Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-07-25T14:17:30-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
mais um indicador

Produção brasileira de aço no 1º semestre cai 1,40%

Dados são do Instituto Aço Brasil (IABR); vendas internas chegaram a 9,2 milhões de toneladas no período, um crescimento de 1,3% em relação ao registrado no ano anterior

25 de julho de 2019
14:17
Gráfico indicando queda
Gráfico indicando queda - Imagem: Shutterstock

A produção brasileira de aço registrou 17,2 milhões de toneladas no primeiro semestre de 2019 - uma queda de 1,40% em relação ao mesmo período de 2018, informou nesta quinta-feira, 25, o Instituto Aço Brasil (IABR).

Por outro lado, as vendas internas chegaram a 9,2 milhões de toneladas no período, um crescimento de 1,3% em relação ao registrado no ano anterior.O consumo aparente atingiu 10,4 milhões de toneladas, alta de 0,2%.

Já as exportações somaram 6,7 milhões de toneladas, queda de 2,4% e as importações ficaram praticamente estáveis, totalizando 1,3 milhões de toneladas, recuo de 0,6%.

De acordo com o IABR, a paralisia da economia afetou o desempenho da indústria brasileira do aço no primeiro semestre do ano e fez a instituição revisar as expectativas para 2019.

Revisões

O Instituto Aço Brasil revisou suas expectativas para o ano de 2019. Ao final do ano, o IABR espera um aumento das vendas internas em 2,5%, para 19,4 milhões de toneladas. A produção de aço deve se manter estável, nas previsões da instituição, com leve alta de 0,4%, totalizando 35,6 milhões de toneladas.

De acordo com o instituto, a paralisia dos mercados e a retomada do crescimento da economia que não ocorreu afetaram o desempenho da indústria brasileira do aço no primeiro semestre do ano. Para o próximo semestre, é esperada uma recuperação.

Para as exportações, a expectativa é que as vendas devam cair 7,3% este ano na comparação com 2018, "face às condições adversas do mercado internacional e à perda de competitividade das empresas devido, principalmente, à cumulatividade dos impostos na exportação", afirma a IABR em nota. Já o consumo aparente de aço deve subir 2,1% este ano.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

DE OLHO NA BOLSA

Esquenta dos mercados: Bolsas no exterior operam sem direção definida de olho na inflação dos EUA e Ibovespa mira em coletiva de Paulo Guedes hoje

Depois de recuperar força e encerrar aos 112 mil pontos ontem (27), a bolsa brasileira deve ter dia positivo com a divulgação do resultado primário do governo e a coletiva do ministro da Economia

Sextou com o Ruy

Investindo em startups: empresas iniciantes podem trazer ganhos absurdos com uma grande tacada, mas ela precisa ser certeira

Antes destinado para milionários, hoje em dia já existe plataforma aberta para você investir em startups com grande potencial de valorização. E com aportes tão pequenos quanto R$ 1 mil.

Mais de 200 empresas

A temporada de resultados vem aí: confira o calendário de balanços do quarto trimestre de 2021

A temporada de resultados do quarto trimestre começa nesta terça (1º). Confira o calendário de balanços feito pelo Seu Dinheiro

OFERTA ADIADA

Por que Petrobras (PETR4) e Novonor decidiram suspender a venda bilionária de participação na Braskem (BRKM5)

As duas empresas adiaram a oferta que poderia movimentar mais de R$ 8 bilhões com a venda de até 154,9 milhões de ações da petroquímica

FIM DA SUSPENSÃO

Volta do sistema do Banco Central para consulta de dinheiro ‘esquecido’ em bancos já tem data marcada; veja quando o SVR estará novamente no ar

Quem tiver valores a receber também será informado sobre a data em que poderá solicitar a transferência dos recursos para sua conta

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies