A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

2019-10-14T14:23:01-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
reversão?

Após três quedas seguidas, confiança da indústria avança em agosto

ICI, da FGV, subiu 0,8 ponto no mês, para 95,6 pontos; ainda assim, especialista diz que é insuficiente para mudar tendência de baixa

26 de agosto de 2019
11:17 - atualizado às 14:23
Fábrica em Mogi das Cruzes, São Paulo.
Imagem: Shutterstock

O Índice de Confiança da Indústria (ICI) da Fundação Getulio Vargas (FGV) avançou 0,8 ponto em agosto, para 95,6 pontos, após três quedas consecutivas, mas ainda se manteve aquém dos 100 pontos. Além disso, em médias móveis trimestrais o índice ainda recuou, pelo quinto mês consecutivo, desta vez em 0,5 ponto.

Apesar do resultado positivo em agosto, a economista da FGV Renata Mello Franco avalia que é insuficiente para mudar a tendência de queda. Ela lembra que enquanto os indicadores para os próximos três meses avançaram, o sentimento em relação à evolução dos negócios nos seis meses seguintes piorou.

Por segmentos, a melhora da confiança foi observada em 12 dos 19 avaliados. O Índice de Situação Atual (ISA) cresceu 1,2 ponto, para 95,6 pontos, enquanto o Índice de Expectativas (IE) subiu 0,4 ponto, atingindo 95,7 pontos.

Condutor

Em agosto, todos os componentes do ISA apresentaram comportamento favorável, mas a melhora na percepção sobre os estoques foi o principal condutor da evolução do indicador no mês.

A parcela de empresas que avaliam o nível de estoques como insuficiente aumentou de 5,2% para 5,4% do total, enquanto a parcela das que consideram excessivo caiu de 11,8% para 10,8% do total, levando a uma alta de 2,4 pontos do indicador, para 96,5 pontos.

Já a produção aumentou 0,8 ponto e a situação atual dos negócios teve variação positiva de 0,1 ponto.

No IE, houve melhora das expectativas para os próximos três meses. Os indicadores de produção prevista e evolução pessoal ocupado aumentaram em 2,0 e 2,2 pontos, respectivamente. Em compensação, o indicador que mede o otimismo dos empresários com a evolução do ambiente de negócios nos seis meses seguintes caiu 3,1 pontos.

Quanto ao Nível de Utilização da Capacidade Instalada (NUCI), houve alta de 0,3 ponto porcentual entre julho e agosto, alcançando 75,8% e acumulando 1 ponto de crescimento no ano. Em médias móveis trimestrais, o NUCI avançou pela quinta vez seguida, em 0,1 ponto, para 75,4%.

A edição da confiança da indústria de agosto coletou informações de 1.138 empresas entre os dias 1º e 22 deste mês. A próxima divulgação ocorrerá em 26 de setembro, com a prévia saindo dia 20 de setembro.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

Oportunidade de lucro de mais de 5% em swing trade com a Taurus (TASA4); confira a recomendação

12 de agosto de 2022 - 8:39

Identifiquei uma oportunidade de swing trade – compra dos papéis da Taurus (TASA4). Saiba os detalhes da análise

O melhor do Seu Dinheiro

Tabus existem para serem quebrados: De futebol a investimentos em estatais, confira o que mexe com o seu bolso hoje

12 de agosto de 2022 - 8:30

O tabu da vez no mundo do futebol refere-se à gestão financeira dos clubes. No ano passado, uma variação do clube-empresa entrou em cena: a Sociedade Anônima do Futebol (SAF); entenda

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsa local reage aos balanços do Magalu (MGLU3) e varejistas enquanto exterior se recupera de ‘semana da inflação’ hoje

12 de agosto de 2022 - 7:42

Sem maiores indicadores para o dia, os investidores internacionais buscam novas pistas do aperto monetário do Federal Reserve

Balanço

Oi (OIBR3) sai de lucro para prejuízo no 2T22, mas dívida líquida desaba

12 de agosto de 2022 - 6:45

Oi reportou prejuízo líquido de R$ 320,8 milhões entre abril de junho, vinda de um lucro de R$ 1,09 bilhão no mesmo período do ano anterior

SOCIEDADE ANÔNIMA DO FUTEBOL

De olho no dinheiro de investidores, 15 clubes de futebol viraram SAF, mas só três acharam parceiro; veja quais

12 de agosto de 2022 - 6:22

Botafogo, Cruzeiro e Vasco já colhem os frutos da SAF, mas outros 12 times ainda não acharam parceiro; clube tradicional recusou a SAF mesmo com investidor interessado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies