Menu
2019-05-08T08:31:57-03:00
Estadão Conteúdo
há vagas

Accenture vai abrir 2,5 mil vagas em centro de inovação

Como a ampliação vai ser feita aos poucos, a empresa está indo a campo para captar mão de obra; foco principal são as universidades

8 de maio de 2019
8:31
accenture divulgacao
Imagem: Divulgação

Mais conhecida pelo trabalho em estratégia de negócios, tecnologia e de marketing, a consultoria Accenture pretende dobrar seu centro de inovação, no Recife, em dois anos. Desta forma, a equipe passará a ter 5 mil funcionários, em relação aos atuais 2,5 mil.

Como a ampliação vai ser feita aos poucos, a empresa está indo a campo para captar mão de obra. O foco principal são as universidades. A consultoria está rodando o País com um caminhão no qual se apresenta.

De acordo com Flavia Picolo, diretora executiva da Accenture Technology, a empresa pretende aplicar diversas disciplinas de tecnologia na resolução de problemas. Entre as áreas estão computação quântica, inteligência artificial, realidade virtual e aumentada, plataformas inteligentes e design de serviços. O centro de inovação do Recife, instalado dentro do "hub" de negócios de tecnologia Porto Digital, trabalha em parceria com outros 15 grupos semelhantes espalhados pelo mundo.

Mercado quente

A forte expansão do centro de inovação da Accenture - criado em 2010, com 28 funcionários "pioneiros", expandindo-se mais fortemente a partir de 2015 - é mais um exemplo da demanda por profissionais de tecnologia em um momento de mercado de trabalho deprimido no Brasil. O País fechou o primeiro trimestre com 13,4 milhões de desempregados e uma taxa de desocupação de 12,7%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A Brasscom - entidade que reúne as grandes empresas do setor de tecnologia - afirma que o setor poderia gerar até 420 mil vagas nos próximos seis anos, caso houvesse mão de obra. Além da demanda vinda de grandes companhias, as startups também têm apetite para contratar: o total de empresas nascentes no País deve chegar a 15 mil ao fim do ano, um crescimento de 50% sobre 2018, segundo a Abstartups.

Segundo Flavia, uma das tarefas do centro de tecnologia é criar um produto mínimo viável para que o cliente possa desenvolver a ideia internamente e avaliar se vale à pena lançá-la no mercado. "Entregamos para o cliente, em um prazo de quatro semanas, um protótipo funcional e escalável no qual ele consegue perceber o valor de negócio da solução", diz.

Cerca de cem desses projetos foram desenvolvidos nos últimos anos. Flavia diz que o centro de inovação "é parte fundamental" do crescimento da Accenture no País. "As organizações brasileiras, em todos os setores, estão buscando acelerar a transformação de seus negócios, o que passa pela transformação digital", afirma.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Via rápida

BBM Logística pega um atalho na estrada do IPO e pode captar até R$ 1,6 bilhão

Empresa parananse optou por fazer uma oferta restrita, uma via mais rápida porque dispensa o pedido de registro prévio na CVM

Reforma administrativa

Lira diz ser possível Câmara aprovar reforma administrativa até setembro

Para Lira, o tema deve gerar “discussões acaloradas” porque faz parte da bandeira de alguns partidos da Câmara

Mais empresas

Total de empresas no País subiu 6,1% no pré-pandemia, após 3 anos de fechamento

O total de empresas em atividade subiu a 5,239 milhões, um avanço de 6,1% em relação a 2018, o equivalente a 301.388 negócios a mais

Exile on Wall Street

Rodolfo Amstalden: habilidade emocional e investimentos

Os alunos de medicina da classe de 1992 não aguentavam mais estudar, desde o cursinho, desde que tiveram o azar de nascer em suas tradicionais famílias de doutores. Passaram os primeiros 18 meses da faculdade babando em cima de livros de capa dura. Madrugadas inteiras em modo zumbi, decorando nomes de partes que pareciam não […]

Mercados hoje

Ibovespa opera em alta, mas inflação global segue nos holofotes; dólar recua

Influenciada pelo bom humor internacional, a bolsa brasileira deve acompanhar o ritmo positivo enquanto digere os dados do Relatório Trimestral de Inflação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies