Menu
André Franco
Crypto News
André Franco
É engenheiro e especialista em criptomoedas da Empiricus
2019-12-19T08:57:07-03:00
Crypto News

Por que o ano do bitcoin foi igual ao jogo do Flamengo

Se esquecermos as emoções enquanto o jogo/ano estava rolando, o torcedor/investidor basicamente é o mesmo antes e depois quanto ao sentimento

19 de dezembro de 2019
5:14 - atualizado às 8:57
Imagem mostra celular com símbolo do bitcoin
Imagem: Shutterstock

Na terça-feira o Flamengo se classificou para a final de mundial de clubes, vencendo de virada o Al-Hilal.

Mas vamos destrinchar o jogo e fazer como Galvão Bueno, imaginar o que estava passando pela cabeça dos torcedores em Doha em determinados momentos.

Pelo menos umas duas horas antes da partida, o flamenguista que pagou R$ 20 mil para ir assistir a seu time no mundial já estava preparado e tomando o caminho do estádio no Qatar.

Naquele momento, o torcedor era só esperança e alegria. Provavelmente, o ataque do Al-Hilal seria inferior ao do Flamengo — que virou o jogo em cima do River Plate — e a vitória era certa.

A partida começa e algumas dúvidas aparecem na cabeça do torcedor rubro-negro.

Eis que Salem Al-Dawsari faz aquele gol, muito parecido com o que o River marcou na final da Libertadores, e o flamenguista, até então animado, se vê angustiado.

Acaba o primeiro tempo e, nos 15 minutos de intervalo, os R$ 20 mil desembolsados para ir ver o time do coração ao vivo passam a ser dinheiro desperdiçado.

Então, com 3 minutos do segundo tempo, o empate vem.

Depois da virada e da classificação para a final, a angústia dá lugar à alegria.

Se esquecermos as emoções enquanto o jogo estava rolando, o torcedor basicamente é o mesmo antes e depois, no que diz respeito ao sentimento.

História semelhante aconteceu com o mercado de criptoativos este ano.

De fevereiro a março, engatamos um bull market digno de cripto, saindo dos US$ 3.400 até atingir o pico de quase US$ 14 mil.

O investidor passou cinco meses vivendo apenas um mercado verdinho.

Depois, engatamos a marcha à ré e, desde então, só caímos, com um suspiro de alta no mês de outubro.

Podemos até ter algumas fotos feias, mas o filme de 2019 é ótimo no que diz respeito ao preço.

Se botarmos nessa conta os intangíveis, que são a evolução do mercado e o aval de grandes empresas e governos, o ano inteiro foi ótimo.

Com o principal ativo desse mercado subindo 80% no ano, não entendo como ainda tem gente falando do fim do bitcoin.

Se apegar à queda recente e ignorar que o bitcoin deu mais dinheiro que a Bolsa em 2019 é como ser um flamenguista que se apegou ao fato de tomar um gol no primeiro tempo e não está feliz pela classificação.

Não seja esse investidor e não seja esse flamenguista, se é que ele existe.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Mais um capítulo da novela

Reatando laços: Elon Musk diz que Tesla pode voltar a adotar bitcoin e moeda dispara 10%

Depois de uma semana do tweet que pegou o mercado de surpresa com o “fim do namoro”, Musk volta atrás e tenta reconciliação

Nas alturas

Eve Urban Air Mobility, empresa da Embraer, fecha parceria com a Ascent

A Ascent conta atualmente com uma base de dados de operadoras aéreas parceiras para serviços dedicados de UAM em toda a Tailândia e nas Filipinas, e está preparada para expandir sua presença na região

Pronta para decolar

Gol conclui aumento de capital e levanta mais R$ 423 milhões

Incluindo a incorporação da Smiles, a companhia aérea emitiu mais de R$ 1 bilhão somente neste mês de junho, e no trimestre, captação chega a R$ 2,7 bilhões

segredos da bolsa

Com “Super Quarta” à frente, semana deve ser marcada por cautela e otimismo dos mercados

A divulgação de outros dados econômicos ao longo da semana deve colocar ainda mais pressão da decisão do Fed e do BC brasileiro

Novo apagão?

Governo federal prepara MP que abre caminho para racionamento de energia

Intenção é criar um comitê de crise que terá o poder de adotar medidas como a redução obrigatória de consumo e acionamento de termoelétricas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies