Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-10-31T10:52:46-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
ainda muita gente

Desemprego fica em 11,8% em setembro e atinge 12,5 milhões

Já população subutilizada chegou a 27,5 milhões de pessoas, recuando 3,4% frente ao trimestre móvel anterior, segundo dados do IBGE

31 de outubro de 2019
10:51 - atualizado às 10:52
Carteira de trabalho brasileira
Carteira de trabalho brasileira - Imagem: Shutterstock

A taxa de desemprego no Brasil ficou em 11,8% no trimestre encerrado em setembro, de acordo com os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgados nesta quinta-feira (31) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A população desocupada total chega a 12,5 milhões de pessoas, um recuou de 2,0%, ou menos 251 mil pessoas, frente ao trimestre de abril a junho de 2019 (12,8 milhões de pessoas). O número está estatisticamente estável frente a igual trimestre de 2018, de 12,5 milhões de pessoas.

Segundo o IBGE, a população ocupada chegou a 93,8 milhões, crescendo em ambas as comparações: 0,5% em relação ao trimestre anterior e 1,6% em relação ao mesmo trimestre de 2018.  No entanto, a categoria dos trabalhadores por conta própria chegou a um novo recorde: 24,4 milhões de pessoas - crescimento de 1,2% em relação ao trimestre anterior.

Fora da força de trabalho

A população fora da força de trabalho permaneceu estável em ambas as comparações, chegando a 64,8 milhões de pessoas. A taxa composta de subutilização da força de trabalho variou -0,8 p.p. em relação ao trimestre móvel anterior, chegando a 24,0%. O número não variou em relação ao mesmo trimestre móvel de 2018.

A população subutilizada chegou a 27,5 milhões de pessoas, recuando 3,4% frente ao trimestre móvel anterior, diz o IBGE. Enquanto a população desalentada diminuiu para 4,7 milhões. O percentual de desalentados em relação à população na força de trabalho ou desalentada (4,2%) variou -0,2 p.p em relação ao trimestre anterior (4,4%) e ficou estatisticamente estável frente ao mesmo trimestre de 2018 (4,3%).

O número de empregados com carteira de trabalho assinada no setor privado chegou a 33,1 milhões, com estabilidade em ambas as comparações. A categoria dos empregados sem carteira de trabalho assinada no setor privado (11,8 milhões de pessoas) foi recorde na série histórica e cresceu nas duas comparações: 2,9% (ou mais 338 mil pessoas) em relação ao trimestre anterior e 3,4% (mais 384 mil pessoas) frente ao mesmo trimestre de 2018.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

FECHAMENTO DO DIA

Vale puxa o Ibovespa e garante alta do dia, mas dólar avança com temores fiscais na véspera do Copom

Em Nova York, a volatilidade foi mais comedida. No Brasil, o conturbado cenário interno trouxe dor de cabeça e tensão para o Ibovespa e o câmbio

Chama o Max!

Como ter renda extra através de ações? Max Bohm explica os diferentes tipos de proventos!

Já pensou viver de renda? É o sonho de muitos brasileiros. Max Bohm, analista da Empiricus, explica quais são os diferentes tipos de proventos recebidos por um acionista. Confira agora!

Com preço no piso da faixa indicativa, Raízen movimenta R$ 6,9 bilhões no IPO; veja o que vem a seguir para esta ação

Ação da produtora de açúcar e álcool e dona dos postos Shell é precificada a R$ 7,40 e começará a ser negociada no próximo dia 5

DISPUTA DOS BANCÕES

Bradesco aumenta lucro em 63%, a R$ 6,3 bilhões — mas não supera Itaú

Cifra do período não supera a projeção de lucro de R$ 6,596 bilhões, apontada pelo mercado, conforme dados da Bloomberg

ciclo de alta

Taxa Selic hoje é de 4,25% ao ano, mas vai subir; entenda por quê

Expectativa do mercado financeiro é de que o Banco Central promova um aumento de 1,00 ponto porcentual na taxa básica de juros, levando-a para 5,25%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies