Menu
2019-06-26T14:50:02-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
o futuro já começou

Boeing fecha parceria com empresa de carros voadores de Larry Page

Parceria deve unir inovação da Kitty Hawk com a escala da Boeing e seu expertise aeroespacial; empresa trabalhará com modelo Cora

26 de junho de 2019
14:47 - atualizado às 14:50
Boeing Kitty Hawk CoraThumb
Modelo Cora, da Kitty Hawk - Imagem: Divulgação

A Boeing informou que fechou uma parceria com a Kitty Hawk, a empresa de veículos voadores de Larry Page, co-fundador do Google.

Por volta das 14h40, as ações da multinacional de desenvolvimento aeroespacial e de defesa eram negociadas a US$  377,24 na bolsa de Nova York, numa alta de 2,14%. Confira nossa cobertura de mercados desta quarta-feira, 26.

Segundo a companhia, o acordo visa juntar esforços para avançar na busca pela qualidade da mobilidade urbana. E acrescenta ainda que a parceria estratégica unirá a inovação da Kitty Hawk com a escala da Boeing e seu expertise aeroespacial.

"Trabalhar com uma empresa como a Kitty Hawk nos deixa mais próximos do objetivo de avançar com segurança no futuro da mobilidade”, disse Steve Nordlund, vice-presidente e gerente da Boeing NeXt.

Já o CEO da Kitty Hawk, Sebastian Thrun, falou que está animado em ver as duas empresas trabalhando juntas para tornar cada vez mais próximo da realidade o voo de carros elétricos.

Cora e Drive.in

Fundada por Larry Page, Kitty Hawk criou um modelo chamado Cora, um veículo híbrido de drone e helicóptero, que promete levar até dois passageiros do ponto A ao B sem se preocupar com o tráfego ou a emissão de carbonos na atmosfera.

É justamente com a equipe responsável pelo Cora que o pessoal da Boeing terá contato.

Vale lembrar que o Cora funciona com base num software que permite o voo com a supervisão de humanos. A empresa ainda é dona do Flyer, um modelo comandado pelo próprio passageiro.

A empresa de Page não está sozinha. A Apple disse no início do mês que estuda comprar a Drive.in, uma outra empresa de carros autônomos. De acordo com o site Axios, o negócio já foi fechado. A companhia chegou a ser avaliada em US$ 200 milhões dois anos atrás.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

BANCÕES EM ALTA

Lucro do Banco do Brasil sobe 44,7% no 1º trimestre e atinge R$ 4,9 bilhões

O Banco do Brasil (BB) registrou lucro líquido ajustado de R$ 4,9 bilhões no primeiro trimestre deste ano, 44,7% maior que os R$ 3,4 bilhões reportados em igual período de 2020 e 32,9% superior ao resultado obtido nos últimos três meses do ano passado. “O lucro recorde para um trimestre é resultado de uma estratégia […]

Vol é vida?

Lucro líquido da B3 cresce 22,5% e atinge R$ 1,25 bi no 1º trimestre

O lucro líquido recorrente atingiu R$ 1,4 bilhão, alta de 15,5% frente ao mesmo período do ano passado e de 15,2% na comparação com o trimestre anterior

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

O Carnaval fora de época da Ambev e mais…

O varejo tem várias datas importantes: dia das mães, dia dos pais, dia das crianças, dia dos namorados, Black Friday, Natal… Há uma data comemorativa em quase todos os meses, e todas são aguardadas com ansiedade pelo setor — afinal, qualquer impulso nas vendas é bem vindo. Pois para a Ambev, a coisa funciona um […]

FECHAMENTO DO DIA

Balanços e commodities metálicas ditam o ritmo e Ibovespa fecha em alta; dólar volta à casa dos R$ 5,20

Com a agenda de indicadores fracas e um Copom sem grandes surpresas, os investidores se debruçaram nos números do trimestre e no novo recorde do minério de ferro.

Queda no apetite

Fed sinaliza risco de tombo nos preços de ativos em relatório de estabilidade

O banco central dos EUA demonstrou preocupação com um possível declínio no apetito ao risco dos investidores norte-americanos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies