheiro
2019-12-19T09:14:15-03:00
Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

14 notícias para você começar o dia bem informado

19 de dezembro de 2019
9:12 - atualizado às 9:14
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

O dia está agitado. A bolsa não para de subir, Donald Trump enfrenta um processo de impeachment e hoje tem leilão de linhas de transmissão de energia. Na política, Paulo Guedes fala de um novo imposto.

Entre as empresas, o destaque é a decisão da Petrobras de desistir do Comperj. Mais três empresas anunciaram o pagamento de juros sobre capital próprio aos seus acionistas. E, para finalizar, os leitores Premium ganham um presente.

O que você precisa saber hoje:

Mercados

• O Ibovespa teve uma alta de 1,51% e fechou o dia aos 114.314,65 pontos pela primeira vez na história. O noticiário corporativo envolvendo Hypera, NotreDame Intermédica e Marfrig pautou o pregão ontem. Já o dólar teve uma baixa de 0,12%, a R$ 4,0596. 

• O que deve mexer com os mercados hoje? Após uma sessão predominantemente negativa na Ásia, os índices futuros das bolsas de Nova York operam perto do zero a zero.

• Os mercados internacionais digerem o efeito da aprovação do impeachment de Donald Trump na Câmara dos Estados Unidos. Enquanto aguarda a votação da pauta no Senado, em janeiro, Trump continua no cargo. 

Investimentos

• 2020 será o ano dos IPOs na bolsa, diz Bruno Fontana, executivo responsável pela área no Credit Suisse. Número de ofertas na B3 pode saltar de 5 neste ano para 40. Se isso ocorrer, será ótimo para você. 

SEU DINHEIRO PREMIUM
• O Ivan Sant’Anna revela como encontrar ações que podem mudar seu patamar financeiro. Os leitores Premium do Seu Dinheiro ganham de presente a primeira aula do curso Tacadas de Mestre, um projeto que traz o Ivan Sant’Anna como Seu Mentor de Investimentos. Clique aqui para conhecer o projeto. 

CONTEÚDO PATROCINADO
• Conheça a história de quatro pessoas normais que estão lucrando na Bolsa, de casa e sem esforço. Elas apenas seguiram as recomendações do seu guru, que entregou quase 600% de rentabilidade na carteira. 

Empresas

• A Petrobras desistiu da construção da refinaria do Comperj. A obra virou um dos maiores símbolos da corrupção envolvendo a estatal e foi paralisada em 2015. A Petrobras chegou a fazer uma parceria com um grupo chinês para retomar o projeto, mas agora conclui que não há viabilidade econômica.

• Lojas Renner, Hypera e Klabin anunciaram o pagamento de juros sobre capital próprio. O valor de todas, somado, chega a R$ 450 milhões. Veja aqui quanto os acionistas de cada uma das empresas vai receber.

• A Restoque, dona das marcas Dudalina e Le Lis Blanc, captou quase R$ 260 milhões em uma oferta de ações. O dinheiro vai reforçar o caixa da empresa.

• A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) promove hoje pela manhã o leilão de linhas de transmissão de energia. O certame é dividido em 12 lotes, com investimentos previstos da ordem de R$ 4,2 bilhões.

Política

• O governo estuda a criação de um imposto sobre transações digitais, segundo o ministro da Economia, Paulo Guedes. 

• Começa hoje o trabalho da comissão mista que analisa a reforma tributária. O grupo terá 90 dias de duração e deve trabalhar, inclusive, durante o recesso parlamentar. 

• A Argentina deu um passo atrás no pacote econômico emergencial. O governo eliminou um artigo que permitia ao Executivo fazer uma reforma administrativa sem consultar o Legislativo. 

Um grande abraço e ótima quinta-feira!

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

projeto em brasília

Ensino privado quer socorro do governo

Senadores apresentaram um pacote de medidas de socorro ao setor, que prevê linha de crédito de R$ 40 bilhões, além de benefícios diretos que representariam gastos de R$ 13 bilhões aos cofres públicos

Excelência Premium

Onda de lucros: veja 4 motivos pelos quais o ouro pode continuar subindo

Após semana de queda interrompendo o ciclo de alta histórica, colunista do Seu Dinheiro acredita que a ‘nova corrida do ouro’ está longe de acabar

sinais ambíguos

Bolsonaro cita respeito a teto de gastos, mas acerta R$ 5 bi extras para obras

Uso de créditos extraordinários, sob o argumento de estimular a economia no pós-covid-19, é defendido pelo ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho

gritty investidor

Quatro passos importantes para avaliar se uma empresa é bom negócio

Vou compartilhar com você quatro pontos importantes para ver uma empresa na bolsa

Disputa corporativa

Totvs entra na disputa pela Linx contra a Stone com oferta igual para todos os acionistas

A proposta formalizada hoje pela Totvs avalia a Linx em R$ 6,1 bilhões e não prevê pagamento adicional a conselheiros da empresa como a oferta da Stone

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu