Menu
2019-08-12T19:31:59-03:00
Novata no ar

Azul começará a voar ponte aérea SP-RJ dia 29 de agosto

Ao todo, serão 34 slots – 15 herdados da Avianca Brasil e 19 realocados de voos de Porto Alegre e Curitiba -, o equivalente a 17 voos por dia

12 de agosto de 2019
19:31
Azul
Imagem: Divulgação

O presidente da Azul, John Rodgerson, anunciou nesta segunda-feira que a companhia começará a operar no dia 29 de agosto a ponte aérea entre os aeroportos de Congonhas (SP) e Santos Dumont (RJ), com tarifas iniciais de R$ 99 por trecho.

Em setembro, a Azul será a única empresa a voar nessa rota, mesmo com a pista principal do Santos Dumont fechada para reforma, já que seus E-Jets estão habilitados para pousar na pista auxiliar do terminal.

Serão 34 slots - 15 herdados da Avianca Brasil e 19 realocados de voos de Porto Alegre e Curitiba -, o equivalente a 17 voos por dia, um a cada 50 minutos. A partir de outubro, a ideia da empresa é operar a rota com os A320Neo.

Em conferência para anunciar a entrada da empresa na ponte aérea, Rodgerson destacou a intenção da Azul de aumentar sua participação em Congonhas. De acordo com ele, ainda não há uma definição da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) sobre a certificação das companhias MAP e Passaredo, que também ficaram com slots da Avianca Brasil, para operarem no aeroporto paulistano. Novamente, a companhia insistiu na tese de que os ATRs de MAP e Passaredo não deveriam ser utilizados na pista principal de Congonhas. "O melhor uso desses ativos é na pista auxiliar", afirmou o presidente da Azul.

Como o aeroporto de Congonhas é congestionado, criou-se uma exigência de velocidade mínima de aproximação final (120 nós) para as aeronaves que operarem no terminal nos horários de pico de movimentação, entre 7h e 9h e 18h e 21h. No mercado, existe uma dúvida sobre se os ATRs poderiam atingir esse requisito operacional. A Anac deve receber os documentos técnicos da MAP e Passaredo que comprovam o cumprimento dessas exigências, para que as empresas possam manter seus slots herdados da Avianca Brasil (14 para a Passaredo e 12 para a MAP).

O executivo disse ainda não ter "medo" de MAP e Passaredo em Congonhas, e avaliou que a entrada dessas empresas será benéfica ao consumidor. "Mas queremos que operem na pista auxiliar", ponderou.

Mais cedo, o Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, mostrou que a Anac recebeu um estudo da própria fabricante ATR avaliando os impactos ao fluxo aéreo caso elas sejam autorizadas a utilizar a pista principal de Congonhas. Segundo fontes, a conclusão da fabricante é de que não haveria prejuízo: embora os ATRs demorem nove segundos a mais na aproximação final se comparados aos jatos maiores, após o pouso eles "ganham" de 10 a 20 segundos, por conseguirem sair da pista de Congonhas mais rapidamente.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

mp 925

Câmara conclui votação de MP da Aviação e texto segue para Senado

A proposta traz ações emergenciais ao setor de aviação civil para mitigar os efeitos da crise gerada pela pandemia

mundo aéreo

Azul vende participação de 6% na TAP para governo português, por R$ 65 milhões

A companhia aérea Azul informou nesta quarta-feira, 8, que vendeu a participação indireta de 6% que detinha na aérea portuguesa TAP, para o governo de Portugal. O valor fechado foi de R$ 65 milhões

Um milhão em três meses

Em meio à pandemia, Banco Inter alcança 6 milhões de clientes da conta digital

No mês de abril, o banco havia informado que tinha alcançado 5 milhões de clientes. Na ocasião, também disse que só no primeiro trimestre o número de novas contas bateu recorde

seu dinheiro na sua noite

Quanto vale um triz? Hoje, 231 pontos

No seu livro de crônicas “Comédias para se ler na escola”, Luis Fernando Verissimo discorre sobre os possíveis significados e origens das expressões “tintim” e “triz” – seriam unidades de medida que caíram em desuso? Subdivisões do espaço e do tempo? – e sai com a ótima tirada de que ambos pertenceriam ao obscuro mundo […]

coronavírus no país

Covid-19: Brasil tem 67,9 mil mortes e 1 milhão de curados

País acumula 1,7 milhão de casos confirmados do novo coronavírus

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements