Menu
2019-07-25T14:17:30-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
mais um indicador

Produção brasileira de aço no 1º semestre cai 1,40%

Dados são do Instituto Aço Brasil (IABR); vendas internas chegaram a 9,2 milhões de toneladas no período, um crescimento de 1,3% em relação ao registrado no ano anterior

25 de julho de 2019
14:17
Gráfico indicando queda
Gráfico indicando queda - Imagem: Shutterstock

A produção brasileira de aço registrou 17,2 milhões de toneladas no primeiro semestre de 2019 - uma queda de 1,40% em relação ao mesmo período de 2018, informou nesta quinta-feira, 25, o Instituto Aço Brasil (IABR).

Por outro lado, as vendas internas chegaram a 9,2 milhões de toneladas no período, um crescimento de 1,3% em relação ao registrado no ano anterior.O consumo aparente atingiu 10,4 milhões de toneladas, alta de 0,2%.

Já as exportações somaram 6,7 milhões de toneladas, queda de 2,4% e as importações ficaram praticamente estáveis, totalizando 1,3 milhões de toneladas, recuo de 0,6%.

De acordo com o IABR, a paralisia da economia afetou o desempenho da indústria brasileira do aço no primeiro semestre do ano e fez a instituição revisar as expectativas para 2019.

Revisões

O Instituto Aço Brasil revisou suas expectativas para o ano de 2019. Ao final do ano, o IABR espera um aumento das vendas internas em 2,5%, para 19,4 milhões de toneladas. A produção de aço deve se manter estável, nas previsões da instituição, com leve alta de 0,4%, totalizando 35,6 milhões de toneladas.

De acordo com o instituto, a paralisia dos mercados e a retomada do crescimento da economia que não ocorreu afetaram o desempenho da indústria brasileira do aço no primeiro semestre do ano. Para o próximo semestre, é esperada uma recuperação.

Para as exportações, a expectativa é que as vendas devam cair 7,3% este ano na comparação com 2018, "face às condições adversas do mercado internacional e à perda de competitividade das empresas devido, principalmente, à cumulatividade dos impostos na exportação", afirma a IABR em nota. Já o consumo aparente de aço deve subir 2,1% este ano.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

DRAGÃO COM FOME

Comida pressiona inflação até o fim do ano, dizem analistas

Dólar em alta, oferta escassa por causa da entressafra e o auxílio emergencial estão provocando o aumento dos preços

CCR: Alerj recomenda retomar concessão de rodovia, mas governo é contra

Assembleia quer retomada da rodovia para reduzir tarifas, consideradas altas devido a irregularidades no contrato de concessão

TRETA

Maia e Alcolumbre criticam Salles após atrito com Ramos

Presidente da Câmara diz que ministro do Meio Ambiente resolveu destruir o próprio governo

SE PROTEJA

Títulos de renda fixa atrelados ao IPCA viram opção

Alta da inflação em outubro faz investidores e gestores avaliarem novas formas de proteção de patrimônio

SELEÇÃO DE NOTÍCIAS

BDR, bitcoin, shopping: o melhor do Seu Dinheiro na semana

O fim de semana chegou com uma notícia bastante esperada pelos investidores: a volta do Ibovespa ao patamar de 100 mil pontos. O principal índice da B3 foi impulsionado esta semana por dois acontecimentos. O primeiro deles foi o alívio das preocupações em torno do risco fiscal brasileiro, com políticos e governo demonstrando compromisso com a manutenção do teto de gastos. Outro tema foi a esperança de aprovação de um pacote de estímulos […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies