⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula e Bolsonaro querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

2019-10-14T16:22:58-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
recuperação judicial

BNDES contesta decisão de juiz que impede credores de executarem garantias de dívidas da Odebrecht

No deferimento do pedido, o juiz concedeu proteção durante 60 dias a garantias e dívidas de bancos. O conglomerado da Odebrecht possui um grande volume de empréstimos e garantias cruzados

27 de junho de 2019
8:31 - atualizado às 16:22
odebrecht
Odebrecht - Imagem: Shutterstock

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que junto do Banco do Brasil é um dos principais credores do grupo Odebrecht, contestou a decisão do juiz que cuida do processo de recuperação judicial da empresa de impedir que credores executem suas garantias em empréstimos concedidos a empresas do grupo.O banco também pede que a decisão e a multa de 20% sobre o valor da causa para os credores que executarem garantias sejam suspensas.

Outra solicitação do BNDES é para que  os credores possam fazer uso do exercício regular de seus direitos. Tanto o BNDES quanto os demais bancos, como Itaú Unibanco, que entrou com agravo na Justiça no mesmo sentido, têm boa parte de suas dívidas e garantias não incluídas no processo de recuperação judicial, que a Odebrecht pediu na semana passada.

No deferimento do pedido, o juiz concedeu proteção durante 60 dias a garantias e dívidas de bancos. O conglomerado possui um grande volume de empréstimos e garantias cruzados.

*Com informações de Estadão Contéudo

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

SEGUNDO TURNO EM PAUTA

Mercado segue apostando em uma vitória de Lula no 2º turno — mas projeções para a bolsa e o dólar são mais cautelosas para o petista do que para Bolsonaro

4 de outubro de 2022 - 12:29

Apesar do segredo sobre os detalhes do plano econômico e quem fará parte do novo time da Fazenda, os agentes do mercado fizeram um exercício de imaginação sobre como devem se comportar os ativos domésticos

Desinvestimento

Itaúsa (ITSA4) vende nova fatia na XP e passa a deter menos de 10% do capital da corretora

4 de outubro de 2022 - 11:26

Mesmo com a venda, a Itaúsa continua com a prerrogativa de indicar membros ao conselho de administração e ao comitê de auditoria da XP

DONA DA BOLSA

Ação da B3 (B3SA3) está barata e pode subir até 30% com rali das eleições

4 de outubro de 2022 - 10:50

O Itaú BBA decidiu elevar a recomendação das ações da B3 de neutra para outperform (equivalente a compra), com preço justo de R$ 18

MAIS UMA BRIGA

Oi (OIBR3) diz que não sabe sobre processo de arbitragem enquanto TIM (TIMS3), Vivo (VIVT3) e Claro têm 48 horas para quitar R$ 1,5 bilhão com empresa

4 de outubro de 2022 - 10:24

Em mais um evento que atrapalha sua recuperação judicial, Oi (OIBR3) troca acusações com compradoras sobre cumprimento do acordos

MERCADO EM 5 MINUTOS

Mercado em 5 Minutos: Sinais de alívio em bolsas de valores do mundo inteiro

4 de outubro de 2022 - 9:51

Por aqui, o otimismo internacional permite digerir bem o resultado eleitoral do primeiro turno, que animou os investidores, não pela questão presidencial, mas pela composição do Congresso

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies