Menu
2019-06-26T14:50:02-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
o futuro já começou

Boeing fecha parceria com empresa de carros voadores de Larry Page

Parceria deve unir inovação da Kitty Hawk com a escala da Boeing e seu expertise aeroespacial; empresa trabalhará com modelo Cora

26 de junho de 2019
14:47 - atualizado às 14:50
Boeing Kitty Hawk CoraThumb
Modelo Cora, da Kitty Hawk - Imagem: Divulgação

A Boeing informou que fechou uma parceria com a Kitty Hawk, a empresa de veículos voadores de Larry Page, co-fundador do Google.

Por volta das 14h40, as ações da multinacional de desenvolvimento aeroespacial e de defesa eram negociadas a US$  377,24 na bolsa de Nova York, numa alta de 2,14%. Confira nossa cobertura de mercados desta quarta-feira, 26.

Segundo a companhia, o acordo visa juntar esforços para avançar na busca pela qualidade da mobilidade urbana. E acrescenta ainda que a parceria estratégica unirá a inovação da Kitty Hawk com a escala da Boeing e seu expertise aeroespacial.

"Trabalhar com uma empresa como a Kitty Hawk nos deixa mais próximos do objetivo de avançar com segurança no futuro da mobilidade”, disse Steve Nordlund, vice-presidente e gerente da Boeing NeXt.

Já o CEO da Kitty Hawk, Sebastian Thrun, falou que está animado em ver as duas empresas trabalhando juntas para tornar cada vez mais próximo da realidade o voo de carros elétricos.

Cora e Drive.in

Fundada por Larry Page, Kitty Hawk criou um modelo chamado Cora, um veículo híbrido de drone e helicóptero, que promete levar até dois passageiros do ponto A ao B sem se preocupar com o tráfego ou a emissão de carbonos na atmosfera.

É justamente com a equipe responsável pelo Cora que o pessoal da Boeing terá contato.

Vale lembrar que o Cora funciona com base num software que permite o voo com a supervisão de humanos. A empresa ainda é dona do Flyer, um modelo comandado pelo próprio passageiro.

A empresa de Page não está sozinha. A Apple disse no início do mês que estuda comprar a Drive.in, uma outra empresa de carros autônomos. De acordo com o site Axios, o negócio já foi fechado. A companhia chegou a ser avaliada em US$ 200 milhões dois anos atrás.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Zicou?

Wiz diz que foi surpreendida por ação da Polícia na sede da empresa

Segundo a PF, são cumpridos 13 mandados de busca e apreensão, em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.

Dos males, o menor

Governo Central tem déficit de R$ 3,564 bilhões em outubro, diz Tesouro

O dado do mês passado veio melhor do que as previsões mais otimistas e ficou fora do intervalo das estimativas, que eram de déficit de R$ 64,060 bilhões a R$ 4,20 bilhões.

Rede 5G

‘Estamos sendo usados na disputa entre superpotências’, diz diretor da Huawei

Segundo ele, muitos países podem reavaliar seu posicionamento em razão da mudança no governo dos Estados Unidos, com a vitória do democrata Joe Biden.

recuperação judicial

Oi arrecada R$ 1,3 bilhão com venda de data centers e torres

Ações da tele em recuperação judicial sobem mais de 5% nesta quinta, com a perspectiva da empresa se reerguer

volta da atividade

Para Guedes, Brasil pode terminar ano com perda zero de emprego com carteira

Ministro não deu projeções para os próximos meses para explicar a estimativa de saldo zero. Historicamente, dezembro registra fechamento de vagas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies