Menu
2019-04-04T14:13:13-03:00
Gigante de papel e celulose

O novo passo da Suzano para aprovar sua fusão com a Fibria

Empresa enviou para a Europa um pedido de aprovação do negócio que vai criar uma gigante do setor de papel e celulose

11 de outubro de 2018
15:12 - atualizado às 14:13
Suzano Papel e Celulose
Fusão com a Fibria vei permitir a criação de uma gigante do setor de papel e celulose - Imagem: Amanda Oliveira/Governo da Bahia

Depois de aprovar no mês passado sua fusão com a Fibria e ter o negócio validado por países como Estados Unidos, China e Turquia, a Suzano deu um novo passo para concluir o processo nesta quinta-feira, 11. Segundo o Broadcast/Estadão, a companhia enviou para a Comissão Europeia um pedido de autorização para fechar a fusão e formar uma gigante do setor de papel e celulose.

O protocolo foi encaminhado à instituição que tem sede em Bruxelas e o prazo final para que dê o seu parecer sobre o caso é 15 de novembro. Já no Brasil, o caso ainda aguarda decisão do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), sem data definida para conclusão.

Vale lembrar que o negócio foi anunciado há sete meses.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

dinheiro estrangeiro

Sem reformas, fim da pandemia pode não trazer investimentos

Desde 2015, a participação de estrangeiros nos títulos de dívida pública caiu de 20,8% para 9%; quadro fiscal piorou com a pandemia

coronavírus

Doria anuncia que São Paulo receberá 5 milhões de doses de CoronaVac

Segundo o governador de São Paulo, previsão é de que haja 46 milhões de doses até dezembro

o app dos jovens

TikTok banido dos EUA? Entenda a polêmica em torno do aplicativo

Trump prometeu tirar o aplicativo chinês do país neste domingo, mas medida não deve ser colocada em prática; entenda as razões por trás da ofensiva americana

entrevista

‘Não se pode esperar para cortar privilégio’, diz ex-secretário do Ministério da Economia

Paulo Uebel defende que o Congresso aprove uma regra de transição na proposta da reforma administrativa para incluir o fim dos privilégios que grupo de servidores atuais ainda goza

Aposente-se aos 40 (ou o quanto antes)

100 dias entre o fundo e topo do mercado

Até aqui, 2020 foi o ano de Amyr Klink, em que aqueles que souberam capotar (entre janeiro e o final de março), passaram pela tempestade sem afundar de vez em mar aberto

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements