Menu
2019-04-20T15:37:41-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Gigante de papel e celulose

Fibria e Suzano têm fusão formalmente aprovada pelo Cade

Decisão do órgão antitruste foi anunciada em outubro e não teve restrições

1 de novembro de 2018
20:20 - atualizado às 15:37

Agora é oficial! O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) publicou a certidão de trânsito em julgado da decisão da Superintendência Geral de aprovar sem restrições a fusão entre Suzano e Fibria. A definição já havia sido anunciada em outubro, mas só agora teve o processo formalizado.

Como não houve recursos questionando a posição, a operação está finalmente aprovada pelo órgão de defesa da concorrência no Brasil.

Agora, segundo as duas companhias, faltam algumas outras condições para que a fusão seja finalizada, inclusive a aprovação pela autoridade de concorrência na Europa. Vale lembrar que esse pedido de autorização foi encaminhado pela Suzano no início de outubro e ainda está sem definição.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Pressão para todo lado

Comissão inicia discussões sobre a Reforma Administrativa; relator afirma que Bolsonaro precisa manifestar seu apoio

A comissão especial formada na Câmara dá hoje o pontapé inicial na discussão da reforma administrativa. A primeira reunião é cercada de forte pressão para definir a lista das categorias de Estado a serem incluídas na Proposta de Emenda à Constituição (PEC). O crescimento desse movimento é uma das preocupações do relator do projeto, deputado […]

Matéria-prima salgada

Commodities vão inflacionar o mercado de carros, diz presidente de consórcio que reúne Fiat, Jeep, Peugeot e Citroën

Além da pandemia e da falta de chips, o executivo vê com preocupação o movimento inflacionário das commodities usadas pelo setor

MERCADOS HOJE

Dólar fica abaixo dos R$ 5 pela primeira vez em um ano; confira as razões para a queda da moeda

Entrada de fluxo estrangeiro no país é acompanhada de alguns critérios técnicos e uma melhora na percepção de risco.

Ampliando investimentos

GM amplia em 75% investimentos em carros elétricos e automáticos até 2025

A projeção da empresa é de que seu Ebit fique entre US$ 8,5 bilhões e US$ 9,5 bilhões na primeira metade do ano

Análise do presidente

Para Bolsonaro, derrubada ou perda da validade da MP da Eletrobras provocará caos

A MP não tem consenso entre líderes e corre o risco de ser derrubada ou ter a votação adiada

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies