Menu
2019-04-04T14:49:46-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Orçamento apertado

Itália e UE estão próximos de chegar a um acordo para plano orçamentário

Segundo ministro do Trabalho e Indústria, Luigi Di Maio, negociações são fundamentais para evitar que o país seja submetido a um Procedimento de Déficit Excessivo

16 de dezembro de 2018
15:53 - atualizado às 14:49
Itália e União Europeia
Imagem: shutterstock

A Itália está a alguas semanas de resolver seu problema fiscal com a União Europeia. Ao menos é isso que afirmou neste domingo, 16, o ministro do Trabalho e Indústria, Luigi Di Maio.

Segundo Di Maio, as negociações que o primeiro-ministro Giuseppe Conte, e o ministro de Economia e Finanças, Giovanni Tria, estão conduzindo com a UE são fundamentais para evitar que o país seja submetido a um Procedimento de Déficit Excessivo (EDP, na sigla em inglês).

"2019 será o ano da mudança, mas para isso é necessário trazer para casa o plano orçamentário e as negociações com a UE, que serão concluídos nos próximos dias", escreveu no blog do seu partido, o Movimento 5 Estrelas (M5S).

Justificando o expansionismo fiscal que o projeto de receitas e despesas italiano promove, Di Maio argumentou que pela primeira vez o governo fez acenos aos "suspeitos de costume" que custassem o "sacrifício dos cidadãos".

"Pela primeira vez, nos deparamos com uma proposta orçamentária que não faz o povo pagar. É por isso que a criticam", alegou.

Até os já famosos protestos dos "coletes amarelos" na França foram abordados.

"É também um momento especial na Europa. Na França, há pessoas protestando nas ruas, pedindo às elites do governo que implementem medidas como as que estamos fazendo" na Itália, comentou.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Atividade em queda

Indicador da FGV mostra contração da economia em março com agravamento da pandemia

A queda nas expectativas dos consumidores foi um dos destaques negativos entre os componentes do indicador

Benefício com garantia

Paulo Guedes reeditará BEm somente após a aprovação do Orçamento ou da PEC “fura-teto”

“O ministro disse ‘ou um, ou outro, o que sair primeiro a gente faz o BEm'”, afirmou Paulo Solmucci, presidente da Abrasel

PPI

Decreto de Bolsonaro inclui Correios no Programa Nacional de Desestatização

A privatização dos Correios ainda depende da aprovação de um projeto de lei de autoria do Executivo que permite à iniciativa privada prestar serviços

Exile on Wall Street

Bitcoins, IPOs, reestruturações e M&As: coisas para comprar ainda nesta semana

De onde você menos espera é que não vem nada mesmo. É notável a regularidade da incompetência. Ela não surpreende. Está sempre por aí.  Lembro com frequência da famosa frase, já meio clichê, você tem razão, do Kennedy: não pergunte o que seu país pode fazer por você. Pergunte o que você pode fazer por […]

decolagem interrompida

Apertem os cintos: recuperação da Gol será mais turbulenta que o esperado

Companhia reduz projeções para receita no primeiro trimestre, dizendo que retomada dependerá de ritmo da vacinação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies