Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
2019-12-10T09:04:14-03:00
Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

No radar: IPO da XP e Mourão na posse do presidente argentino

10 de dezembro de 2019
9:04
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Sai hoje o preço das ações da XP Investimentos que serão ofertadas na bolsa americana Nasdaq. Hoje também será definido quem conseguirá entrar na oferta. Será que os fundos brasileiros vão ganhar um pedacinho deste bolo?  

No lado político, o destaque é uma espécie de trégua do governo de Jair Bolsonaro com o presidente eleito argentino Alberto Fernández. 

O que você precisa saber hoje:

Correção: sobre Gol e Smiles

• Antes de qualquer coisa, uma correção: ontem eu escrevi nesta newsletter que a Gol fez uma segunda proposta para incorporar a Smiles sem gastar dinheiro. Na verdade, a oferta na mesa prevê a troca de ações da Smiles por papéis da Gol resgatáveis (ou seja, prevê pagamento em dinheiro). Legal isso, não? Mais ou menos. O melhor para a boa governança corporativa seria mesmo ter feito uma OPA (oferta pública de aquisição de ações) quando a ação ainda valia ouro. Em vez disso, a Gol tomou uma série de medidas que desvalorizaram a Smiles no último ano. E agora faz uma proposta “pegar ou largar”, com preço acima do que está no mercado hoje, o que explica a alta das ações ontem. Mas olhando essa história desde o início, o valor é pequeno perto do que a Smiles chegou a valer. O Victor Aguiar explica melhor a situação nesta reportagem.

Mercados

• Em dia morno, o Ibovespa fechou a sessão de ontem com leve baixa de 0,13%, aos 110.977,23 pontos. O dólar caiu 0,42%, a R$ 4,1293.

• Como está o mercado hoje? Na véspera das decisões dos bancos centrais do Brasil e Estados Unidos, os investidores estão cautelosos. Na Ásia, as bolsas fecharam com leves oscilações. Em Nova York, os índices futuros também estão perto da estabilidade. 

Investimentos

• A turbulência recente no mercado de debêntures está perto de passar e uma janela de oportunidade de compra pode se abrir. É o que diz Ulisses Nehmi, sócio da Sparta, gestora que possui R$ 6 bilhões em patrimônio e atua no mercado de crédito privado desde 2012. Ele falou com exclusividade ao Vinícius Pinheiro. 

• A demanda pelas ações da XP Investimentos já supera em 10 vezes a oferta. A precificação da operação, que pode chegar a US$ 2,1 bilhões, acontece hoje. 

• A gestora Vitreo zerou a taxa de performance de fundos para investir no IPO da XP Investimentos. Ainda restam dúvidas se ela conseguirá participar da oferta da corretora brasileira, que acontece na Nasdaq. A decisão de alocar ou não o montante é da XP.

Empresas

• Itaúsa e Bradesco anunciaram o pagamento de juros sobre capital próprio aos acionistas. No caso da Itaúsa, o valor será de R$ 0,0059 por ação. O Bradesco, por sua vez, informou o pagamento de JCP de R$ 0,503379600 por ação ordinária e R$ 0,553717560 por ação preferencial.

• A incorporadora Mitre Realty pede registro para  IPO na CVM. A companhia quer recursos para comprar terrenos e arcar com custos de construção e despesas administrativas.

• A rede de hamburguerias paranaense Madero deve ser a próxima a abrir o capital na Nasdaq. A informação é do jornal Valor Econômico.

Política

• O vice-presidente, Hamilton Mourão, vai participar da posse de Alberto Fernández na Argentina. A decisão do governo de enviar um representante ao evento marca um recuo na troca de farpas entre a gestão Bolsonaro e o presidente eleito do país vizinho. 

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

precaução

Por receio do coronavírus, China adia reabertura do mercado de ações

Originalmente, os negócios nas bolsas de Xangai e de Shenzhen seriam retomados na sexta-feira; agora, serão voltam segunda

Produtos de investimento

Na disputa com plataformas, Itaú lança fundo que segue carteira recomendada pelo banco

Fundo lançado há pouco mais de uma semana na rede já conta com R$ 500 milhões em patrimônio e permite que cliente invista em toda a carteira de recomendações em um único produto

Vítima da guerra das maquininhas

Lucro da Cielo cai pela metade em 2019 e despenca 68% no 4º trimestre

A estratégia deliberada da empresa controlada por Banco do Brasil e Bradesco é sacrificar as margens de lucro para defender a liderança do mercado de maquininhas de cartão. Os números refletem bem esse esforço, para o bem e para o mal

POLÍTICA

Moro diz que quem vai decidir o vice (em 2022) é o presidente; mas ideal é o vice Mourão

O ministro considerou que “pode ser que no futuro lá distante volte a se cogitar isso” e defendeu: “Não acho uma boa ideia”. “Os ministérios juntos são mais fortes.”

APROVADA SEM RESTRIÇÕES

Cade aprova compra da Embraer pela Boeing

A operação analisada pelo Cade prevê duas transações. Uma delas consiste na aquisição pela Boeing de 80% do capital do negócio de aviação comercial da Embraer, que engloba a produção de aeronaves regionais e comerciais de grande porte (operação comercial)

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Bolsa contaminada pelo coronavírus

Caro leitor, A semana começou mal para as bolsas do mundo todo. O avanço do coronavírus na China durante o fim de semana colocou os mercados de molho nesta segunda. Já foram confirmados quase 3 mil casos em mais de dez países, sendo a maioria deles na China. Até agora, foram computadas 82 mortes. Os […]

Cautela elevada

Em dia de queda de 3% do Ibovespa com alerta sobre coronavírus, ações de drogaria sobem

A disseminação do coronavírus elevou a aversão ao risco nos mercados financeiros, derrubando o Ibovespa e fazendo o dólar romper a marca de R$ 4,20. Apenas cinco ações do índice subiram, incluindo Raia Drogasil

DE OLHO NO CORONAVÍRUS

‘Índice do medo’ atinge patamar visto no auge da guerra comercial e sobe mais de 25%

Na máxima intradiária, o indicador chegou a bater a casa dos 19,02 pontos, valor que não era visto desde outubro do ano passado quando ele atingiu a marca dos 19,28 pontos

CONCESSÕES

Maia definirá até dia 30 quando lei de concessões vai a plenário, dizem deputados

“Se ele (presidente da Câmara) estiver convencido de que esse texto é um texto bom, que atende a sociedade, eu acho que a gente vota ele rápido”, disse também o deputado João Maria

CRÉDITO

Demanda por crédito do consumidor cai em dezembro e cresce em 2019, diz Boa Vista

Considerando os segmentos que compõem o indicador, o Financeiro apresentou elevação de 6,1% no ano, enquanto o segmento Não Financeiro registrou evolução de 2,5% na mesma base de comparação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements