Menu
2019-01-25T12:10:39-02:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
GRAVE CRISE

Governo toca “plano B” para aeroporto de Viracopos

Concedido à iniciativa privada em 2012, o terminal está com as finanças desequilibradas e atravessa uma grave crise

25 de janeiro de 2019
12:10
Avião
Imagem: Shutterstock

O Ministério da Infraestrutura publicou no Diário Oficial da União (DOU) edital de chamamento público para selecionar pessoas físicas ou jurídicas de direito privado interessadas em apresentação de projetos, levantamentos, investigações e estudos técnicos que subsidiem a modelagem da concessão para a expansão, exploração e manutenção do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas.

O novo secretário de Aviação Civil do Ministério da Infraestrutura, Ronei Glanzmann, explicou esta semana que o procedimento é apenas uma preparação para iniciar o projeto de relicitação do terminal caso o consórcio que administra o aeroporto atual e potenciais investidores não cheguem a uma solução de mercado.

Concedido à iniciativa privada em 2012, o terminal está com as finanças desequilibradas e atravessa uma grave crise. Em maio passado, a concessionária Aeroportos Brasil Viracopos (ABV) entrou com pedido de recuperação judicial, com dívidas de R$ 2,9 bilhões.

"O governo é apoiador e entusiasta da solução de mercado para Viracopos", destacou Glanzmann. "Vamos abrir o PMI (Procedimento de Manifestação de Interesse) para o caso de falência e caducidade, mas não vamos, por enquanto, dar a ordem de serviços.

Vamos deixar os interessados apenas habilitados e autorizados a iniciar os estudos", explicou.

Caso a nova concessão do terminal seja necessária, o secretário estimou que os trâmites durariam cerca de um ano. Assim, o leilão poderia ocorrer no início de 2020.

De acordo com o edital de chamamento, os interessados em realizar os estudos deverão entregar requerimento na Secretaria Nacional de Aviação Civil em até 30 dias.

O Ministério da Infraestrutura avaliará os pedidos e publicará quais candidatos serão autorizados a desenvolver os estudos. O prazo final para a elaboração e apresentação dos projetos será de 90 dias, contados da data da publicação do termo de autorização.

O material a ser realizado deve conter estudos de mercado; estudos de engenharia e afins; estudos ambientais; e avaliação econômico-financeira.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

FECHAMENTO

Em dia de alta volatilidade, Lira salva Ibovespa de um fiasco e segura o dólar em R$ 5,66

A volatilidade reinou absoluta nesta quarta-feira (03) e mais uma vez Brasília foi responsável por movimentar os negócios no Brasil. Lá fora, o dia foi de cautela com a alta dos juros futuros

Luz no fim do túnel?

Ministério da Saúde avança em negociações com laboratórios para comprar vacinas

A declaração do MS foi dada pelo titular da pasta, Eduardo Pazuello, em reunião com a Confederação Nacional de Municípios (CNM).

Crypto News

Bitcoin para leigos e descrentes também

Descrever algo tão complexo como o Bitcoin exige repertório, dedicação e um pouco de sedução de quem apresenta.

Ruim, mas nem tanto?

“É um dos países que menos caíram no mundo”, afirma Bolsonaro, sobre queda de 4% no PIB

Para Bolsonaro a queda do PIB só não foi maior devido a movimentação da economia gerada pelo auxílio emergencial.

Queda bilionária

BC tem perda de R$ 5,081 bi com swap cambial em fevereiro

O BC obteve ainda um ganho de R$ 9,699 bilhões com a rentabilidade na administração das reservas internacionais no mês passado.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies